fbpx

Tag: gorda

04.07.18

Projeto “Quem são as pessoas gordas?”

Gordofobia é um conceito que começou a ser discutido há muito pouco tempo, por isso ele ainda causa algumas confusões em quem não o conhece direito (e até em quem o estuda). O fato de essa opressão começar a ter sido discutida na internet aumentou seu alcance, mas também aumentou certos preconceitos em relação a isso. Além das pessoas que duvidam da existência da gordofobia (classificando-a desde pós-modernismo até mimimi), muitas simplesmente fazem piadas com quem luta contra ela.

Um dos conceitos mais errados sobre a gordofobia é aquele em que se fala que todas as pessoas gordas são iguais e, normalmente, isso é colocado de forma pejorativa. Por isso, quis realizar esse projeto, para mostrar o quão falsa é essa afirmação. Assim como qualquer outro grupo, pessoas gordas são diferentes entre si. Elas vêm de diferentes lugares, são de todas as idades, orientações sexuais e classes sociais.

Para realizar esse projeto, entrei em contato com pessoas de dois grupos em que participo – Baleia e Gordofobia Não –  além de anunciar no twitter e no facebook do Voz das Gordas. Quis retratar as peculiaridades de cada uma dessas pessoas. É importante retratar que como os entrevistados vieram desses grupos anti-gordofobia já existe certo perfil entre os entrevistados, mas, na vida real, as diferenças entre as pessoas gordas são ainda mais marcantes.

 

Para mostrar o resultado dessa pesquisa quis focar em pontos nos quais persiste o estereótipo da pessoa gorda: estado civil, exercícios físicos, alimentação, etc. É importante ressaltar que o estereótipo não é algo errado. Não existe o gordo certo e o gordo errado, existem pessoas que tem hábitos e vidas diferentes.

Não existe problema nenhum em ser uma pessoa gorda e estar solteira, o seu status de relacionamento não é da conta de ninguém. Da mesma forma, aqueles que se alimentam bem e fazem exercícios físicos não são melhores ou piores do que os que não fazem. Então, a partir da próxima postagem vamos mostrar, através de fotos e depoimentos, que é impossível nos classificar de uma só forma.

 

05.06.18

A marca Simone Troiano lança editorial de Moda Plus Size com uma mulher Gorda

Por mais estranho que possa parecer o título já que a associação imediata é que a moda plus size é para pessoas gordas, é ainda muito raro uma marca de moda plus size usar em seus editoriais uma mulher gorda e isso é sempre uma frustração na questão da representatividade para as consumidoras. Recentemente a marca  Simone Troiano de Curitiba ouviu nossos apelos e fez um editorial maravilhoso com sua coleção outono/inverno  sendo vestida por uma mulher gorda.

Antes de eu dizer qualquer coisa, convido vocês a olharem cada uma das fotos abaixo. *_*

 

Moda Plus Size com uma mulher Gorda Moda Plus Size com uma mulher Gorda

Créditos: 

Modelo: Gigi Heur

Produção e Estilo: Bee Reis 

Fotografia:  Geovane Pocolujco

Make: Jhonny Macartney

A modelo deste editorial é a maravilhosa Gigi Heuralém dela ser uma gorda maior (manequim 60), ela tem um formato corporal oposto ao que sempre vemos na moda plus size. Olhar essas fotos é ter a certeza que é possível ter fotos maravilhosas e mostrar moda plus size em corpos maiores, marcas que insistem que só modelo tamanho 46 vende é apenas um sintoma de preguiça de inovar e de gordofobia mesmo.

A Simone Troiano chegou recentemente no mercado e já está fazendo a diferença, no início do ano eu fiz um post e listei meus desejos para a moda plus size (aqui) e ela prontamente leu e comentou sua visão como empreendedora e se dispôs e a melhorar cada vez mais e isso por si só já é algo maravilhoso, mas ela foi além e realmente FEZ A DIFERENÇA ao lançar esse editorial.

Para conferir todas as peças disponíveis da marca é só acessar a loja virtual: http://www.simonetroianoplus.com.br, para quem é de SP ou vai estar no POP PLUS, a marca é presença confirmada nesta edição e é uma ótima oportunidade para conhecer todas as peças ao vivo.

Eu sou suspeita para dizer qualquer coisa sobre essas fotos, eu sempre clamei por representatividade e fiquei extremamente feliz e apaixonada com o resultado deste editorial. Convido vocês a deixarem aqui nos comentários as impressões de vocês sobre ele, é importante demais o feedback de quem consome moda plus size para que mais marcas possam nos escutar.

 

 

03.04.18

Pijamas e Homewear para Gordas e Gordos

Quem veste manequins “padrão” e compra pijamas em qualquer loja nunca vai imaginar o que é ser gordo e não encontrar peças básicas para ficar em casa e para dormir (ou para as duas coisas na mesma peça como eu sempre faço haha), quanto maior o manequim é maior essa dificuldade de encontrar essas peças. Infelizmente é algo simples para muita gente, mas que no mercado plus size ainda é bem difícil de achar.

Pensando nisso eu trouxe para o post algumas marcas que tem numerações amplas, e que servem muito bem como de “roupa para ficar em casa e de dormir” para gordas e gordos.

 

Basic 4 Curves 

A marca produz peças com 98% algodão (o que é maravilhoso) e é pensada no corpo gordo nos mínimos detalhes.  As camisetes e calcinhas boxers formam conjuntinhos ótimos para ficar em casa,  para quem não se importa de usar menos roupas pode ainda optar pelas hotpants e tops.

Todas as peças são vendidas separadamente e podemos montar de acordo com nossas preferências, as peças são ideais para quem ama o básico e o conforto.

Para mais detalhes: https://www.basic4curves.com.br/

Berenix

Não tenho nem palavras para expressar a fofura que são as peças dessa marca haha, é tudo bem divertido e dá vontade de se vestir assim todo dia.  A Berenix veio cobrir algo que eu considero que faltava muito no mercado plus size que são pijamas diferentes do esperado e trouxe também os macacões longos e curtos para todas nós.

Para mais detalhes: https://www.instagram.com/lojaberenix

 As vendas são feitas por direct do Instagram ou no Facebook. 

 

Plus size, o seu tamanho

A loja Plus size, o seu tamanho de POA é a representante varejista dos pijamas e homewear da marca TG Pijamas Plus Size, todas as peças são possíveis de serem encontradas lá. Tenho uma camisola e o material é de super qualidade e os preços são bem acessíveis.

Para mais detalhes:  https://www.instagram.com/plussizeoseutamanho/

Vendas através do WhatsApp: (51) 98433-3753

 

Sizély Luxury Underwear

A Sizély é um marca de lingeries maravilhosas que trabalha com atacado e varejo, para a nossa alegria na loja virtual tem um setor especial de Outlet. Neste setor está recheado de peças para dormir, ficar em casa e até para dar uma ousada básica com o namorado/namorada. *_*

Para mais detalhes: https://www.lojasizely.com.br/camisolasplussize

 

Mais Pano

A Mais Pano deu uma reformulada na marca no ano passado e neste verão trouxe até sungas para os meninos, e não esqueceu dos pijamas. Ela foi a  única marca que encontrei com pijamas masculinos maiores que o XGG – Tam 56 (que muitas marcas padrão fabricam). Ainda bem que a marca pensou nisso, tem modelos bem bonitinhos e vestem até o tamanho 70.

 

Para mais detalhes: https://www.maispano.com.br/pijamasplussize

 

Cuecas Santo Homem 

Outro item que não é tão simples de encontrar são as cuecas, a Santo Homem trabalha com tamanhos até o 84 e tem entre seus modelos a boxer e a samba canção, uma dica para os boys que curtem ficar de cueca em casa.

Para mais detalhes:  https://www.santohomemplussize.com.br/

Vendas através do WhatsApp: (19) 99278-1336

 

Eu super curto fazer esse tipo de post, por ser sempre uma oportunidade de mostrar marcas legais do mercado plus size que são pouco faladas. Eu não conheço todos os produtos, mas acredito que são boas dicas para quem está em busca de pijamas e homewear.

Conhecem outras marcas com essa proposta? Indiquem aqui nos comentários. *_*

 

07.12.17

Curta-Metragem “GORDA” – Canal Futura

No último dia 5 estreou no Canal Futura o curta-metragem “Gorda”, eu estava ansiosa para assistir e vir contar para vocês. Assisti ontem e adorei, já tinha inclusive certeza que seria algo positivo, pois no elenco (personagens) está a “Rainha da Desconstrução” quando o assunto é gordofobia Rachel Patrício, e ela sempre tem muito a dizer sobre o tema de uma forma muito didática e serena.

O curta “Gorda” foi dirigido por Vanessa Del Negri, tendo uma visão muito esclarecedora ele nos leva a conhecer a vivência de 5 mulheres que convivem diariamente com preconceitos devido aos seus corpos gordos.

Quero muito que todos vocês que acompanham ao blog assistam (é só clicar aqui), são 15 minutinhos com muito aprendizado, cada uma das 5 personagens dizem muitas coisas importantes e rola muita identificação com o relatos.

Eu dou um destaque maior (inclusive com essa foto linda) para a Rachel,  pois ela é uma pessoa que eu conheço virtualmente tem mais de uma década haha,  e infelizmente ela passou recentemente por uma situação péssima por conta da gordofobia, e se ela  não fosse uma pessoa super instruída em relação aos seus direitos ela poderia ter tido problemas maiores.

A gente já sabe que a nossa sociedade em geral precisa aprender que pessoas gordas são pessoas normais, que precisamos de estruturas físicas com acessibilidade para os nossos corpos e precisamos muito que parem de nos julgar nossa capacidade apenas pelo nosso tamanho. E são iniciativas como este curta-metragem que tem o poder de levar essa mensagem a pessoas que nunca sequer pensaram sobre o tema, levam  também para outras pessoas gordas a mensagem que nosso corpo não é errado e isso é muito importante.

 

Não deixem de assistir e divulgar este trabalho maravilhoso. *_*

29.09.17

Eu Gorda – Olhar de Paulina

Eu amo fotos que retratam o corpo gordo em sua plenitude, acredito que essas fotos sejam muito importantes para a gente naturalizar nossos corpos e até mesmo conseguir se enxergar como um corpo sensual. E é por isso que mesmo entendendo a problemática da nudez feminina, eu sigo dando espaço aqui no blog para projetos maravilhosos de fotos de mulheres gordas.

Quero apresentar para vocês o trabalho da Milena Paulina, uma mina gorda que tem feito um trabalho maravilhoso com outras gordas. Ela lançou o Projeto Eu Gorda, que são fotos de meninas gordas super a vontade com seus corpos e a sua beleza. <3

Eu Gorda

Muitas meninas já foram registradas através do Olhar de Paulina, na galeria abaixo deixo algumas fotos que mostram um pouquinho deste trabalho.

Para conferir outras fotos acessem os seguintes links: Facebook|Instagram|Stampsy 

 

O Projeto Eu Gorda tem uma taxa bem acessível (150 reais) e já tem datas marcadas para acontecer em São Paulo, mas indico para quem tiver interesse que fique ligadinhas nas redes sociais, para saber datas em outras cidades e também novas edições em SP.

Como já disse no início do post, eu amo trabalhos assim e os considero muito positivo para as mulheres fotografadas e também para as outras mulheres que conseguem se ver nelas.

Achei as fotos da Milena Paulina super lindas e com uma sensibilidade incrível, consigo perceber que cada menina fotografada foi no seu próprio ritmo, e acho isso  maravilhoso.

Vocês já conheciam o trabalho dela? Gostaram? Contem-nos aqui nos comentários.