fbpx
06.09.16

Carta aberta à C&A

Olá C&A (responsáveis pela marca)!
Hoje venho, em nome de uma causa, bater um papo com vocês. Vi o lançamento da campanha em que vocês usaram uma modelo curvy model (definição dela mesma) com os dizeres GORDA e SEXY.

Carta aberta à C&A

Como militante da aceitação corporal eu me sinto incrédula com as fotos e os dizeres, vocês sabem o que é ser GORDA? Creio que não e vou ajudar vocês nessa: Ser gorda é ser preterida em empregos e também em relacionamentos, é ter sua saúde questionada por todas as pessoas, é pensar antes de sair de casa se o lugar aonde vai irá te “caber” (literalmente viu? Cadeiras, catracas e muitas outras coisas não nos cabem). Ser gorda é estar à margem da moda e nem mesmo marcas que dizem investir no plus size caber, por sinal C &A vocês sabiam que existem uma parcela imensa de gordas que não cabem no tamanho 54? Ser gorda é resistir e viver em um mundo em que a sociedade, o tempo todo, tenta nos moldar, quando digo nos moldar é nos mais diversos modos.
Por que vocês usaram uma modelo não magra para a chamar de gorda?

Vocês já ouviram falar em transtornos alimentares?

Sabem quantas mulheres se odeiam por ter um corpo que consideram gordo e muitas vezes nem são de verdade?

Sabe o que faz as mulheres pensarem assim C&A?

São campanhas como essa que vocês fizeram.

A modelo é linda e não tenho dúvidas nenhuma de que ela é sexy, mas por favor C&A entenda que essa ação desrespeita as gordas de verdade e ainda coloca em risco a vida de milhares de mulheres que, infelizmente, ainda acreditam em coisas como vocês dizem.
Nós GORDAS não precisamos do reconhecimento de vocês, caso insistam em nos negar como sempre, mas lamento que vocês precisem usar “erradamente” uma causa para se promover.

Nós estamos nos empoderando e empoderando outras mulheres gordas, nenhuma gorda que já conhece o seu valor consegue ver nada de positivo nesta campanha, nem precisamos pensar em boicote já que a marca já boicota as gordas, não tendo nada que nos sirva nas araras.

C&A em 2016 não dá mais para vacilar, melhore!

 Mulheres Gordas

8 Comentários // Deixe o seu!

  • Clarissa says:

    Concordo! Uma empresa que não vende roupas para gorda fazendo de conta que tem. C&A Errou feio.

  • Simone says:

    E sem contar q essa modelo não da p considerar gorda!

  • Tathiane says:

    Como já disse alguns comentários parece que as lojas fazem roupas para nós gordinhas como se fossem para minha avó acho que se é moda ela precisa ter todos os tamanhos não é porque somos plus size que temos que vestir qualquer coisa.Me surpreendi com a coleção da Renner são roupas ótimas e que se encaixam na atual moda.A cea já foi uma boa loja agora só veste mulher de até manequim 42 o resto são peças horríveis.

  • Michelle Trân-Tho says:

    Infeliz esta campanha, para dizer pouco. Costumo achar peças na C&A ate o 48, servem, mas a qualidade deixa muito, MUITO a desejar, e agora somado a esse marketing pobre, sem representativa real, q denigre a imagem das gordas (pq se a modelo curvy é gorda, em q “classificação” a maioria, inclusive eu, entra?), que beira o desrespeito com tudo q vemos e lemos sobre a autoimagem feminina, independente do peso. Pra mim a C&A ja era. Lojas como Marisa, Posthaus, Bonprix entre outras conseguem atender as PS sem campanhas desse tipo e com roupas de qualidade!

  • Alice Moreira says:

    A Marisa faz muito mais bonito que a C&a , visto tam 54 e na marisa tem roupa pra mim!!! C&a tem que se atualizar!

  • Eufrásia Freitas says:

    Adorei a matéria gosto muito da c&a , mas entro nas lojas só para admirar já que as roupas como ” eu mesma classifico” são roupas de bonecas e não de gente

  • Vanessa says:

    C&A, meu bem… Ouça as GORDAS…
    Vc não é obrigada a fazer roupa pra gente mas é obrigada sim a não falar bosta…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *