fbpx

Tag: loja virtual plus size

10.08.18

Palank lança Preview Primavera Verão

Acredito que a grande maioria de vocês já ouviram falar da Palank, a marca é  uma das mais antigas do mercado plus size, foi uma das primeiras marcas a ter peças legais para mulheres gordas muito antes de existir a denominação plus size. Lembro-me inclusive de quando enfim consegui conhecer uma loja em uma das minhas idas em SP, uma amiga querida sempre elogiava as peças de lá e era meio que um sonho meu poder ir na loja.

A Palank possui várias lojas em São Paulo e também uma loja virtual para poder atender todas nós, isso é algo que me deixa muito feliz que marcas consolidadas de varejo de moda plus size estejam também disponíveis para compras na internet.

Recebi alguns looks da marca e fiquei encantada com a qualidade e caimento das peças, uma coisa que me chamou atenção foi a qualidade dos tecidos e a modelagem que é ótima e ampla.

Olhem com atenção para esse jeans maravilhoso! Eu fiquei encantada com essa calça e com o quanto que  ela vestiu bem, a blusinha é bem delicada e em uma cor atual, eu curto muito babados no busto (sou despeitada) e já quero ela em outras cores.

Eu gosto muito de listras e amei essa mistura de cores, mas o que eu jamais imaginei é que ele vestiria perfeitamente no meu corpo, adorei a modelagem da peça e o fato dele não ficar curto em mim (isso acontece com muito vestidos).

 

O que é essa estampa? Estampa linda e vibrante que é totalmente a cara do verão (e que é bem raro de vermos em marcas plus size). Fiquei apaixonada nesta blusa, a  calça é em um tecido super gostoso e confortável.

 

Esses foram os meus looks favoritos entre os lançamentos, mas tem muitos outros maravilhosos e convido vocês a acessarem agora mesmo o site: https://www.palank.com.br.

 

Vocês já conheciam a Palank? Já compraram da marca? Contem-me a experiência de vocês. *_*

 


 

 

*Post Patrocinado

 

13.05.18

Jeans para “todas” as gordas – Look Vk Moda Plus Size

Eu sempre fui muito adepta de calças jeans, diferente da grande maioria das mulheres gordas, eu sempre me senti bem e confortável com elas. Com o tempo fui percebendo que para muita mulheres o jeans não era um bom amigo por simplesmente não saberem onde encontrar algo que servisse legal.

Com a evolução da moda plus size várias marcas já fazem até o tamanho 60, mas ao contrário do que muita gente pensa o 60 ainda é bem limitante e tem muita gente maravilhosa que veste além e também procura boas opções.

Eu estou muito empolgada em poder mostrar para vocês o Jeans da Vk Moda Plus Size que veste até o tamanho 70 e atende quase todas as gordas (infelizmente sabemos que ainda não veste todas, mas tem um alcance bem maior).

E não é apenas um jeans que serve em gorda, é um jeans que veste super bem e ainda é moderninho, confiram as fotos. *_*

 

Jeans para todas as gordasJeans para todas as gordas

Blusa: Vk Moda Plus Size
Calça:  Vk Jeans

Tênis: Constance
Pulseira e Brincos: Maria Bonita Acessórios
Óculos: La Calle
Bolsa: Peguei emprestada da sogra

Imagens: Mateus Castro 

 

Eu fiquei feliz demais ao ver o lançamento da Vk Jeans, que é exclusividade da Vk Moda Plus Size e veio para atender pessoas que foram por muitos anos esquecidas quando se tratava de peças em Jeans.

Para completar o meu look eu apostei em um tricô também da Vk Moda Plus Size e no tênis branco que é meu novo xodó, o resultado é um look totalmente EU, nada melhor do que nos vestirmos de forma que a gente se identifica 100%.

 

E vocês curtem looks assim? Costumam se jogar no jeans? Contem-me tudo aqui nos comentários.

