21.06.13

Gordofobia um preconceito que ainda é aceito!

O nosso país passa por uma revolução incrível em que o povo se uniu em busca de melhores condições de vida para todos, estamos cheios de orgulho e buscando mais do que nunca a igualdade. Em meio a manifestações lindíssimas e algumas tragédias causadas pelos vândalos, o site R7 teve tempo para fazer uma matéria preconceituosa toda trabalhada na gordofobia em relação às mulheres gordas. Recebi o link desta barbárie no meu inbox e vi assim que acordei, vale dizer que ainda estou até agora chocada com esta matéria.

Reproduzo abaixo três fotos com suas legendas preconceituosas e toscas, mas tem muito mais clicando aqui, mas nem sei se compensa ver.

Gordofobia gordofobia 3 gordofobia 2

Após muitos anos participando ativamente de grupos FAT que hoje são conhecidos como Plus Size, eu já presenciei muito preconceito da mídia em geral, mas essa matéria de hoje me chocou em especial por se tratar de um site oriundo da Record.

Como pode uma TV que tem na sua base uma ideologia evangélica, que sempre prega que todos nós somos iguais, fazer isso com mulheres gordas/obesas que representam grande parte da população?

Até quando a gordofobia vai ser aceita como algo natural em nossa sociedade?

Infelizmente será aceita até quando nós gordos deixarmos, só nós que sofremos com a gordofobia podemos mudar essa realidade, isso só vai mudar quando nos unirmos e fizermos  com que a mídia tenha medo de expor os gordos ao ridículo, assim como tem medo  de expor negros e gays, por saberem que vão ser considerado preconceituosos e podem vir a sofrer com processos.

O movimento Plus Size do Brasil precisa acordar que não podemos viver só de moda, não adianta ser modelo, se vestir bem e encontrar roupas que cabem com facilidade, se a gente não conseguir ter um direito básico e necessário a todos os seres humanos que é o RESPEITO.

Eu sou Gorda, não gordinha e maior que muitas das meninas retratadas nesta matéria nojenta, e mereço ser RESPEITADA.

Você também acha que merece ser Respeitada?

Espero que sua resposta seja sim, torço para que um dia bem próximo,  todo esse preconceito seja parte do passado e que sites como R7 não achem graça em debochar de mulheres por características físicas e nem homens por se envolverem com elas.

#GordofobiaNão

 

UPDATE: A matéria ficou no ar menos de 24hs, foi retirada após muitas pessoas reclamarem, mas infelizmente o R7  só retirou e nem ao menos se retratou. 

43 Comentários // Deixe o seu!

  • que mau gosto hein???? tadi ha das meninas que não foram respeitadas, eu espero sinceramente que essas meninas entrem com uma ação diante dessas fotos e comentários escrabosos…….
    beijos , obrigada por divulgar

    • Kalli Fonseca says:

      Seria lindo eles terem que pagar um processo, mas uma menina que é ridicularizada assim dificilmente tem confiança para processar :/

    • marcela says:

      Desculpa mas quem vai pra balada e se presta a um papel ridículo desses, gorda ou nao, não pode reclamar depois.

      • Kalli Fonseca says:

        Oie Marcela,

        Olha eu sou GORDA eu vou para Balada sim, mas o papel ridículo é beijar na boca?
        Ops não sabia, mesmo sabendo não concordo e seguirei beijando quando for da minha vontade e reclamarei sempre que ver mulheres sendo zuadas.

        Bjm

      • jessica says:

        qual foi o papel ridículo??? Beijar na boca??? Porque, vc não beija não??? nunca viu alguém beijando???? Beijar é anormal????

  • tiraram do ar eu acho hein

  • Flávia says:

    Tiraram a matéria do ar.
    É um absurdo tamanho… E o mais engraçado é que só a mulher gorda é ridicularizada pelo seu peso… O homem gordo, de certo modo, ainda é aceito socialmente… É uma merda mesmo!

    E outra, a Record tem uma premissa evangélica, realmente, Kalli, mas eles só respeitam quem paga por este respeito. As demais pessoas, são normais e eles podem fazer o que quiser com isso…

    • ARLETT FATECHI says:

      FALOU E DISSE FLÁVIA. HOMEM GORDO NÃO TEM PROBLEMA, MAS A MULHER PODE SER MAL TRATADA E A VIRAR ATÉ FRUTA….

      • Kalli Fonseca says:

        Além da Gordofobia precisamos lidar com o machismo que cobra uma “perfeição” feminina aliada a magreza.

  • O preconceito (seja com gordo, gay, negro…) é uma coisa enraizada na mentalidade social e não vai mudar de um dia para o outro, infelizmente. O que podemos fazer é, como tu disse, colocar medo nesses idiotas, medo de serem processados e perderem o que eles mais gostam: dinheiro. Mas precisamos também educar os futuros cidadãos para que estes sejam mais abertos e menos preonceituosos, racistas, xenófobos e gordofóbicos.

    • Kalli Fonseca says:

      Preconceito de qualquer espécie é algo muito mesquinho né? O que nos resta é mesmo tenbtar fazer a nossa parte para que no futuro isso seja só parte de um passado.

      bjm

  • Absurdo! Assim como uma cena que passou na novela da Globo.
    Esse tipo de coisa sim me dá “nojinho”.

    Postei o seguinte no meu facebook no dia da exibição da tal cena:

    Não vejo essa novela das 21, mas hoje sentei para assistir…tinha que ser logo hoje, vi uma cena ridícula!
    Mais uma novela mostrando uma personagem gorda caricata.
    Gorda nunca é bem resolvida? Feliz de boa, legal, bacana, interessante? Em que mundo isso? E conheço um monte.

    Algumas coisas sobre as plus size que precisam ser esclarecidas:

    Vou falar na primeira pessoa, não preciso nem explicar né?

    * eu não preciso ser engraçada, eu sou bonita

    * não preciso ser mais inteligente que o normal, eu sou bonita

    * ficar,sair, namorar comigo não é caridade, como essa novela tosca disse que é.
    Muito pelo contrário, eu escolho, não sou escolhida. Fico com quem eu quero e quando quero.

    * não aceito qualquer coisa

    * não preciso de piedade

    * eu sou sensual e também sou meiga, sou forte e também delicada…sou qualquer coisa que eu quiser ser.

    * adoro me olhar no espelho e ver minhas curvas, meu pernão e tudo o mais

    * sou gorda e me acho mesmo!

    * não sou gordinha, cheiinha ou fofinha… sou gorda mesmo! gorda, gorda, gorda, gorda, gorda…incomoda? a mim não.

    * sou mulher o suficiente para vir aqui e dizer tudo isso. aqui e em qualquer lugar e para qualquer um.

    ta bom ou quer mais?

    Me irritam essas personagens gordas como seres estranhos, sempre engraçadinhos, ou comendo exageradamente.

    Gordas fazem muito além de comer… gordas são modelos, são cantoras, são dançarinas, são atrizes etc
    elas se divertem, gordas trabalham e estudam, gordas namoram, gordas fazem sexo, e não por caridade, e também fazem amor… gordas compram roupas e podem se vestir bem, gordas também fazem atividade física…e muito mais!

    Chega dessa porra!

    Eu emagreci cerca de 60 quilos, e emagrecerei mais se for preciso, se for por saúde.
    Emagreço se for o que eu achar melhor para mim. Nunca será por vontade alheia, por imposição da mídia. Foda-se a mídia!

    #gorda com orgulho
    #plus size convicta
    #gostosa abeça

  • Por que esses rapazes não podem se interessar por gordas?
    Isso me irrita tanto.

    • Kalli Fonseca says:

      Querida vi sua postagem na fanpage e até compartilhei, concordo com vc que precisamos buscar mais nossos direitos e não aceitar tanto preconceito.

      Muitos rapazers se interessam sim por GORDAS, mas os gordófobibos sentem inveja da felicidade alheia.

  • Nojentas são as pessoas que comentaram as fotos. No Brasil não pode nada, o Pastor Medieval Feliciano que o diga: homem não pode gostar de homem, mulher não pode gostar de mulher, homem não pede gostar de mulher gorda, mulher não pode gostar de homem gordo… haja preconceito! Vamos abrir os olhos e o coração também. Viva as gordinhas. Vocês estão com tudo!

  • ja sofri muito preconceito por ser gordinha … mas não desisto de impor que quero respeito e que quero ver todas as gordinhas serem respeitadas

  • Fabiana says:

    Após acabarem as manifestações por conta da baderna política, vamos iniciar um protesto contra este tipo de preconceito?
    Que tal a “Parada Plus Size”? Rs… Pareceria cômico se não fosse trágico!
    Vamos convocar as gordas, fofas, gordinhas, cheinhas, grandes e admiradores para ir mostrar que somos muito mais do que 3 dígitos na balança!

    😉

    • Kalli Fonseca says:

      Fabiana,

      Adorei a sua conclusão mostras que somos mais que 3 dígitos isso é muito eu *___*

      Mas olha se as gordas se unissem este preconceito de merda acabava viu? Vamos torcer para isso 🙂

  • Parabéns pelo post! Que vergonha que foi esta matéria do R7! Quanto tempo ficou no ar? Bom, tempo suficiente pro portal mostrar o quanto é preconceituoso.
    Ano que vem, se tudo der certo, eu quero publicar um livro sobre aceitação do corpo. Com a gordofobia que impera no mundo, pelo jeito é um assunto pra lá de necessário.
    Abração, Kalli!

    • Kalli Fonseca says:

      Lola,

      Fico até sem saber o que comentar no seu comentário, coisa de fã que se perde quando receber atenção hahaha *_*

      Já estou ansiosa para ler seu livro sobre o tema sei, já sei que será fantástico 😀

      Sobre o R7 eles são tão preconceituosos que somente tiraram, não acharam os gordos dignos de uma retratação.

      Bjmmmmm

  • Patrícia says:

    Alguém sabe o nome do mal-amado que fez a matéria? Queria muitíssimo saber por qual nome responde essa cavalgadura!

    • Kalli Fonseca says:

      Patrícia,

      Não tinha nome na matéria 🙁 eu tbm queria muito o nome e o link dele em redes sociais 😐

  • Barão do Pandeiro says:

    Extremamente grosseiro.

  • monicca says:

    Quando exigirmos roupas com beleza e qualidade deixaremos de permitir que nos ridicularizem. Eu sou gordinha, sim gordinha, porque eu não sou gorda obesa, tenho 10 kg a mais do que deveria pesar e não vou sofrer nem me martirizar por isto!

  • Eu não sei nem o que dizer sabia?????
    Será que a pessoa que fez a matéria para o R7 não tem nenhuma pessoa gorda na família????
    Impossível…
    Eu já estou de saco cheio de ver pessoas gordas se ferrando , seja um personagem ou não,e ninguém faz nada. Meteram o pau no Walcyr Carrasco por ele estar desvalorizando a gordinha , e será que alguém teve a coragem de mandar um e-mail para a Globo e falar que estão nos ridicularizando????
    Então fica meio esquisito, falar , falar e não se fazer nada…absolutamente nada….

    • Kalli Fonseca says:

      Erica,

      Então sobre o caso do Walcy ele respondeu vc viu? Unidos conseguimos sim alguma mudança mesmo que devagar 🙂

      Bjmmm

  • Cláudia says:

    Espero que isso seja um equivoco, pois só tenho a acrescentar que gordura, pode não ser opção de cada um, e sim uma doença (obesidade),mas quem é gordo se quiser pode emagrecer, tanto por meios naturais como dietas, exercícios físicos quando por intervenção cirúrgica, porém caráter muitos precisariam nascer novamente e mesmo assim não teríamos certeza que voltariam com ele.

    • Kalli Fonseca says:

      Cláudia,

      Concordo com vc, antes tivéssemos uma população obesa e com caráter na certa estaríamos bem mais felizes.

      Bjs

  • Nossa, que coisa mais deprimente!~Que sociedade é essa? Todo mundo ataca a homofobia mas a gordofobia é socialmente aceitável???

  • Flavio Psicologo says:

    Acho que vocês todas deveriam parar de achar bonito e saudável serem gordas, parar de pagar mico, e irem logo prum spa!

  • Vanessa Siani says:

    Concordo que essa matéria é extremamente preconceituosa, mas infelizmente a sociedade ainda acha engraçado. A personagem da Fabiana Karla na novela é deprimente mas todos acham muito engraçado. Como num país que a maioria da população está acima do peso, tantos homens quanto mulheres, obesos ou não, aceitam de boa que não haja pessoas gordas na televisão? Isso antigamente acontecia também com negros, e hoje já está mudando. Mas se pararmos para pensar também não vemos pessoas deficientes físicas, cegas, etc pois estão “fora do padrão”. Onde quero chegar é que existe a gordofobia sim, mas também existe uma monte de outros preconceitos aceitos pela maioria da população, normalmente. Sou gorda e sou do Rio de Janeiro, o pior lugar do Brasil pra se ser gordo, ditadura da moda e da beleza são cruéis por lá, assim como as pessoas, então acredito que seja por essas e outras que não veremos tão cedo pessoas ditas como “fora dos padrões” na tv e veremos muitas matérias deprimentes como essa, porque a sociedade ta se lixando pra se vc é gordo, deficiente, gay, negro e tal…. ela quer é ver na tv gente magra e “dentro de um padrão”, mesmo que grande parte da população não se encaixe nele!!!!

  • Jaqueline says:

    Sabem porque isso acontece? Por que teoricamente os gordos têm mais força física e issotambém é válido para as mulheres. Sabem porque as magras são “bem aceitas”? Porque seguem a figura da mulher frágil, a bonequinha, a lolita dependente emocionalmente dos homens.

    Acordem, a gordofobia vai além de intolerância estética!!!

    Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *