Categoria: Solidariedade

05.07.17

Campanha do Agasalho GG+ – Doar para outros gordos é importante.

Nesses dias frios, somos sempre mais lembrados do quanto pessoas em situação de vulnerabilidade sofrem com a falta de roupas, em muitas cidades e associações já é comum vermos campanha do agasalho. É sempre importante tirarmos aquelas peças paradas no nosso armário para doar a quem mais precisa, mas no inverno essa necessidade é ainda mais urgente.

Com toda a divulgação dessas campanhas, nos motivamos (ou deveríamos) e doamos também roupas que não usamos mais, porém, existe um ponto que considero muito importante alertar para quem nunca pensou sobre.

Quando doamos nossas roupas para uma pessoa menor que a gente, é possível que ela as use grande mesmo e sem nenhum problema, mas quando uma pessoa gorda só recebe doações de roupas que são pequenas para seu corpo, infelizmente não tem como usar.

Sabendo disso, eu convido vocês a serem mais atentos ao doar suas peças, tentar, sempre que possível, doar para pessoas gordas que estão precisando e quando doarem em ONGS, é legal dar essa dica, de que privilegiem as pessoas maiores por conta dessa dificuldade.

Não se trata de não querer ajudar magros, se trata de dar preferência em ajudar quem tem ainda mais dificuldade de conseguir ajuda.

Ser uma pessoa que se veste de doações apenas já não é nada fácil, quando se trata de uma pessoa gorda, essa dificuldade é ainda maior. Se nós, que podemos comprar, já passamos aperto para achar o que serve, imagine quem precisa esperar por doações?

Vem fazendo frio demais nos últimos dias, vamos aproveitar para pegar aquele casaquinho que a gente não usa faz anos e doar para quem mais precisa? Façamos uma Campanha do Agasalho GG+, alertando a outras pessoas gordas da necessidade de doar para outros gordos também.

Cada um de nós é capaz de proporcionar um pouquinho de calor para quem mais precisa.

27.06.16

Saiba como denunciar casos de Estupro!

Uma em cada Cinco mulheres no Brasil serão estupradas ao longo da vida! Este percentual é grande demais para deixarmos esse assunto apenas em locais focado nele.
Como o Beleza sem Tamanho é um blog focado totalmente em mulheres, quando tive acesso a este material fiz questão de compartilhar com vocês.
Eu espero muito que ninguém precise passar por isso, mas se passarem que saibam como denunciar casos de estupro.
Assistam ao vídeo agora mesmo.
(Embora ela cite a cidade de Curitiba, as dicas servem para todas as cidades)

como denunciar casos de Estupro

Enquanto tem muita mulher sofrendo violência sexual, tem muita mulher também disposta a ajudar no acolhimento das vítimas. Para facilitar o acesso de quem pode ajudar e quem precisa de ajuda foi criado um site que funciona como Mapa do Acolhimento. Para mais informações é só acessarem:

http://www.mapadoacolhimento.nossascidades.org/

Após fazer os primeiros procedimentos que prezam pela saúde da vítima, chega o momento de denunciar e muitas vezes a pessoa não consegue fazer isso imediatamente.

Imagino o quanto é difícil para quem sofre esse momento, mas é muito importante que os estupradores sejam punidos, para saber mais sobre denúncias acessem esse link (aqui) e confiram que em alguns casos a denúncia pode ser feita muitos anos depois do ocorrido.

Vamos juntas espalhar essas informações?

Conto com a ajuda de vocês para que o máximo de mulheres possível possa saber exatamente o que fazer caso venha a precisar.  Mas espero de <3 que a cada dia menos mulheres precisem dessas dicas, e que os estupradores entendam enfim que nenhum corpo deve ser tocado sem permissão.

03.03.16

SOS Moradores de Rua de Juiz de Fora

Aqui no blog sempre teve e sempre terá espaço para causas sociais, já divulguei várias situações que precisavam de ajuda e pude contar com o apoio de vocês. <3 Só que sempre eram projetos distantes de mim, e eu sentia falta de poder ajudar e também divulgar algo aqui da minha região. Um dia desses (já tem um tempinho) eu vi um pedido de ajuda para o SOS Moradores de Rua de Juiz de Fora e na mesma hora eu busquei mais informações.
Já tem um tempinho que entrei no grupo do facebook do projeto (aqui) e que conversei com uma das administradoras falando do meu interesse em colaborar com a causa. Nesse tempo eu pude perceber o empenho dos voluntários em fazer acontecer as doações semanais e até o cuidado que eles lidam com a situação.
Eu como qualquer pessoa que transita por Juiz de Fora, sabemos que a população de rua é grande e estão sempre clamando ajuda. Infelizmente sabemos que dar 2 reais na mão deles nem sempre é uma ajuda, então que a gente contribua com este projeto para que eles possam receber semanalmente um pouco de comida, compreensão e dignidade.
Para realizar as distribuições eles precisam de doações dos itens listados abaixo. moradores de rua de juiz de fora
Então convido todos os leitores de Juiz de Fora e região para participarem doando, ou até como voluntários. E aproveito para convidar os blogueiros e formadores de opinião da região, para abraçar esse projeto e também ajudar a divulgar em seus canais. *__*

Que este projeto de amor ao próximo possa ser fortalecido e possa ajudar cada vez mais pessoas necessitadas.

Conto com todos vocês para esta corrente de Solidariedade.

28.08.15

#VamosdarasmãosaGisele – Solidariedade

“Vítima de violência doméstica, Gisele teve as mãos e pés decepados pelo companheiro ao tentar pôr fim ao relacionamento de sete anos. Em um acesso de fúria, ele usou um facão para cometer o crime. Os médicos conseguiram recuperar os pés de Gisele, mas agora ela precisa da nossa ajuda para obter próteses para as mãos e também pagar as altas contas médicas, que incluem terapia para voltar a andar.”Gisele
Muito triste esta história, mas infelizmente é só ligamos a televisão no horário de algum jornal que vamos acabar ouvindo sobre alguma história de violência doméstica. Essa é a nossa realidade, homens que se julgam DONOS das mulheres, eles espancam, humilham e matam suas companheiras.
Mostro a Gisele para vocês aqui no blog e peço que ajudem a divulgar, ajudem com 5 reais, ajudem como puderem. <3
Para contribuir e ajudar a levantar o dinheiro necessário para sua recuperação é só acessar aqui, a Vakinha tem os objetivos especificados e ela precisa muito da nossa ajuda. <3
Leia mais sobre a história de Gisele:
Folha de São Paulo 
14.07.15

Transforme Vestidinhos em um gesto de Carinho <3

Semana passada eu comecei a acompanhar uma página no facebook chamada Transforme Vestidinhos em um gesto de Carinho, fui acompanhando para entender melhor, para poder contar um pouquinho sobre para vocês.

A iniciativa foi inspirada em outra história de solidariedade, onde uma senhora de 100 anos, costura um vestidinho por dia para doar para as crianças da África.
A Iris responsável pela página Transforme Vestidinhos em um gesto de Carinho, se encantou quando conheceu a história desta senhorinha e adaptou para a sua realidade, ela mora em Sorocaba e escolheu inicialmente confeccionar vestidinhos para doar para o GPACI, mas já foi escolhida mais duas instituições que receberão em seguida lotes de 100 vestidinhos.

Transforme Vestidinhos em um gesto de Carinho

Transforme Vestidinhos em um gesto de Carinho

 

São modelinhos simples, feitos com materiais doados e amor ao próximo. <3

Eu fiquei encantada com a proposta, já mostrei para algumas marcas como sugestão de bom uso dos seus retalhos e desejo que muita gente participe, afinal quanto mais gente ajudar tanto em material, como na fabricação dos vestidinhos, maior será o número de crianças atendidas. *___*

Vamos participar?

Lembrando que mesmo sem saber costurar e mesmo sem gastar nem um dinheiro todos podem ajudar. Nosso like na página (aqui) já é de grande valia, mas os nossos compartilhamentos ajudam a proposta a chegar mais pessoas que podem ajudar de forma mais efetiva.

Conto com vocês para espalharmos essa boa idéia pelo facebook e ajudarmos o projeto crescer muito, para termos a certeza que muitas crianças terão a oportunidade de ter um vestitidinho novo feito com amor.  <3