 

 


*Look Patrocinado

03.04.18

Pijamas e Homewear para Gordas e Gordos

Quem veste manequins “padrão” e compra pijamas em qualquer loja nunca vai imaginar o que é ser gordo e não encontrar peças básicas para ficar em casa e para dormir (ou para as duas coisas na mesma peça como eu sempre faço haha), quanto maior o manequim é maior essa dificuldade de encontrar essas peças. Infelizmente é algo simples para muita gente, mas que no mercado plus size ainda é bem difícil de achar.

Pensando nisso eu trouxe para o post algumas marcas que tem numerações amplas, e que servem muito bem como de “roupa para ficar em casa e de dormir” para gordas e gordos.

 

Basic 4 Curves 

A marca produz peças com 98% algodão (o que é maravilhoso) e é pensada no corpo gordo nos mínimos detalhes.  As camisetes e calcinhas boxers formam conjuntinhos ótimos para ficar em casa,  para quem não se importa de usar menos roupas pode ainda optar pelas hotpants e tops.

Todas as peças são vendidas separadamente e podemos montar de acordo com nossas preferências, as peças são ideais para quem ama o básico e o conforto.

Para mais detalhes: https://www.basic4curves.com.br/

Berenix

Não tenho nem palavras para expressar a fofura que são as peças dessa marca haha, é tudo bem divertido e dá vontade de se vestir assim todo dia.  A Berenix veio cobrir algo que eu considero que faltava muito no mercado plus size que são pijamas diferentes do esperado e trouxe também os macacões longos e curtos para todas nós.

Para mais detalhes: https://www.instagram.com/lojaberenix

 As vendas são feitas por direct do Instagram ou no Facebook. 

 

Plus size, o seu tamanho

A loja Plus size, o seu tamanho de POA é a representante varejista dos pijamas e homewear da marca TG Pijamas Plus Size, todas as peças são possíveis de serem encontradas lá. Tenho uma camisola e o material é de super qualidade e os preços são bem acessíveis.

Para mais detalhes:  https://www.instagram.com/plussizeoseutamanho/

Vendas através do WhatsApp: (51) 98433-3753

 

Sizély Luxury Underwear

A Sizély é um marca de lingeries maravilhosas que trabalha com atacado e varejo, para a nossa alegria na loja virtual tem um setor especial de Outlet. Neste setor está recheado de peças para dormir, ficar em casa e até para dar uma ousada básica com o namorado/namorada. *_*

Para mais detalhes: https://www.lojasizely.com.br/camisolasplussize

 

Mais Pano

A Mais Pano deu uma reformulada na marca no ano passado e neste verão trouxe até sungas para os meninos, e não esqueceu dos pijamas. Ela foi a  única marca que encontrei com pijamas masculinos maiores que o XGG – Tam 56 (que muitas marcas padrão fabricam). Ainda bem que a marca pensou nisso, tem modelos bem bonitinhos e vestem até o tamanho 70.

 

Para mais detalhes: https://www.maispano.com.br/pijamasplussize

 

Cuecas Santo Homem 

Outro item que não é tão simples de encontrar são as cuecas, a Santo Homem trabalha com tamanhos até o 84 e tem entre seus modelos a boxer e a samba canção, uma dica para os boys que curtem ficar de cueca em casa.

Para mais detalhes:  https://www.santohomemplussize.com.br/

Vendas através do WhatsApp: (19) 99278-1336

 

Eu super curto fazer esse tipo de post, por ser sempre uma oportunidade de mostrar marcas legais do mercado plus size que são pouco faladas. Eu não conheço todos os produtos, mas acredito que são boas dicas para quem está em busca de pijamas e homewear.

Conhecem outras marcas com essa proposta? Indiquem aqui nos comentários. *_*

 

05.01.18

“Meus” desejos para a Moda e o Mercado Plus Size em 2018

Para começar o ano e renovar as esperanças de uma moda realmente inclusiva eu resolvi fazer umas listinhas de mudanças que espero ver na moda e no mercado plus size em 2018.
Embora o título do post eu cite que são meus desejos, eu já ressalto que não é só sobre os meus desejos que falo, são também os desejos de um montão de gente que me procuram nas redes sociais e no e-mail com seus questionamentos e necessidades.

Roupas que realmente vistam corpos gordos

Já faz um tempo que eu venho falando sobre a necessidade das marcas vestirem além do manequim 54, inclusive já fiz uma listinha tempos atrás aqui no blog (clica aqui) com marcas que atendem acima do manequim 54. Mas hoje eu percebo que mesmo que uma marca atenda até o tamanho 60 ela ainda não é totalmente inclusiva e precisa ampliar sua grade para poder vestir cada vez mais pessoas gordas.
Eu entendo que para uma marca fazer X manequins é um preço e fazer 3 tamanhos a mais do atual que trabalham pode ser inviável para a realidade atual da empresa, mas eu peço (em nome de um monte de gordos maiores) que vocês empresários do setor pensem com carinho e que neste ano de 2018 ampliem ao menos um tamanho em suas grades, é algo possível e que além de render mais vendas vai dar mais opção de escolha para quem veste tamanhos maiores.

Discurso neutro sobre todos os corpos

Eu ando EXAUSTA de ver marcas (pessoas que as representam) que vendem para mulheres gordas agindo de forma depreciativa em relação a comidas e corpos.
Neste ano eu não quero ver marca dizendo que atende corpos com a verdadeira beleza (que vestem do manequim x ao y e excluindo vários outros corpos), também adoraria não ter que assistir marcas fazendo piadinhas com termos como gordice e relacionando comidas a corpos gordos, e muito menos gostaria ver declarações sobre estar feia ou inapropriada para aparecer no stories da empresa.
Ninguém e nenhuma marca é obrigada a levantar a bandeira da positividade corporal, mas também não deveria gravar stories de autodepreciação, essas “brincadeirinhas” muitas vezes detonam com a autoestima de quem assiste.

Representatividade nas fotos

Este ponto já foi pedido e implorado demais, mas infelizmente as marcas seguem negando associar sua imagem com pessoas gordas. Graças a toda essa falação que acontece faz uns anos, algumas marcas já acordaram para esse ponto e eu tenho como foco atual enaltecer essas cada vez mais essas que estão nos brindando com representatividade. Não queremos só pessoas com tamanho acima de X em todas as campanhas, mas queremos que as marcas diversifiquem e não fique apenas em um padrão de modelo que não representa a grande maioria de suas clientes.

Produção sem exploração

Sei de uma marca plus size que importa da China já faz uns anos, recentemente soube de uma que tem “bolivianos” trabalhando na sua produção… Em nenhum dos casos eu afirmaria que se trata de casos de exploração, mas também não acredito serem empresas totalmente engajadas nos direitos trabalhistas. Estes são dois casos isolados, mas eu acredito que exista muita gente recebendo bem pouco (abaixo do justo), para costurar as roupas que depois serão vendidas por preços bem altos, sabemos que o mercado plus size em geral trabalha com preços altos. Então eu desejo mais consciência das empresas e que valorizem mais todos os seus colaboradores.

Preços mais populares

Eu entendo perfeitamente que cada marca tenha seu nicho, e algumas marcas são mesmo mais caras e vão continuar sendo, mas adoraria ver mais marcas trabalhando com preços populares no mercado plus size. Isso é muito importante para que ocorra a inclusão das pessoas gordas de todas as classes sociais na moda.

Originalidade, criatividade e verdade

Para quem produz é importante ser original e colocar nas suas peças algo que seja a cara da sua marca, o ctrl+c e ctrl+v de outra marca acaba por tornar a sua marca algo menos atrativo para o consumidor. Se inspirar e criar uma nova versão é sempre muito mais legal.
Além da falta de originalidade, é muito comum no mercado plus size marcas dizendo que produzem suas coleções sendo que na verdade é revenda e tem várias marcas com os mesmos produtos. Não tem problema nenhum em revender peças e não entendo essa necessidade de se intitular fabricante sem ser que acontece no plus size.
O mercado plus size ainda é muito pequeno e é fácil para qualquer pessoa perceber essas “falhas”, e isso compromete as empresas e o todo mercado, que se torna algo muito menos profissional.

Moda para os Gordos

A moda masculina plus size é algo muito precário ainda, um número bem baixo de marcas e uma grade que não atende aos gordos maiores. Precisamos de mais marcas investindo no plus size masculino e também que ela pensem em vestir bem além do GG, os homens gordos também merecem melhores opções na hora de comprar.


Pós venda de compras virtuais

Quem se dispõe a vender tem que se preocupar com o pós venda, eu vejo TANTA reclamação que seria resolvida com um simples envio de rastreio por e-mail que chega a ser deprimente. Não ignorem nunca seus clientes, um cliente insatisfeito é a pior propaganda, mas um cliente gordo insatisfeito é uma pessoa que possivelmente vai parar de comprar online e é online que nós gordos temos as melhores opções.

Ousadia e rebeldia

Talvez ao começar ler o post vocês possam ter pensado que nele eu pediria algumas peças x ou y e não foi bem assim, o que eu mais quero é ver o mercado crescendo e atendendo cada vez mais pessoas gordas. Mas eu quero também que os estilistas parem de temer tanto e abusem mais na hora de criar para gordos, nas atuais coleções de verão eu fiquei super assustada com a quantidade de peças de manga longa em várias marcas.
Estou daqui torcendo para que as pessoas que tem o poder de decisão de escolha das peças da coleção (nem sempre é o estilista), possam ousar mais e até mesmo serem rebeldes e entender que nós pessoas gordas já não nos prendemos mais em regras do que pode ou não, na verdade sonhamos mesmo em ter as mesmas peças da moda “padrão” disponíveis na moda plus size.

Fiz esse textão com pontos que eu julgo importante serem melhorados nas marcas plus size, mas isso é a minha visão e não significa ser nenhuma verdade absoluta.
E vocês possuem algum ponto que gostariam de citar ou acrescentar? Sintam-se livres para comentar e juntos ajudarmos as marcas a perceberem o que desejamos.

19.09.17

Shorts anti-atrito e muito mais no Clube da Meia Calça

O Clube da Meia Calça já é uma marca super queridinha das gordas durante o inverno, as meninas (Carol e Simone) tem as melhores e mais diversificadas meias calça para as gordas já vistas no Brasil. Mas como nem só de meias calça a gente vive (nem se o nosso clima permitisse) o Clube da Meia Calça trabalha também algumas peças essenciais para todas as estações. E hoje quero falar de uma peça especial para mim, vocês já conhecem os shorts anti-atrito?

Quem conhece possivelmente já ama, quem não conhece vai amar conhecer.

Eu comprei o meu primeiro short anti-atrito do Clube da Meia Calça no ano passado e posso dizer que para mim se tornou uma peça ESSENCIAL. Como eu tenho as coxas super grossas e usar vestidos e saias era algo desanimador, pois eu teria que lidar depois com as assaduras e eu sempre evitava. Já tinha tentado vários métodos (cremes e etc) e alguns até funcionavam, mas eu queria algo mais prático e que não me apertasse (shorts com compressão eu encontrava para comprar).

Os shortinhos existiam apenas na cor preta, mas agora as meninas ousaram e lançaram várias cores lindas e também no branco e off-white. Antes peças assim eram feitas para ser escondidas, mas hoje em dia com a moda da transparência  a mulherada já pode usá-las como complemento de looks (se aparecer não tem mais dramas e já vi até alguns looks focados em mostrar) e por isso é tão legal ter uma variedade de cores.

Além dos shortinhos coloridos o Clube da Meia Calça, lançou também na última edição do Pop Plus t-shirts em tule, cada uma mais linda que a outra e foi difícil escolher uma para chamar de minha.

Olhem algumas delas nessas fotos bafônicas com muita transparência.

Onde encontrar as peças?

Espaço Clamarroca Plus em São Paulo – Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 193 – Pinheiros (perto da Estação Fradique Coutinho do Metrô – Linha Amarela).

E também em feiras e bazares de todo os país.

Datas já confirmadas: 23/09 no Bazar Tijucano no Rio de Janeiro e 07/10 no Plus Festival em Curitiba.

Não moram nessas cidades? Então é só mandar um inbox (facebook) ou direct (instagram). Estes são os canais de vendas, as meninas vão atender vocês e as peças serão enviada pelos Correios.

 

Já usaram o shorts anti-atrito? Contem-me o que acharam. *_*

 

 


*Post Patrocinado