05.09.16

Vantagens de Namorar uma pessoa Gorda!

É muito comum nos depararmos com listinhas que enumeram vantagens de namorar uma pessoa gorda, essas listas, normalmente, vem com a palavra“gordinhas”, mas existe também algumas versões para os meninos gordos.
Outro dia, houve uma discussão sobre o tema no Facebook do Blog, onde muitas pessoas defendiam as listas com vantagens e não aceitaram quando apontamos que isso é Gordofobia.
Baseado nisso, eu convido vocês para refletirem sobre os sentimentos pelos quais são feitos os relacionamentos/namoros. Pensando rapidinho, com base nos meus relacionamentos, eu lembrei destes:
– Admiração;
– Amizade;
– Carinho;
– Cumplicidade;
– Desejo.

Todos esses fatores listados podem ser vivenciados e sentidos por pessoas de todos os corpos, ser gorda ou magra não muda em nada o que se pode sentir e viver em um relacionamento.

Vantagens de Namorar uma pessoa Gorda

Após nos lembrarmos que pessoas de todos os corpos são capazes de ter sentimentos de afeto, cai a ficha (anos 90 essa expressão) de que a verdade é que não existe vantagem nenhuma em namorar pessoas gordas, que pode ser bom ou ruim como com qualquer outra pessoa.
Concluo ainda que quem precisa de vantagens para isso, talvez seja melhor não namorar, já que em geral, as pessoas se apegam a estas listas de vantagens para justificar para a sociedade o fato de namorar alguém fora do padrão.
Pensem bem, não precisamos de vantagens ou justificativas para alguém estar conosco.
E vocês, o que pensam sobre o assunto? Contem-me tudo aqui nos comentários.

3 Comentários // Deixe o seu!

  • Aparecido dos Santos says:

    Olá boa tarde!! Olha pra mim não existe diferença pra todas as pessoas iguais…..o que manda nas pessoas são o caráter…quando existe amor não vê diferença.

  • nemsempre says:

    SÓ CONHEÇO VANTAGENS DE NÃO NAMORAR. Relacionamentos hoje não são fundamentados em nada do que li aqui e sim em:
    1 – interesses
    2 – status
    3 – exibição de troféu
    4 – carência
    5 – poder.
    Há muito somente vejo vantagem em ser solteira. E olhe que de “fora do padrão” não tenho nada.

  • Kalli, já passei muito por isso na minha vida. Amei muito uma pessoa por cinco anos, que tinha vergonha de sair comigo, a princípio, por que eu sou gótica. Mudei meu estilo, virei uma vaca de presépio e adivinha só… Ele me respondeu que para sair comigo, não bastava eu mudar meu estilo, eu tinha era que emagrecer. Graças a Deus, hoje enxergo que pessoas que não o aceitam como você é e colocam os tabus sociais e seus próprios caprichos acima do seu bem-estar, não merecem estar do seu lado… Aliás, não merecem nem um “bom-dia” da sua parte quando cruzar com você na rua, que dirá, que você perca um segundo da sua vida (que, diga-se de passagem, já é curta) pensando neles.
    Ora bolas, se você está com um cara que se apaixona por você pelo um corpo, mesmo magérrima, é só você passar dos 40, para ele você estará “passada”, “usada” e ele te trocará por uma mulher mais jovem. Afinal, além do peso, as mulheres enfrentam outro trauma que a sociedade adora lhes incutir: o de que é proibido envelhecer. Verdade seja dita, já vimos homens grisalhos estampando catálogos de lojas masculinas. E mulher com sinais de maturidade? Onde você viu alguma, que não em propagandas de clínicas de estética, cirurgia plástica ou creme anti-rugas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *