23.06.17

Meia Calça Plus Size para todas!

Acredito que 10 entre 10 gordas, em algum momento da vida, já sofreu para encontrar uma meia calça plus size que servisse legal. Antes se a gente quisesse algo que fosse fora do básico (preta,“cor da pele” e marrom) a solução era importar e torcer para que coubesse. Já tem uns 2 anos que algumas marcas perceberam que valia investir em meias diferentonas no plus size, mas aí o problema era que raramente essas meias vestiam manequins maiores que 50/52 e ainda deixava muitas de nós sem opção.
Eu por vestir 52/54 e ser alta até o ano passado ficava limitada a uma única marca de meias, mas tudo mudou graças ao Clube da Meia Calça, agora   temos meias para todos os corpos e estilos.

 

No Clube da Meia Calça a gente encontra as meias básicas do fio 15 ao 80 no preto e ainda coloridas, mas sem dúvidas a sensação deste inverno é a meia arrastão, e o Clube saiu na frente e não só tem a meia arrastão, como tem também um montão de cores disponíveis.

 

Além das meias, no Clube tem também shortinhos anti-atrito para ninguém mais ficar assada entre as coxas, eu comprei o meu primeiro em novembro passado e graças a ele eu tenho usado muito mais vestidos.

Se me dissessem que hoje em dia teríamos tanta opção de meia calça plus size eu acharia que estavam sonhando alto demais haha, estou realmente muito feliz em acompanhar o trabalho das meninas do Clube e perceber que elas estão sempre trazendo novidades e focando em atender todos os manequins.

Vejam mais opções acessando o Facebook da marca (clica aqui), para comprar é só mandar uma mensagem na página e acertar tudinho com as meninas.

Com tanta opções em meias, ficou bem mais fácil ousar no look. *_*

 


*Post Patrocinado

20.06.17

Anete Lage – Belezoca Cosméticos

Hoje na nossa tag #EmpreendedorasGordas  trago para o blog um pouquinho da história da Anete Lage, que é a responsável pela Belezoca Cosméticos, confiram abaixo no nosso papo como tudo aconteceu para ela em relação ao seu empreendimento.

 

A Belezoca Cosméticos é o seu trabalho oficial? 
Não, eu sou também enfermeira.

Em que você trabalhava (ou trabalha) antes de empreender? Já sentiu dificuldades para conseguir emprego por ser gorda?
Eu já era enfermeira e continuo na mesma profissão, não tive problemas no mercado de trabalho em relação ao meu peso.

Como foi seu processo de criação da Belezoca? Você começou vendendo por catálogos, ou desde início já focou em eventos? Do momento que decidiu montar a marca até o lançamento foi quanto tempo?
Fui em um congresso em São Paulo da minha área (enfermagem), lá me apaixonei por um contratipo de um perfume que eu e marido amamos e acabei me tornando representante da marca, isso já faz 20 anos. Essa marca desapareceu do Rio, mas vieram outras até que encontrei Eudora., ou melhor Eudora me encontrou rsrsrs. Recomecei com Eudora somente e daí vieram os eventos, já tem 2 anos que fazemos eventos e fomos juntando outras marcas por necessidade do próprio publico que vinha pedindo. Vimos então a necessidade de criar uma empresa que pudesse unir todas essas marcas com um objetivo só, foi assim que  nasceu a Belezoca Cosméticos.

Você se importa em contar para a gente o investimento inicial? 
Eu já vinha caminhando, mas quando veio a Belezoca Cosméticos investi mais ou menos 3 mil reais para deixar tudo legalizado.

Hoje além de você quantas pessoas estão envolvidas na marca diretamente?
Então a Belezoca é uma empresa familiar, sou eu Anete, minha filha Sylvia e meu marido Ronaldo.

Na esquerda a Sylvia que é o braço direito (e filha) da Anete. 

Quanto tempo tem a Belezoca? Hoje já é possível tirar seu salário diretamente dela?
A empresa tem 1 ano e alguns meses , não tiramos salário da empresa ainda, o que temos de lucro procuramos sempre investir na própria marca para estar sempre com novidades para os clientes.

Nessa trajetória de empreendedora, acredito que tenha desafios e vitórias, contem-nos quais foram os maiores?
Ainda temos muitos desafios, nos eventos por exemplo, as pessoas vão voltadas para encontrar roupas, comidas etc.. não esperam encontrar Makes, é um trabalho de formiguinha. Temos sempre que criar ações para o cliente “olhar” para a Belezoca também.
Vitória, com certeza é ter um empreendimento nosso, e ver que podemos ter retorno, vários clientes satisfeitos com as Belezocas rsrsrs.


Sabe aquele conselho você daria para uma amiga que vai empreender? Você pode deixar aqui para quem segue o blog?
Deixo um conselho que foi muito útil para nós: fique feliz com o que faz em primeiro lugar, escolha o que você gosta de fazer. Depois ponha amor , se doe e confie. Você consegue.
Deixo também uma dica financeira é muito importante: separe o que recebe do seu trabalho diário do da empresa, no início é difícil, mas depois você vai conseguindo ter tudo separado. Isso é primordial para o sucesso!

 

Adorei conhecer um pouco mais da Belezoca Cosméticos e também da Anete, o ramo de cosméticos é imenso e super acessível começar como revendedora, que o exemplo dela possa motivar outras pessoas a correrem atrás dos seus sonhos e empreendimentos, sejam eles quais forem.

 

15.06.17

Arraiá Plus Size – HashTagBazar Rio de Janeiro

 

Está chegando mais uma edição do HashtagBazar e desta vez o evento entra no clima de Arraiá, vários expositores prepararam peças especiais para as festas Juninas e Julinas, neste ano ninguém vai perder as festas por falta de looks.
Confiram nas fotos abaixo algumas das peças que vão estar disponíveis no evento. *_*

 

 

O mais legal é que são looks que ficam a caráter das festas, mas são peças que podem ser muito usadas em outras situações também. Para deixar o clima ainda mais gostoso terá comidinhas típicas para degustação no dia do evento.

O evento de sábado será maravilhoso e acolhedor como sempre, mas podem também considerar um “esquenta para o que vem para Julho (fiquei sabendo que no próximo evento teremos um Arraiá Plus Size com direito a quadrilha e tudo mais).

Quer saber quais marcas estarão presentes no evento? É só conferir abaixo.

Marcas Plus Size:

ACKONACKON MENS WEAR –  Amaryllis Moda & Acessórios.AssensAteliê Cretismo Basic 4 Curves – Beauty In Curves – BELLE ROSE PLUS SIZECabidemix – Carlota-rio moda carioca PLUS size –  Cromo.somos – Desapegos da atriz Cacau Protásio Donna K – Gordinha dos SonhosLólla – Maria Abacaxita –  NaBeca Tamanhos Reais   Nina Vazquez Moda E Estilo – Popy Moda Feminina (Jeans até o 64) – Vitalle Plus Size

Acessórios/Variedades:

AndarBem Sapatos – Belezoca CosméticosBella  Jóias – Boutique Jurema Crafts by Denise Mesquita – Cys Artes & Cia– DueTati Acessórios – Entrecores  – Jardim SecretoJuntinho & Misturado – Mary Help, acessórios criativos  – Princesa Ervilha

Gastronomia:

Delícias da Fazenda – Doces Marilam – Empadas Gourmet Jamaicana Cozinha – Pausa 20 SalgadinhosRicco Sabores (Almoço e Lanche)

Para saber ainda mais detalhes é só clicar aqui e confirmar presença no evento.

12.06.17

Amor é algo muito além de qualquer padrão!

No sábado, enquanto eu passeava pelo Instagram parei na conta da marca Psil Plus  que ainda era desconhecida para mim, e quase surtei de felicidade com o que vi (pode parecer exagero, mas não foi, eu realmente fiquei muito empolgada), pedi na mesma hora autorização para usar as fotos aqui no blog.

Eu nem tinha planos de falar sobre o Dia dos Namorados, mas ao ver as foto eu senti que precisava trazer elas hoje para o blog, para lembrar a todas vocês que o AMOR é algo muito além de qualquer padrão.

amor amor

Eu não sei o que vocês acharam desses lindos, mas eu achei que a Bia e o Fe formam um casalzinho tão fofo que vocês mereciam ver esse monte de foto da cumplicidade deles. <3
Sei perfeitamente toda a dificuldade de uma mulher gorda em se manter em relacionamento sério, mas a Bia está aí felizona nos mostrando que o amor existe e uma hora ele acontece para todo mundo.

Desejo um feliz dia dos namorados para todos vocês que acompanham o blog, independente do estado civil, quem é solteiro também pode e deve ter um dia feliz hoje.

Mas agora vamos falar só da Bia? Sim vamos!Confiram mais essas fotinhas. <3

qualquer padrão

 

Além das fotos de casal, a Bia também fez o lookbook da marca Psil Plus e sabem o que achei mais incrível? Em momento nenhum foi mencionado que a Bia é “especial”, não foi preciso dizer que ela tem um cromossomo do amor, pois está visível no brilho dela.

Eu vivo lutando aqui no blog para a inclusão de gordas com manequins maiores, já briguei também por inclusão de gordas negras, mas eu nunca cheguei a pensar que a gente já estava evoluído ao ponto de termos uma modelo plus size brasileira com Síndrome de Down.

Ameiii descobrir que já temos e ela já está arrasando e representando tantas outras meninas (que ainda são esquecidas pela moda/mídia), inclusive a Bia super me representa e estou desejando vários dos looks que ela usou.

Eu  quero ver a Bia brilhando sempre na Psil Plus e também em outras marcas, falando na Psil Plus eu adorei as peças e os preços da marca, vale a pena clicar aqui e conhecer melhor a loja.

 


*Este post não é patrocinado, foi totalmente motivado por essas fotos lindas. 

07.06.17

Anitta leva representatividade gorda aos palcos…

E gordofobia para as redes sociais.

A cantora Anitta lançou semana passada o clipe de sua nova música gravado na gringa com direito a dançarina gorda e fomos todos a loucura. Foi sem dúvidas um passo bem positivo em prol da representatividade de corpos. Podia ser melhor? Podia sim, mas foi algo inovador vindo de uma cantora pop, todo mundo comemorou e eu também.

 

No último sábado dia 03/06 ela se apresentou na Globo com sua nova música, foi nesse dia que a “diva pop” fez também a apresentação das novas bailarinas do seu ballet. O que poderia ter sido maravilhoso e muito representativo, acabou se tornando algo infeliz, tamparam demais as bailarinas gordas e ainda as deixaram no fundo da apresentação. Os comentários dos fãs (ou haters) estavam questionando por qual motivo as meninas gordas estavam vestidas com roupas e as outras de lingerie.

Em um grupo de militância eu e mais uma galera problematizamos bastante, e tentamos mostrar que aquilo não estava bom, que a gente merece muito mais.

Contrariando a expectativa da galera que dizia “você reclamam de tudo” “reclamar não leva a nada” as queixas foram ouvidas e ontem quando a cantora se apresentou no Música Boa os looks já não estavam mais discrepantes.

Sei que o look da Thais Carla (maravilhosa por sinal) foi montado no dia, é possível ver que o cropped é uma blusa amarrada e não é ainda um look no “padrão” da outra bailarina, mas foi gratificante perceber que correram e deram um jeito de melhorar e espero que sigam melhorando.

A apresentação de ontem foi bem linda por sinal, confiram no vídeo abaixo.

Embora no momento das problematizações tenha sido apontado as falas e ações gordofóbicas da Anitta, eu escolhi não focar nisso e lá no fundo eu tinha esperança que isso seria o passado dela (mesmo que tivesse coisas da semana passada).

Hoje mal acordei e já tinha mais uma piadinha gordofóbica postada por ela, uma galera fez uma paródia da música atual relacionando a alguém gordo e compulsivo. E o que a Anitta fez? Não só compartilhou como deixou claro que á a paródia da sua vida.
Nós sabemos o quanto mulheres magras se dizendo gordas são prejudiciais à saúde emocional de mulheres realmente gordas, posicionamentos assim vindos de uma personalidade pop afetam diretamente a autoestima de milhares de mulheres e meninas que acompanham o seu trabalho.

 

Essas atitudes da Anitta só mostram o quanto o mercado se aproveita cada vez mais de causas sociais, claro que eu quero e fico feliz com o fato dela colocar gordas no ballet, mas aí ela vem e nos lembra o quanto errados somos em ser gordos e o quanto isso é odiável no seu ponto de vista.

Eu sei que a vontade de vibrar com a Thais Carla é imensa, eu também estou vibrando e sei o quanto ela é maravilhosa e merecedora de estar ali.

Mas a gente não precisa passar a mão na cabeça e achar que a Anitta é boazinha, enquanto ela segue propagando que o corpo gordo é inferior aos outros.

Que todos os dias a gente exalte as gordas, mas não dê créditos de boa garota para quem está frequentemente debochando e propagando o ódio/pavor ao corpo gordo.