fbpx

Categoria: Sem categoria

06.09.18

Indústria deve prestar mais atenção à moda Plus Size

Uma boa precisão é tudo, é o que dizem os estilistas, mas, ao avaliar seu mercado, os negócios de moda americanos parecem ter perdido a forma. Um estudo frequentemente citado, realizado há alguns anos pela Plunkett Research, uma empresa de pesquisa de mercado, descobriu que 67% das mulheres americanas eram “plus-size”, ou seja, tamanho 46 ou maior. Esse número tem aumentado, mas em 2018, apenas 21% das roupas vendidas eram de tamanho grande, de acordo com o NPD Group, outra empresa de pesquisa.

Designers e varejistas pensam há muito tempo no segmento de moda plus size, como de alto risco. Prever o que esses clientes comprarão pode ser difícil, pois este público tende a ser mais cauteloso com relação ao estilo. Fazer roupas maiores é mais caro; os custos mais altos do tecido nem sempre podem ser repassados ​​aos consumidores. Por sua vez, as mulheres Plus Size compravam menos porque a indústria não as estava servindo com ofertas e opções que lhe atendessem em suas necessidades. 

“Temos dinheiro, mas não temos onde gastá-lo”, diz Kristine Thompson, que administra um blog chamado Trendy Curvy e tem quase 240.000 seguidores no Instagram. A falta de oferta freia um crescimento ainda mais acelerado do mercado, que pena em procurar por modelos que sigam as tendências da moda, também para o público Plus Size. 

Comprar vestido plus Size, ou até uma calça jeans, pode ser um problema, quando não se encontra uma grande variedade de modelos disponível. Rechear o guarda roupa com as todos os estilos e tendências da estação pode ser mais complicado do que você imagina.

Finalmente, isso está mudando. As marcas de fast fashion, incluindo a Forever 21 e uma linha de moda feminina em parceria com a Target, uma gigante varejista norte americana, expandiram suas coleções plus-size. Lane Bryant, uma varejista de moda Plus Size, e Prabal Garung, designer, fizeram o mesmo. Em março, a Nike também ampliou sua linha de roupas esportivas “de tamanho X”.

A receita na categoria de Plus Size aumentou 19% entre 2013 e 2018, em comparação com um crescimento de 8% para todo o vestuário. Os gastos foram de US $ 32,9 bilhões no ano passado. A mídia social tem desempenhado um papel importante na mudança de atitudes no mundo da moda, diz Madeline Jones, editora e co-fundadora da revista PLUS MODEL.

No entanto, as marcas de grife ainda estão longe do ideal. Algumas marcas, como Michael Kors, vendem faixas de tamanho grande, mas não as anunciam ou as exibem em sua loja virtual. 

Para os produtores de moda que estão dispostos a se arriscar, várias startups da Internet que oferecem soluções em moda para o público em geral, incluindo mulheres Plus Size, oferecem uma grande quantidade de dados sobre interesse de moda para designers do mundo todo. Algumas delas, inclusive, compartilham informações com designers sobre modelos e ajustes preferidos por esse público. 

Tracy Reese, uma designer conhecida por criar o vestido de Michelle Obama para a Convenção Nacional Democrata em 2012, é uma das profissionais que recrutou recentemente a ajuda de uma destas empresas, para criar uma nova coleção de roupas em tamanhos grandes. Parece que falta mesmo um maior interesse da indústria em atender à demanda reprimida desse mercado.

Nem todos os compradores de moda Plus Size estão convencidos destes avanços. Kátia Ramalho, uma empresária de São Paulo, diz que muitas lojas de departamento ainda mantêm suas seções de roupas Plus Size mal organizadas, mal estocadas e pouco iluminadas. No entanto, essas reclamações aos poucos vão dando resultado, diz Kátia. “Não estamos nem perto de onde deveríamos estar, mas fizemos progressos”, diz ela.

*Post em parceria com a assessoria.

31.10.16

Encontro de Blogueiros de Juiz de Fora – Eu Fui!

Na semana passada aconteceu o Encontro de Blogueiros de Juiz de Fora, foi tudo preparado com muito carinho pela Helena (Garotas Rosa Choque) e Ca Villas (Blog da Cá),  mesmo eu estando com a maior preguiça de ir (por ser dia de semana), eu fui e posso dizer que foi o melhor de todos que já estive em Juiz de Fora.

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora-2O encontro aconteceu no Experimental Container Bar que é um novo bar de Juiz de Fora, com um ambiente super agradável e os melhores drinks, tudo isso na principal avenida da cidade.

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora-3

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora-5

Para conseguir chegar ao evento eu encarei duas horas de bus e mais uma correria básica para que eu conseguisse chegar só com uma hora de atraso, mas cheguei e deu até para fotografar o meu look do dia. Essa blusa eu ganhei da Clamarroca Plus e resolvi deixá-la mais curtinha e a Lara ainda a bordou para mim,  a calça é da Ashua e prometo falar sobre a marca em breve.

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora-7

Teve também fotinha com a Helena que além de ser minha miga e uma blogueira super competente, é também uma ótima organizadora de eventos junto com a Cá, e eu quero muito que elas se animem a organizar outro ainda esse ano.

encontro-de-blogueiros-de-juiz-de-fora-6

Olha quanta gente linda? Tô paixonada nessa foto. <3

 

Além de termos uma noite super agradável, tivemos ainda uma sacolinha repleta de brindes de marcas de Juiz de Fora que acreditam no trabalho dos blogueiros, como eu sou uma blogueira que é péssima fotógrafa hahaha, para ilustrar vou usar essa foto de outra participante do encontro, pois eu confesso que a minha já chegou em casa faltando alguns itens que eu degustei em JF mesmo haha.

 

 

O evento foi maravilhoso e eu já estou ansiosa pelo próximo!

Mas eu quero muito também marcar um happy hour com as gatas de JF que acompanham o blog, quem se anima?

 

* Todas as fotos são de autoria do @qualthales

27.09.16

Pesquisa de Público – Quero conhecer melhor vocês <3

De tempos em tempos eu gosto de fazer uma pesquisa para saber quem está por aqui. <3

Daqui uns dias o blog irá completar sete anos, e eu quero com a ajuda de vocês, deixar ele ainda melhor. Para isso, preparei uma pesquisa de público, assim será possível eu conhecer um pouco mais de vocês e o que vocês mais gostam aqui no Beleza sem Tamanho.<3
Fiz algo bem básico, para ninguém ficar com preguiça de responder. Combinado?
É só vocês clicarem nessa imagem e serão direcionados para o link da pesquisa, ou clicar aqui.

Pesquisa de Público

 

Desde já eu agradeço a todos vocês que vão responder. *___*

16.08.16

Bullying e omissão levam garoto ao suicídio

Em algum momento todos nós passamos por ações bullying, mesmo que ele não tivesse ainda nome, mas são as crianças e adolescentes são os que mais sofrem.
Toda “diferença” é motivo para que as algumas pessoas pratiquem bullying, quem foi uma criança/adolescente gorda na certa se lembra de tudo que ouviu nos tempos de escola.
Em algumas pessoas o Bullying causa danos graves a autoestima e atrapalha inclusive a socialização, mas para outros a dor é ainda maior e eles não suportam o sofrimento. Esse foi o caso do jovem Daniel Fitzpatrick, que resolveu tirar a vida após não suportar o bullying diário que precisava encarar na escola.

Bullying e omissão levam garoto ao suicídio (1)

De acordo com o New York Daily News, o menino de Staten Island, nos Estados Unidos, cometeu suicídio na semana passada após pedir ajuda a escola para tentar parar com o bullying que vinha sofrendo. A instituição se recusou a intervir, mesmo com pedidos de professores. Assim, Daniel se enforcou com um cinto, no sótão de sua casa. Pouco tempo antes disso acontecer, o aluno escreveu uma carta em que explicava como se sentia, como o bullying e a falta de ajuda o afetavam. Ele tinha a intenção de entregar a carta a escola.

Bullying e omissão levam garoto ao suicídio (1)

Na carta, Daniel escreveu: “estou escrevendo para contar minha experiência na Holy Angels Catholic Academy. A primeira vez, foi tudo bem. Muitos amigos, boas notas, vida ótima. Só que eu mudei e voltei para escola e isso foi diferente. Meus antigos amigos mudaram. Eles não falavam comigo, nem gostavam de mim. A 6ª série veio. Anthony, meu amigo, não se deu muito bem e eu também. Mas Anthony resolveu descontar isso em mim”.

“Ele praticava bullying contra mim ao lado de John, Marco, Jose e Jack. Faziam isso constantemente, até que eu entrei em uma briga com Anthony. Todos pararam, exceto John, ele estava com raiva. Eu acabei tendo que tirar raios-x do meu dedo por causa de John. Acabei brigando com ele e tive meu dedo mindinho fraturado”.

“Ele acabou tendo problemas. Para mim, nenhum problema. Mas eles continuaram. Eu desisti dos professores também. Eles não faziam NADA. Não brigavam com eles e ainda quando eles arranjavam problemas, eu que levava a culpa e tinha problemas. Anthony estava bravo comigo porque acreditava que eu fiz ele falhar. Mrs. McGoldrick não fazia nada”.

“Contei para todos os professores, que não fizeram nada. Exceto Ms. D’Alora. Ela era a professora mais legal de todas. Ela entendia e fez alguma coisa, mas isso não durou muito. Eu queria sair, eu implorei, pedi eventualmente. Eu falhei, mas eu não me importava. Eu estava fora e era tudo o que eu queria”.

As informações foram retiradas daqui.

 

É muito triste que isso aconteça, mas é ainda mais absurdo que uma instituição escolar seja omissa a situações como essa. Espero que o Daniel esteja em um lugar melhor que este em que vivemos.

Vocês já vivenciaram o bullying? Costumam observar se as crianças/adolescentes do seu convívio sofrem com ele? Lembrem-se sempre de dizer as crianças o quanto elas são maravilhosas do jeitinho que são, isso irá ajudá-las a suportar melhor situações de bullying.

 

25.05.16

Lançamento – Calças Levi’s Plus Size

Aconteceu um lançamento babado em São Paulo no último dia 14, a marca mais famosa do mundo de Jeans trouxe para o Brasil algumas peças plus size. Agora mulheres gordas brasileiras também vão poder usar as calças Levi’s plus size e os gordos também.  <3

A blogueira Ju Romano foi responsável por convidar a mulherada para o lançamento, reuniu no dia do  evento um time de mulheres lindas, que usam tamanhos plus size e atuam no mercado de alguma forma. Infelizmente eu moro longe de SP e não pude estar presente.

Mesmo sem ainda ter tido a oportunidade de vestir uma calça Levi’s, quero compartilhar com vocês um pouquinho do que vi e o que eu achei sobre o lançamento.

Levi's

Todas as meninas que vestiram mencionaram que as peças estão com a numeração grande, o que é ótimo por um lado e péssimo por outro. De acordo com a assessoria da marca as peças femininas vestem até o tamanho 52, só que algumas meninas que estavam no evento vestem normalmente 54/56 e serviram lindamente nas calças. <3

É muito bom ter uma numeração que atenda até o 56, mas para quem compra a distância como eu isso dá uma complicadinha, já as peças masculinas vieram do 52 ao 70. Torço para que a feminina também amplie sua grade, existem muitas gordas que vestem mais do que o tamanho 52 ou 56 que seja, e precisam também de boas opções para se vestirem.

Selecionei algumas fotos das meninas que estavam presente no lançamento e já estão usando as calças que ganharam, nelas é possível ver que realmente veste bem em corpos diferentes.

Só pra mostrar minha calça @levisbrasil da coleção plus size. ??#ladiesinlevis #liveinlevis #liveinlevisbr

Uma foto publicada por Curvilíneos (@curvilineos) em

Todo mundo sabe o quanto eu amo jeans e devem imaginar o quanto eu estou louca para experimentar a peça. Espero matar essa curiosidade loguinho, assim que eu puder vou investir em uma e conto para vocês sobre a minha experiência pessoal.

As peças estão à venda no site da Best Size (aqui) e em algumas lojas multimarcas em vários Estados do Brasil, saiba quais são clicando aqui.

Vocês já estavam sabendo? Já experimentaram?

Contem-me o que acharam aqui nos comentários. *_*