Categoria: Campanhas

06.04.10

A Isa, e muitas outras pessoas, precisam de Nós : Vamos Ajudar ?

 

Conhecendo sobre a Isa

Desde bebê ela sofre fazendo transfusões de sangue mensais porque a medula dela até aonde sabíamos era preguiçosa e não estava trabalhando direito, porém no último exame de mielograma que a Isa fez, que por sinal é um exame bem cruel para um bebê de 2 anos, foi constatado que ela tem a SÍNDROME DE BLACKFAN DIAMOND.
Essa síndrome é caracterizada por uma anemia que é descoberta nos primeiros 2 anos de vida, uma doença rara e grave, mas no caso da Isa ela não tem 100% do diagnóstico e Graças a Deus por isso, mas a medula dela não funciona e nem funcionará, por isso será preciso um transplante de medula óssea.

O que é medula óssea?
A medula óssea, encontrada no interior dos ossos, produz os componentes do sangue, incluindo as células brancas, agentes mais importantes do sistema de defesa do nosso organismo.

Quais as chances de se encontrar um doador compatível?
Estima-se que seja por volta de 35% entre doadores parentes e de 0,1% entre pessoas não aparentadas. A compatibilidade é medida pela semelhança de antígenos entre doador e receptor.

Como a medula é removida?
Os doadores passam por uma pequena cirurgia de aproximadamente 90 minutos. São feitas de 4 a 8 punções na região pélvica posterior para aspirar a medula. A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação por um mínimo de 24 horas. Nos primeiros três dias após a doação pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples. Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana.

Qual a quantidade de medula óssea extraída?
Menos de 10%. Dentro de poucas semanas a medula doada será recomposta pelo doador.

Quais são os riscos para os doadores?
Os riscos são praticamente inexistentes. Até hoje não há relato de nenhum acidente grave devido a este procedimento. Os doadores costumam relatar um pouco de dor no local da punção.

Como os pacientes recebem a medula óssea?
Depois de um tratamento que destrói a própria medula, o paciente recebe a nova medula por meio de transfusão. Em duas semanas, a medula transplantada já estará produzindo células novas.

Onde fazer o cadastro para se tornar Doador?
Para saber onde se cadastrar como doador de medula óssea em outras localidades ligue para o Disque Saúde – Telefone: 0800- 611997
REDOME

Como se tornar um doador?
Você deve ter entre 18 e 55 anos de idade, no local e é retirado 5 ml do seu sangue, através disso seu cadastro está efetuado, após 1 mês sua tipagem sanguínea fica no Banco de Dados à disposição. Se você for chamado, fará outros exames para atestar que está bem de saúde e correndo tudo bem, você poderá doar.

IMPORTANTE: MANTENHA SEUS DADOS DE CADASTRO ATUALIZADOS, PARA FACILITAR O CONTATO.

Creio que depois de todas essas informações você pode perceber como é importante esse gesto de amor.

Peço a sua colaboração, além de poder salvar a vida da Isa que está só no começo, você também pode salvar muitas outras vidas.

Se você quiser conversar com a Mãe da Isa (A Grazy) e conhecê-las, aqui está o perfil do Orkut dela:
http://www.orkut.com.br/Main#Profile?…

PARA QUEM DOA É APENAS UMA DOR SUPORTÁVEL, PORÉM PARA QUEM RECEBE É A DIFERENÇA ENTRE A VIDA E A MORTE !

Eu já sou cadastrada faz uns 4 anos, e ainda não apareceu a minha chance de ajudar a salvar uma Vida.
Mas hoje convido a vocês que estão sempre aqui no meu blog acompanhando que se cadastrem, não importa onde vocês morem o cadastro é Nacional e pode salvar a Isa ou até mesmo um vizinho seu.
Aproveitando convido meus amigos blogueiros a divulgar a Doação de Medula, muita gente não conhece o processo e quanto mais gente souber, mas aumentaremos a chance de quem precisa.
http://isadoemedula.blogspot.com/ Link do Blog da Isa, lá vocês encontram todos os contatos.
01.12.09

Dia Mundial de Luta contra a Aids

Hoje é o dia Mundial contra a AIDS, sei que falar é fácil mais na pratica muitas vezes esquecemos de nos prevenir.

O post de hoje é para lembrar a quem passa por aqui a importância de se cuidar na prevenção da AIDS/HIV, não permita que momentos de prazer comprometa sua saúde.

Mas é também para dizer aos portadores de AIDS/HIV que vocês não são piores que ninguém e merecem muito ter uma vida livre do preconceito, a vocês eu digo se CUIDEM, se IMPONHAM e se AMEM.

O vídeo mostra imagens referentes aos 25 anos da epidemia de HIV/AIDS no Brasil.