05.08.16

Sua Família não é dona do seu Corpo!

Infelizmente a grande maioria das pessoas gordas enfrentaram e enfrentam episódios de gordofobia dentro de casa, isso acontece em graus diferentes e muitas vezes com o respaldo de só estarem pensando na saúde, mas a realidade é mesmo a gordofobia e a pressão estética. A sociedade em que vivemos acredita que só magros são bonitos e até quem nos ama tende a querer nos encaixar nos padrões de beleza, é comum ter sempre alguém da família que acredita que pode palpitar e se meter como se fosse dona do seu corpo.

dona do seu corpo

Ninguém é dono do corpo de outra pessoa, não importa o grau de parentesco, ninguém tem direito de controlar o corpo alheio. Quem faz isso só mostra o quanto é preconceituoso e sem noção.

Hoje me deparei com uma notícia que um avó comentou na foto da sua neta no Facebook:
“Você ficaria linda se emagrecesse”
Um print do caso viralizou, e avó ainda ficou brava, dá para acreditar? Segundo a matéria que li aqui e transcrevo uma parte: “Ela ficou bem brava. Eu não acho que minha avó é ruim ou malvada, mesmo. Ela sempre foi assim, fala umas coisas sem pensar, tem o gênio difícil. Mas eu e minha família não gostaríamos que ela fosse de outro jeito”, disse a jovem em entrevista ao jornal britânico The Sun. “Eu não sou muito boa com essas coisas de redes sociais. Eu deveria ter feito esse comentário com uma mensagem privada para a minha neta, de modo que só ela pudesse ver. Fico feliz que ela não tenha levado a mal. Ela é linda”, emendou a avó, que se considera uma pessoa “brutalmente honesta”.

A Gordofobia é tão naturalizada, que quem está errado ainda se sente com mais direitos que o ofendido, além disso a pessoa ofendida muitas vezes se sente mal (se culpa por ser gorda) e ainda pede desculpas aos agressores da família.
Para quem passa por situações como essas, deixo alguns pontos que vocês não podem se esquecer:

 

Foca nessa imagem e se liberte também. <3

• Ninguém da sua família pode ter poder em relação ao seu corpo, isso inclui que não podem te obrigar a fazer dietas, contar as calorias do que você come ou te empurrar para academia. Quem faz isso não quer o seu bem estar físico nem emocional.
• Quem te ama muitas vezes se preocupa sim com seu corpo gordo, não exatamente com a saúde, é comum que o conceito de beleza dessas pessoas seja magro e ela acredita mesmo que você só será feliz se for magro. Quando isso acontece é preciso deixar claro que o problema da pessoa com o nosso corpo, é reflexo de conceitos dela e ela que se vire para descontruir, pois nós não vamos deixar de viver enquanto eles dizem sofrer por sermos gordos.
• Mesmo que suas contas sejam pagas por sua família, não aceite ter seu corpo julgado o tempo todo, se imponha mais e enfrente os julgamentos.
• Emagrecer é uma decisão pessoal, faça isso se for a SUA vontade, não o desejo de alguém que convive com você.
• NUNCA permita que controlem seu corpo, libertem-se e enfrentem os preconceitos que vivencia.
• Busque ajuda, se a pressão familiar em relação ao seu corpo tiver sendo muito para suportar sozinha, não hesite em buscar ajuda psicológica.

Não se esqueçam nunca: Cada pessoa é ÚNICA e cada uma deve amar seu corpo do jeitinho que ele é, amá-lo é também preservar-se de conviver com pessoas tóxicas. 

Vocês já passaram por situações em que pessoas da família se consideravam donas do seu corpo?

Conte-me aqui nos comentários, vamos mostrar umas às outras, que infelizmente isso é comum demais e que felizmente é possível passar por cima desses comentários e seguir a nossa vida.

02.08.16

Modelos Plus Size quase nunca são gordas!

Quase sempre eu me deparo com a seguinte pergunta em fotos que coloco no page do blog no Facebook: “Ela é Plus Size?”… E algumas variáveis desta pergunta. Pensando nisso, hoje trago verdades,  a realidade sobre isso é: Modelos Plus Size quase nunca são gordas, mas ainda assim elas vestem tamanhos plus size.

Modelos Plus Size quase nunca são gordas! (2)Eu também adoraria que as marcas usassem mulheres gordas, mas essa não é a realidade do mercado infelizmente, nós mulheres gordas precisamos entender isso e pararmos de nos comparar com modelos plus size que é um novo padrão de beleza inalcançável para a maioria das mulheres gordas.

Modelos Plus Size quase nunca são gordas! (3)
Muitas de nós olhamos a Tess e concluímos que não temos nada parecido no Brasil, mas acontece que a Tess é diva total sim, mas ela tem pouquíssimos trabalhos, quando comparamos com a Ashley Graham, por exemplo, percebemos que a Tess quase não tem campanhas. Em lugar nenhum do mundo, as gordas são destaque em campanhas plus size.
As fotos que ilustram o texto são de campanhas feitas no exterior, para que vocês possam perceber que lá também o padrão é ser o menos gorda possível.

Modelos Plus Size quase nunca são gordas! (4)

Nessa foto temos uma gorda, sabem o motivo?Ela é a blogueira Gabi Fresh que assina essa coleção. 

mulheres-reais-00

Essa foi da campanha #IamNoAngel em resposta as modelos magras da Victória Secret’s, mas como podemos ver ainda existe um padrão imposto até para quebras padrões. 

As marcas plus size tendem a começar suas numerações no 44/46 e em geral usam modelo nesse manequim, o que é uma lástima no meu ponto de vista e também no de muitas clientes, mas infelizmente é a realidade. Considerando que quem mais consome no mercado plus size são mulheres gordas, seria muito mais  representativo termos elas em campanhas. Se alguém ainda tem dúvidas que são as gordas que consomem das marcas plus size, é só acessar qualquer loja virtual e ir olhar na parte de promoções quais sãos os tamanhos que sobraram.

Infelizmente as marcas insistem em não ouvir as clientes, seguem usando modelos que pouco se assemelham com suas consumidoras e causando muitas vezes uma mal estar em suas clientes, muitas meninas que estão ainda com a autoestima fragilizada ao ver uma peça em um corpo magro ampliado, acabam se sentindo incapaz de ficar bonita como a modelo e acabam não comprando.  Quem mais perde com isso? Exatamente as marcas, mas elas ainda não se deram conta disso, por ainda serem poucas e acabar conseguindo concluindo vendas mesmo sem oferecer o que as consumidoras buscam.

Graças aos novos empreendedores, o mercado está mudando e já tem marcas que usam sem medo mulheres gordas e estão crescendo muito e em pouco tempo. <3

13320851_684595551680591_1008035744526046836_o

Foto da loja Lollaboo um exemplo real de representatividade. 

A minha sugestão é que a gente valorize mais marcas que estão nos contemplando nas imagens, com o tempo as outras vão sentir falta dessa valorização e vão enxergar a necessidade de trazer mulheres gordas em suas fotos.

É importante que a gente não espere de marcas a inspiração para nos amarmos, sejamos nós mesmas a nossa própria inspiração. *__*
Conhecem marcas que usam modelos mais próximas dos corpos de vocês?
Indiquem nos comentários, vamos valorizar todas elas. <3
Na page do blog já temos um álbum com várias delas, confiram clicando aqui.

27.07.16

Ativista propaga gordofobia na internet!

Quando uma pessoa que é oprimida pela sociedade escolhe oprimir milhares de pessoas, é uma coisa muito triste de se ver, ontem eu tive acesso a uma publicação feita por uma moça trans que é modelo e ativista, com isso tem muitas pessoas em seu perfil do Facebook. Alguns amigos (conhecidos/ admiradores) dela a alertaram sobre a gordofobia propagada e ela seguiu achando cool a sua piadinha.

Melhor do que tentar resumir e não ser clara, eu tive um trabalhão para printar tudo e esconder nomes e fotos (deixei o primeiro nome dela). Vejam abaixo o que a Ariel pensa sobre ser magra e sobre não ser.

ativista propaga gordofobia na internet (1)ativista propaga gordofobia na internet (3)ativista propaga gordofobia na internet (2)

Ninguém tem direito de ser gordofóbico, mas quando isso vem de uma pessoa que sofre tanto também com as pressões sociais e recentemente foi modelo para uma marca em uma campanha que dizia exatamente que todo corpo deveria ser respeitado, o preconceito se torna ainda mais chocante.

Ariel escolheu ser preconceituosa, no primeiro comentário que ela recebeu mostrando que ela estava dando um baita close errado, ela podia ter apagado e pedido desculpas. Mas não, ela decidiu ser ainda mais cruel e se declara mesmo gordofóbica em um dos comentários.

Mulheres trans são pessoas que enfrentam preconceitos diariamente, assim como mulheres gordas. De acordo com as declarações ao menos para a Ariel, a mulher gorda é uma sub classificação e não tem o direito nem de mandar em si mesma, isso é nó mínimo triste de ler.
Já a marca que ela estampa relatou quando questionamos, não poder interferir na posição da modelo em suas redes sociais, mas eu espero sim que a marca se posicione a respeito, nós gordas merecemos isso.

Eu não entendo por qual motivo as pessoas já esclarecidas como a Ariel, tem dificuldade em desconstruir a gordofobia e negam empatia as gordas.

Quando as gordas serão ouvidas e as pessoas vão parar de caçoar de nossas dores? A Helena falou também sobre isso aqui.

gordofobia

Todas nós precisamos estar juntas, uma lutando ao lado da outra, uma defendendo a outra. Não podemos acordar um dia de mal com a vida e escolher atacar as coleguinhas que são diferentes de nós, vamos nos UNIR e nos fortalecer.
Convido a Ariel e todas que pensem como ela, que repensem seus conceitos.
Nem nós gordas, nem ela trans, devemos ser motivos de piadianhas.
Somos muito mais que isso, somos resistência e luta por direitos, nessa sociedade que não nos aceita.

25.07.16

Vestido Plus Size Maravilhoso – LOOK CATIVA

Estamos literalmente em clima de primavera/verão por aqui, desde que recebi algumas peças da nova coleção da Cativa eu não consegui mais pensar mais nas cores e estampas do outono/inverno. No look de hoje a Lara está usando um vestido plus size maravilhoso, é uma das peças mais lindas que já vi nos últimos tempos. <3

Confiram nas fotos abaixo.

Vestido Plus Size Maravilhoso (5)Vestido Plus Size Maravilhoso (2)Vestido Plus Size Maravilhoso (4)Vestido Plus Size Maravilhoso (1)Vestido Plus Size Maravilhoso (3)Vestido Plus Size Maravilhoso (6)

Ela estava usando:
Vestido –  Cativa (aqui)
Bracelete – Cativa
Colar e Anel – Empório G
Bolsa: Sanvi`s
Sandália– Esdra

O vestido é  em dois tecidos diferentes, a parte da frente não tem elasticidade e a parte de trás e a veste (forro) é em viscocrepe. Essa junção permite um caimento perfeito na peça, e ter uma veste como forro nos dá mais segurança ao usar,  eu estou apaixonada nesta estampa <3. Fazia tempo que não víamos um vestido tão lindo como esse. *___*

Conheçam todas as peças da coleção Cativa Garden clicando aqui, tem peças para várias ocasiões e tudo devidamente pensando nos nossos corpitchos com uma modelagem perfeita.

Não se esqueçam de ficarem ligadas no blog e no nosso Instagram, teremos ainda outros looks com peças da coleção.

O que acharam deste look? E da coleção Cativa Garden? Contem-nos tudo aqui nos comentários. *_*


“Look Patrocinado

21.07.16

Africa Plus Size fashion Week Brasil Celebra o Dia da Mulher Negra

Sempre abri espaço aqui no blog para reclamarmos a falta de mulheres negras na moda plus size, quando o Africa Plus Size fashion Week Brasil surgiu eu fiquei muito feliz em ver que existiam gordas e negras dispostas a se inserirem no mercado plus size. Lembro que na época tentei fazer uma matéria aqui para o blog, mas não consegui contato, mas ontem quando recebi esse release eu fiquei imensamente feliz com a conquista delas. <3

É muito gratificante ver mulheres negras se destacando no mercado plus size, e ver mulheres gordas sendo destaque em evento Afro. Isso é ocupar todos os ambientes possíveis, para o meio plus size elas levam o debate do racismo, já no meio Afro elas levantam o empoderamento da mulher gorda.

Já quero ser amiga delas, que mesmo vivenciando duas grandes opressões estão resistindo e divando por onde passam.

Africa Plus Size fashion Week Brasil Celebra o Dia da Mulher Negra 1

Africa Plus Size fashion Week Brasil realiza desfile para celebrar o Dia da Mulher Negra

 

No mês de julho comemora- se o Dia internacional da Mulher Afro- Latina e Caribenha e para celebrar essa data o Africa Plus Size fashion week Barsil fará desfile no Mercado Afro, evento focado em cultura afro pop. Com proposta de mostrar as tendências de moda afro plus size, a apresentação vai além, pois trabalha a auto-estima e auto-afirmação da mulher negra e gorda na sociedade.

Africa Plus Size fashion Week Brasil Celebra o Dia da Mulher Negra 4

Através da seleção do casting, o coletivo de moda traz à passarela o seu primeiro debate: a diversidade. Ao todo são 15 modelos, cada uma com sua particularidade, seja no tamanho do corpo ou na tonalidade da sua pele, derrubando de vez o mito de que toda negra tem o mesmo tom de pele e toda mulher gorda tem o corpo igual.

Africa Plus Size fashion Week Brasil Celebra o Dia da Mulher Negra 2
O projeto busca entre outras causas, incluir a mulher negra e criar um protagonismo dentro do universo plus size, que ainda é muito pouco. Os desfiles apresentarão acessórios étnicos e moda afro urbano , todos mostrados em apresentações performáticas, com a temática Formation e ancestralidade. Luciane Barros, diretora do APSFWB, fala sobre participação em eventos como esse que celebram a nossa existência e ancestralidade. “O que buscamos não só nestes eventos em si, mas em todas as apresentações que fazemos é reforçar nosso protagonismo enquanto mulheres negras e gordas. A gente busca ganhar visibilidade através da valorização da nossa estética. Visto que já somos mais da metade da população brasileira, esse trabalho precisa ser feito com certa urgência.”

Africa Plus Size fashion Week Brasil Celebra o Dia da Mulher Negra 5

Sob a curadoria da Loo Nascimento, o evento que acontece dia 23 e terá além do desfile, uma programação extensa que leva diversas marcas com referências étnicas, seja em seus produtos, criadores ou público a quem se destina estarão presentes no evento. Vai rolar moda, design, gastronomia, oficinas, bate-papo, bebidinhas, música e dança.

MERCADO AFRO
Onde: Avenida paulista, 735 – Club Homs
Quando: 23 de Julho
Que horas: 16h
Quanto: Entrada Franca