27.07.17

O seu valor não se mede por medidas e nem por um número na balança!

Então não espere o cabelo perfeito, a roupa impecável, a make de capa de revista, o corpo igual ao da modelo para conquistar o mundo, para conquistar o “seu” mundo.

 

Oieeeee, eu sou Pri Coelho, coach de auto estima e alimentação consciente. Estou muito feliz por contribuir com o Beleza sem Tamanho, um blog com muito conteúdo bacana que trata de forma leve e divertida a beleza e nossa essência sem distinção. Afinal, nosso valor não se mede por medidas e nem por um número na balança, né?
Todas nós sabemos o quanto o universo conspira a nosso favor, esta é uma postura positiva que temos em relação a vida, mas nem todos os dias as coisas acontecem assim. Não é todo dia que o cabelo está maravilhoso, que o caimento da roupa é perfeito ou que acertamos a make de primeira rsrsrs.
Durante todas as tentativas que fazemos com a intenção de acertar às vezes erramos. Nesses dias podemos acionar o botão do pensamento positivo, clarooooo que não vai ser fácil, mas eu garanto a você que se você tentar, tentar de novo e de novo com muito treino e repetição você vai conseguir. O botão do pensamento positivo é poderoso, ele é capaz de fazer você enxergar uma nova possibilidade, uma nova perspectiva para encarar qualquer adversidade de uma forma leve e criativa. Acredite em mim!
Você conhece aquela história do copo com água até a metade, onde para os otimistas o copo está quase cheio e para as pessoas pessimistas o copo está vazio? É a mais pura verdade!
Frustração pela impossibilidade de ter um dia “perfeito”, sem pedrinhas pelo caminho faz com que a gente bloqueie todas as novas possibilidades, inclusive as surpresas positivas que podem vir a acontecer. Procure olhar para o outro lado, o melhor pode estar ali.

Independente dos resultados do seu dia, do seu mês e do seu ano acredito que se você encarar com leveza, humor e positividade a vida estará aproveitando o aqui e o agora de forma fundamental sem postergar a felicidade, sem ser vítima de você mesma. Ninguém quer ser coadjuvante porque nascemos e somos responsáveis por ser protagonistas da nossa história.

Se não você, quem? Se não agora, quando?

Beijo, e uma vida criativa pra você!

Pri Coelho

 

26.07.17

Guest Post: O Miss Bariátrica e a minha vivência

Essa semana rolou na mídia televisiva uma matéria sobre um suposto concurso de miss bariátrica, a matéria foi ao ar num programa de grande audiência do maior canal de TV aberta do país e me fez questionar muitas coisas.
Eu como mulher gorda e gastroplastizada me senti no direito de me manifestar a respeito desse concurso e contar um pouco sobre a minha vivência e também sobre o que os médicos não falam por aí.

Muito me preocupa o fato de se vender essa cirurgia por aí sem critério algum, uma cirurgia que está na escala das 5 cirurgias mais perigosas está sendo feita de forma banal como solução para emagrecimento definitivo, para encontro da felicidade perfeita e por fim da famigerada saúde, afinal ser gordo é ser doente!
Nunca se ressalta a quantidade de problemas que se adquire pós cirurgia, a quantidade de pessoas que eram saudáveis e ficaram doentes pós cirurgia, a quantidade de pessoas com sequelas severas e irreversíveis e por fim a quantidade de óbitos, que quando eu operei era de 1 pra cada 10 pessoas e sim essa é uma porcentagem absurdamente alta quando você considera que quase todas as pessoas que operam são mulheres jovens e saudáveis, como foi meu caso, e que estão optando pela bariátrica por pressão estética da família e da sociedade.

Não, de forma alguma sou contra o procedimento em si, acredito de verdade que ele salva muitas vidas, mas sei também que ele acaba com tantas outras, como foi o caso da minha mãe, ela como quase todo mundo, passou pelo processo todo de avaliação psicológica e afins, (essa baboseira toda que a equipe médica diz que avalia a fundo se o paciente está de fato apto a ser submetido ao procedimento cirúrgico, mas que no fundo não existe de fato um estudo real do paciente e isso tudo é só pra constar ou pra dizer que houve sim uma boa avaliação prévia) ela tinha depressão, teve várias complicações pós cirurgia, deprimiu mais ainda e sim isso agravou o quadro dela e a levou ao óbito.

Posso dizer que vi dois ou três casos que foram vetados pelos psicólogos e equipe médica dentre as dezenas de casos de operados que conheço. Em compensação a quantidade de pessoas que vejo com depressão pós cirurgia, com vícios em drogas, álcool, cigarro, compulsão por compras, anorexia, bulimia, etc. é enorme. Isso sem contar os problemas metabólicos, vitamínicos, reganho de peso, a tal síndrome de dumping e outras síndromes que são adquiridas pós cirurgia e que sequer os médicos se interessam em resolver. O discurso é sempre o mesmo de que o paciente não se alimenta bem, não se cuida, não tem vergonha na cara, não se esforça, toda reprodução gordofóbica de sempre. Obviamente é muito mais fácil tratar o paciente como culpado do que tentar investigar de fato o que ocorre com aquele indivíduo e o porquê dele estar passando por tais problemas.

O Miss Bariátrica e a minha vivência

Será que eu poderia participar do Miss Bariátrica? É só uma curiosidade…

Voltemos agora a questão do Concurso Miss Bariátrica – Parem e analisem a gravidade disso!
Um médico (que diga se de passagem, nem de longe tem um físico atlético) promovendo um concurso de beleza baseado em uma cirurgia altamente grave. Um procedimento arriscado, caro, com muitas consequências, está sendo vendido como beleza, como felicidade, como bem-estar. Falta critério na indicação de quem deve ou não fazer essa cirurgia, falta respeito pela escolha de querer ser gordo e feliz e saudável sim. Incentivar e submeter pessoas jovens e saudáveis a esse tipo de coisa deveria ser crime!

Ouvi pessoas exaltarem o concurso dizendo que era em respeito à diversidade, não existe diversidade alguma em promover algo que coloca em risco a vida de pessoas saudáveis em detrimento de uma aparência que entre nos moldes midiáticos e sociais. Não se trata de diversidade, se trata de vender produtos, tratamentos, se trata de dinheiro, se trata de fazer de novo e mais uma vez nós mulheres acreditarmos que só teremos valor se formos obedientes, se fizermos exatamente o que a mídia, a medicina e toda a indústria, interessada só em encher os bolsos de dinheiro, nos manda fazer.

Vamos questionar as coisas, se você quer emagrecer, você tem todo direito a isso, existem muitos recursos para isso, mas pense se vale a pena você que é saudável se submeter a uma bariátrica para passar o resto da vida com carência e absorção de vitaminas, síndromes de dumping e afins, queda de cabelo brusca, unhas quebradiças, entalando com muitos alimentos sempre. Que preço você está disposto a pagar em nome na satisfação alheia?

 

Gabriela Tayah

 

 

21.07.17

Sex Shop é também para gordas!

Vivemos em uma sociedade que insiste em negar a sexualidade da mulher gorda, é muito comum nunca estarmos em destaque em ambientes mais sensuais (e também sexuais). Dia desses um sex shop demonstrou interesse em aparecer aqui no nosso bloguinho, confesso que logo de cara eu fiquei surpresa (e feliz) em ver que a empresa se importa em atender também mulheres que vestem tamanhos plus size.

Passei horas navegando no www.cliquesexshop.com.br e curti muitas coisinhas, agora dividirei com vocês o que encontrei por lá.

No Clique SexShop  tem grande variedades lingeries plus size sensuais e com preços promocionais, lá vocês vão encontrar até calcinha comestível em tamanho plus size (eu desconhecia que existia).

Confiram as lingeries plus size com super descontos (aqui), para ver melhor a calcinha comestível é só clicar aqui.

Dei uma olhada minuciosa na loja virtual Clique SexShop e achei muitas coisas interessantes, desde vibradores “discretos” como um ursinho que vem com um compartimento para guardar o brinquedinho, até as algemas em cobre que achei a cor mega fashionista.
Tem “brinquedos” para todos os gostos e ocasiões, na galeria abaixo eu trouxe alguns deles.

Lubrificante de menta, balinhas efervescentes, kit de sado, vibradores e muito mais.

Gostou de algo, mas tem medo de comprar em um sex shop?

Pode comprar sem medo, a loja Clique SexShop entrega na sua casa rapidinho (em Sampa no mesmo dia) e em embalagem discretíssima.

Vocês costumam usar produtinhos para incrementar o sexo? Se ainda não testou é um bom momento para ousar. *_*

 

 

*Post patrocinado


 

20.07.17

Princesas da Disney – Versão Plus Size

É comum vermos ilustradores criando suas versões das Princesas da Disney, aqui no blog mesmo eu já postei sobre algumas releituras , dessa vez quero mostrar para vocês a interpretação super especial. Em um trabalho focado na representatividade e do body positivity, a artista Jonquel Norwood criou versões de algumas princesas, com silhuetas plus size e muito estilo.

*Embora eu defina corpos como gordos e não como plus size, achei elas tão “padrão plus size” que achei válida a definição.

Confiram abaixo em detalhes cada uma delas. *_*

 

As ilustrações de Jonquel mostram as princesas confiantes e ousadas. Elas estão vestindo looks incríveis (decotes, transparências, peças justas e curtas) com um pegada sexy.

Os desenhos fazem parte da série A Magia Não Tem Tamanho. “Eu desenhei isto para celebrar 67% das mulheres que não são representadas pela mídia”, falou Jonquel Norwood, natural de Nova York, a um site norte-americano.

Eu nem preciso dizer o quanto amei isso, não é mesmo? Eu amo quem acredita e propaga que não existe um só tamanho “certo”, nós podemos sermos e criarmos o que quisermos em qualquer padrão.

Sou #aloka da Branca de Neve, e achei o look dela tão lindinho que já quero um igual. <3

E vocês gostaram das ilustrações? E dos looks?

Contem-me tudo aqui nos comentários.

13.07.17

O Retorno dos Looks Plus Size Masculinos

Eu estou vibrando por poder voltar a postar para vocês looks plus size masculinos, o Jonathan Castro já tinha estado aqui no blog antes, mas acabou dando uma sumida básica e nos deixando na saudade haha. Eu sempre dizia a ele para voltar e agora, ele voltou! Eu nem deveria estar fazendo essa introdução, mas é que preciso dividir minha emoção com vocês, agora confiram mais detalhes por ele mesmo. /Kalli

No look de hoje eu procurei unir tendência e bom gosto em um dia ensolarado!
Como alguns sabem moro em Juiz de Fora e por aqui o clima é meio maluco, porém em dias quentes, eu curto demais usar uma bermuda básica, camiseta, tênis e abusar de alguns acessórios (pulseiras, relógios, óculos).

Ele estava usando:

Camiseta: Calábria
Bermuda: Cambos
Pulseiras: Maria Bonita Acessórios
Óculos: Raphael Steffens
Tênis: Nike Air

Imagens: Mateus Castro Fotografia 

Com a chegada das estampas em looks masculinos eu revirei JF, mas não encontrei em nenhuma loja Plus Size da cidade uma camiseta de malha estampada. Por indicação de um amigo, acabei chegando em um Fashion Designer aqui na cidade, que me surpreendeu com suas peças únicas e super diferentes, o Felipe Calábria conseguiu essa estampa super bacana e criou transformou a minha procura em realidade.

O que eu acho mais bacana é super importante é cada pessoa conhecer o seu corpo, saber o seu estilo, assim fica claro o que fica bom e combina com a sua personalidade!

Só ressaltar que não precisamos e não devemos esconder NADA, então partiu usar e abusar de estampas, sejam elas grandes, pequenas, claras ou escuras! Mas que combinem com você!!!