05.01.17

Gordas que arrasam com Cabelos Coloridos

Oi gente! Eu estou um bom tempo sem escrever aqui, com isso acumulei algumas dívidas, uma delas era falar de meninas com cabelos coloridos! No ano passado eu decidi pintar meu cabelo de rosa, era um sonho de infância, por isso decidi não continuar adiando. Eu gostei da experiência e um dia posso escrever para vocês mais sobre ela (Mais dividas!), mas hoje vou falar de três meninas lindas e de suas experiências do lado colorido da força! Convidei três meninas lindas, com cabelos maravilhosos que me encantaram:

• Jessy Lehmert, 23 anos de Jaraguá do Sul-SC https://www.facebook.com/rarabiscadawww.instagram.com/rarabiscada www.youtube.com/tattooandplay

• Jaqueline, 23 anos de Rio Claro-SP https://www.facebook.com/jaqueh.mrs?fref=ts


• Néli, 25 anos do Rio de Janeiro – RJ https://www.facebook.com/lolaxvicious

Todas três usam cabelo colorido já tem muito tempo, uma coisa que se destacou para mim foi a Jessy, que passou por transição capilar, ela sentiu necessidade de mostrar que seu cabelo poderia ser cacheado e colorido, e ficou um absurdo de tão lindo.  Como todas as coloridas, elas escutam algumas coisas chatas, a mais padrão de todas é: o seu cabelo vai cair! Vai ficar careca! Tá estragando o cabelo! Eu particularmente detesto essas gracinhas e também escuto muito. Mas é claro que também tem a galera que apoia, elogia ou que ao menos não se mete. O que já é bom. A Jaqueline morou um tempo nos EUA e lá ela recebia muitos elogios, conseguia se sentir uma estrela com seu cabelo colorido. Aqui no Brasil ela ainda recebe alguns elogios, muitas pessoas perguntam sobre o cabelo e ela vê que as crianças ficam encantadas, mas infelizmente ainda esbarra com alguns conservadores que fazem cara feia, ou como a Néli disse: olham como se fosse um alien. Mas olhar torto é o de menos, triste é quando acham que podem te ofender. A Jessy que mora em uma cidade pequena acaba sendo vítima de ofensas, em uma delas falaram: “já chama a atenção por ser enorme de gorda e ainda quer chamar mais ainda a atenção com esse cabelo de bombril colorido”. Mas ela não levou esse desaforo para casa, rolou um barraco básico. Infelizmente o cabelo colorido ainda afeta muito na hora de encontrar emprego, a Néli é professora de arte, e ainda assim ela se viu obrigada a mudar a cor do cabelo algumas vezes por conta do seu trabalho. É o preconceito nosso de cada dia, como a Jessy falou: “Imagina você: eu gorda, toda tatuada, com esse black power super colorido, piercing na cara indo procurar emprego?” Mas em compensação na vida pessoal as meninas acreditam que o cabelo colorido só afeta positivamente. Elas disseram que se sentem mais bonitas, mais confiantes, com a personalidade mais marcante, mais felizes mesmo e também gostam de despertar a atenção e de com isso conquistar algumas pessoas que se identificam com o estilo delas. Vocês acham que elas são felizes com seus cabelos coloridos? Sim ou com toda certeza? A Jaqueline só mudaria a cor por algo muito extremo, a Néli só por conta de um emprego e a Jessy disse que só se enjoar (já vi que vai demorar).

Esse ano tivemos a primeira modelo plus size desfilando no São Paulo Fashion Week, e para nossa alegria é uma modelo colorida e lindíssima. Eu me senti extremamente representada! Então perguntei as meninas como elas se sentiram vendo a Bia Gremion arrasando na passarela do SPFW:


“Sinto que aos pouquinhos a gente vai ganhando espaço. Agora é só esperar o mundo me notar pra eu sair sambando assim na vida também! HAHAHAH” Jessy

“Olha, ver a Bia ontem desfilando me emocionou, mas nem foi tanto pelo fato do cabelo colorido em si. Eu já estou muito acostumada com cabelos coloridos e não vejo mais tanto como algo revolucionário, pra mim é bem normal. Mas, ela em si ali, foi impactante. Fez não só meu dia, mas como todo esse ano um pouco mais bonito e importante. Tem GORDA na passarela!! Mas claro, aquele cabelo dela é maravilhoso, então só contou mais pontos pra embelezar tudo!” Jaqueline

“A Bia é um amor! Sempre admirei ela desde que a conheci. Acho incrível pelo fato dela ser gorda, colorida então é outro sucesso. Acho super normal, pra mim o cabelo colorido é quase natural.” Néli
Falar com essas meninas foi muito inspirador, eu amo ver essa geração de mulheres empoderadas, que se assumem e assumem o que gostam, ser gorda é resistência e ser colorida também, todo dia que você saí na rua a sociedade te aponta e quando isso não te faz correr em uma farmácia para comprar um remédio milagroso para emagrecer e uma tinta castanha para o cabelo, você está resistindo. E ver que apesar disso essas meninas estão felizes e se amando, ver tantos relatos positivos, isso me motiva. E para motivar mais ainda vocês eu pedi que cada uma enviasse um recadinho:

“Nunca desista de ser quem tu é, nunca desista dos teus gostos ou sonhos porquê dessa vida não se leva nada… APROVEITE cada dia como se fosse o último da sua vida porque afinal… Quem garante que não vai ser hoje? VIVA, não exista. E se precisar de amor pode vir que a tia Jessy tem de sobraaaa!” Jessy
“Eu nunca tive problemas na questão > gordos com cabelo colorido < porque eu já comecei desde muito nova a colorir ele, mas eu sei que existem pessoas gordas e também pessoas negras que sempre me falam “mas isso não combina comigo”. Combina sim ❤ qualquer corte, tipo ou cor de cabelo combinam com você se você se sentir bem e feliz com isso! Pode ter negra gorda de cabelo rosa, azul, amarelo, branco, etc! E não faltam exemplos aí pela internet de como fica maravilhoso. O cabelo é nossa tela em branco que se a gente erra, em pouco tempo a gente tem outra ali pra pintar do jeito que a gente quiser de novo! Nosso corpo é nossa propriedade. Divirta-se com ele!” Jaqueline
“Seja quem você quer ser, e tenha orgulho de ser essa pessoa. Porque não importa o que os outros digam, você se amando e sendo feliz é o mais importante e o que vai mais te trazer felicidade.” Néli

Tem vontade de ser colorida? Se joga!

2 Comentários // Deixe o seu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *