Prazer, eu sou Kcal GorDivah

Oi povo! Me desculpem a demora para me apresentar aqui no Blog. Como vocês já devem ter lido em um post anterior eu era da Família Gordinhas Maravilhosas e hoje fico feliz em ter sido adotada nesta nova casa. Eu tenho um canal no YouTube, o GorDivah No Ar e um canal de perguntas no Ask. Adoraria receber as perguntas e comentários de vocês por lá. Na assinatura vou incluir minhas redes sociais e meus blogs. Fiquem à vontade para entrar em contato, adicionar, interagir…Na coluna eu vou postar meus vídeos, responder perguntas e escrever sobre variedades do mundo plus size.

10373079_401165196691511_8249122923706105642_o

Eu sou carioca da gema, militante plus size, blogueira, vlogueira e modelo iniciante. Sobrevivente de um câncer e completamente apaixonada pela vida e movimentos de empoderamento feminino. Acredito piamente que realmente a beleza não tem tamanho e não deveria ter padrões. Minha meta e alegria de vida é levar mulheres a recuperarem a autoestima e aprenderem a enxergar a beleza que existe nelas, fazê-las entender que não devemos aceitar e engolir preconceito só porque somos mais majestosas. Bom, acho que o principal foi dito aqui e o restante vocês descobrirão aos pouquinhos.

 

 

Image and video hosting by TinyPic

Beijos Queen Size,

Kcal GorDivah
Canal GorDivah No YouTube
Me pergunte Algo
Instagram
Twitter
Facebook
Tumblr
Beleza Sem Tamanho
Gordinhas Maravilhosas

Magreza não é a mesma coisa que ‘’boa forma’’

Hoje de manhã li em um portal que Isis Valverde passou o fim de semana na praia e mostrou sua ‘’boa forma’’. Isis é uma mulher pequena, tipo mignon, magra. Mas na mídia ‘’magra’’ significa ‘’boa forma’’.

Isis Valver Boa Forma

Essa parte me parece muito confusa, porque para mim ‘’boa forma’’ é coisa de atletas ou de quem se dedica a corpo. Isis é uma mulher bonita, com um corpo magro harmonioso, mas não é uma atleta e o fato de ser magra não quer dizer que está em boa forma.

Me parece que ‘’boa forma’’ é um título que as jogadores de vôlei merecem, porque trabalham o corpo e vigiam a alimentação. Fico preocupada com essa troca de palavras, ser magra não significa estar em boa forma. Conheço muitas pessoas magras que não conseguem subir uma escada sem sofrer porque não estão em boa forma, não trabalham o corpo nem cuidam da saúde. Também já conheci modelos que fumavam, bebiam e apareciam nas capas de revistas onde todos celebravam seus corpos magros dizendo que estavam em boa forma.

SOLLYS NESTLE X E.C.PINHEIROS-

E sei que jamais seria considerada uma pessoa em ‘’boa forma’’, porque sou gordinha. Eu me cuido muito mais do que os magros que conheço, não sou sedentária e controlo minha alimentação, mas estamos em um mundo que a pessoa só está em ‘’boa forma’’ se for magra, mesmo que seja fumante.

Pensar que todos os magros estão em boa forma significa que todos os gordos estão fora dela. E no fundo tudo isso é uma bobagem e uma confusão, nem sempre o baixo peso está ligado a uma boa saúde e nem sempre o excesso de peso está ligado a uma péssima saúde.
Dizer que uma celebridade está em boa forma apenas porque é magra não faz o menor sentido. Ligar a magreza a boa saúde é uma coisa cretina e nem sei porque me surpreende tanto, a boa forma ligada a magreza é outra das grandes besteiras no mundo, que ainda pensa que os errados em tudo são os gordos, são eles que estão ‘’fora de forma’’ e com problemas de saúde.
É muita ignorância, mas seus dias estão contados, cada vez mais aparecem estudos médicos provando que a ‘’boa forma’’ é um conjunto de fatores, que incluem desde uma alimentação equilibrada, exercícios físicos até uma vida emocional tranqüila.
Um dia a ciência vai provar que um corpo, seja ele gordo ou magro, é apenas isso, um corpo, não é prova de caráter nem garantia de boa forma. É apenas um corpo.

Iara
Iara De DuPont
http://sindromemm.blogspot.com.br/

Dia dos professores … é dia também de luta!

Na data de hoje quero parabenizar todos os professores que passaram pela minha vida, mas quero principalmente parabenizar minhas leitoras que exercem essa profissão com tanto amor. <3

dia_do_professor

Mas o principal intuito do meu post é compartilhar a publicação feita pela da professora Ana Carolina Marcondelli, que lançou a campanha #NuncasoubeoIMC para juntos lutarem pela sua vaga no Estado, ela e outros professores foram impedidos de tomar posse de seu cargo devido o Estado classificar a obesidade como inaptidão. Abaixo transcrevo suas palavras.

NuncasoubeoIMC

“Dentro de casa eu tenho os melhores professores da minha vida: meus pais, que me educaram e me ensinaram o principal: a ter caráter.
Cresci APRENDENDO com excelentes professores, tanto na escola quanto no cursinho e faculdade.
Diante do convívio com tantos que amavam o que faziam, me senti contagiada e quis também propagar o conhecimento, e foi aí que eu também me tornei professora. Acabei caindo no melhor lugar pra se aprender a ser uma: escola pública. Local onde a verdade é nua e crua, onde o desinteresse e burocracia imperam. Há quem diga que lá é só lugar de bandido, o que eu discordei durante estes três anos de trabalho. Lá é lugar de gente, lugar de pessoas que querem aprender e infelizmente lugar das que não sabem o que fazer lá.
Vivemos em um sistema massacrante, num governo que não acredita em nossa classe e só a desvaloriza. Tanto é que hoje, para mim, é parcialmente uma data comemorativa. Fico pensando: “Feliz dia dos Professores!!!” ou “Feliz dia dos Professores????”. Se por um lado eu estou dentro de sala de aula, como CONTRATADA pelo Estado (e impossibilitada de dar aulas no ano que vem porque meu contrato se encerra este ano), por que ainda estou IMPEDIDA de assumir meu cargo como efetiva? Há quase um ano prestei um concurso para efetivar, para levar pra frente o meu ideal de que todos merecem um ensino de qualidade, por mais que seja extremamente difícil e por um motivo RIDÍCULO fui colocada de lado. Sou obesa, sou doente, segundo o Estado, por isso não posso dar aulas. Paradoxo, não? Mas esta é a realidade.
Diante disso, não fiquei e nem ficarei calada. Ainda dentro de sala de aula eu faço aquilo que acho mais correto: ensino meus alunos a PENSAR, mostro a realidade para eles, mostro o quão horrível está a educação, saúde e segurança. NÃO TENHO medo de fazê-los enxergar o mundo ao redor deles. Só assim há uma chance de, quando se tornarem eleitores, votarem em quem realmente leva nosso Estado/ País a sério.
Entretanto, não sou tão infeliz dentro da minha profissão. Este ano fui agraciada com um emprego em uma Faculdade daqui da minha cidade e, se não fosse por isso, não sei o que teria sido de mim. Foi lá que eu redescobri o que é ser valorizado, o que é ter respeito, o que é ser questionada. Todas as vezes que entro em sala de aula, sinto que realmente estou no lugar certo, me sinto PROFESSORA!
As adversidades são grandes, a injustiça maior ainda, mas, inicio meu dia de hoje pensando que independente de onde eu esteja – na escola pública ou particular – NUNCA deixarei de ser a que faz de um tudo para que seus alunos entendam a matéria, mas principalmente, aprendam a PENSAR!
Feliz dia dos Professores àqueles que merecem essa profissão digna e honrada, mas principalmente àqueles que entraram em meu caminho durante a minha vida e me tornaram, junto com meus pais, a pessoa que sou hoje!”

 

Para ela e todos os professores que hoje estão nesta situação, eu desejo parabéns dobrado, é  difícil ter de lidar com o preconceito que te impede de ocupar um lugar que é seu.

A todos vocês professores gordos impedidos pelo Estado de assumir seus cargos, eu desejo força nessa luta e nunca desistam do que é seu de direito.

Mais uma vez reitero que podem contar comigo no que precisarem de divulgar. <3

Aquela Gordinha by Paola Dailion

Olá, leitoras!
Sou a Paola, uma gordinha de nascença, tenho 22 anos de idade, moro em São Paulo – SP e sou a nova criadora de conteúdo para o blog!
Criei recentemente o meu vlog “Aquela Gordinha”, que visa relatar a vida de uma gordinha utilizando como exemplo o meu cotidiano. Sempre que eu postar novos vídeos novos no canal irei avisá-las aqui no blog. Hoje trago para vocês os dois vídeo que já estão no ar.


Peço a ajuda e o apoio de vocês para que se inscrevam no meu canal aqui, curtam e comentem os vídeos.

Lembrando que todo elogio incentiva e que toda crítica é construtiva! Agradeço desde já as boas vindas que ja nos foi dada e as que virão por ai.

Um beijo, Outro e Xau! ;)

Guest Post: Câncer de mama não é o fim!

Na semana passada eu perguntei na fanpage se alguma leitora que viveu o câncer de mama queria dividir conosco sua experiência, através dessa postagem fui apresentada a Fran, que está na luta com seu câncer, mas também está na luta para encorajar mulheres a se amarem durante o tratamento. Quem também quiser dividir sua história conosco é só entrar em contato comigo através do belezasemtamanho@gmail.com.

Abaixo segue o guest post dela.

857707_960713980609165_6996440304371983037_o (1)

Sou Francieli, tenho 33 anos, casada com pastor Maia. Temos dois filhos, um menino de 7 anos e uma menina de 3 anos, somos missionários da MAIS (Missão em apoio a Igreja Sofredora) em Vila Velha, ES.
Em novembro do ano passado, fui a uma consulta de rotina com ginecologista e ela me pediu, junto com muitos exames, um ultrassom de mama, o que eu estranhei por que, até então, nunca tinha feito nada parecido. Achei que não tinha idade para isso. Só fiz o exame em fevereiro e ali apareceram dois nódulos. Um susto! Tive que fazer uma biópsia e esperar o resultado. Esse resultado geralmente sai entre 20 e 30 dias, mas o meu demorou uns 50 dias. Tive a certeza de que Deus estava querendo trabalhar minha ansiedade, então comecei a intensificar minha vida de oração e devocional. Sempre quando a ansiedade batia me recordava de versículos que me ajudavam a melhorar.
Em abril, em uma sexta final da tarde, pegamos o resultado tão esperado. Um amigo, pastor e médico, me chamou na casa dele para me dar a notícia. Quando ele abriu o envelope, me disse: “É, Fran, você infelizmente tem câncer de mama”. Chorei como poucas vezes na vida havia chorado. Ele continuou explicando, mas eu nada mais escutei… Um medo da palavra câncer me envolveu e, por alguns momentos, eu fiquei sem chão.

1519184_961526453861251_283232507158893862_o
Interessante como Deus faz. Eu nunca tinha pensado na possibilidade de ter câncer de mama, vários fatores de risco passaram bem longe de mim. No entanto, Deus falou claramente para meu marido que esta doença seria para a glória dEle. As coisas foram se acalmando e a cada passo que dávamos era uma vitória. A cirurgia de retirada de mama ou “mastectomia radical” foi um sucesso. Depois das quatro quimioterapias fortes com queda de cabelo e tudo mais, meu corpo reagiu melhor do que eu esperava. Agora estou no meio das 12 quimioterapias mais fracas. São sessões semanais que têm sido tranquilas. Até dezembro ainda tenho tratamento com radioterapia e, por mais cinco anos, tratamento oral e acompanhamento.
Parece estranho falar isto, mas desde o começo penso que eu preciso aproveitar e muito o meu Câncer, e com certeza sair dessa muito melhor do que entrei, pois são ensinamentos que vou levar para o resto da minha vida. Acredito que não só eu, mas a família e muitos amigos que entraram comigo nessa em oração.

10682318_964492293564667_5377932395231876092_o
Um grande aprendizado foi sempre ter em mente versículos que me ajudam a manter o foco em Cristo. Como, por exemplo, Filipenses 4:8:
“Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe vosso pensamento.” Comecei a exercitar isso diariamente , várias vezes ao dia, não deixando os pensamentos maus me consumirem, porque o Deus que sirvo é poderoso para fazer muito mais do que eu imagino. Isso me ajuda a não perder o foco, porque em Cristo somos mais que vencedores, independente das circunstâncias!!
Talvez o seu problema hoje não seja um câncer, mas se você passa por alguma situação onde não há o que fazer, lembre-se sempre de que Deus nunca perde o controle. Ele nunca te deixará. Você sempre terá a ajuda necessária para passar por qualquer situação, como lemos nesta linda promessa da Sua palavra: “Meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glória em Cristo Jesus”, Filipenses 4:19.

Fran é dessas mulheres que dá orgulho conhecer, ela teve a capacidade de se descobrir Bem Bonita! e o melhor não mediu esforços para convencer outras mulheres que a beleza é algo muito maior que seus cabelos. <3 Não deixem de curtir a fanpage da Campanha Bem Bonita! e indicar a todas as mulheres que estejam precisando de dar um up na autoestima.