Tag: rede globo

12.02.17

Carta Aberta aos Diretores e Artistas de “Malhação- PRO DIA NASCER FELIZ”

No dia 08/02/2017, foi ao ar uma cena de Malhação que me deixou perplexa e preocupadíssima. È lamentável que, uma novela direcionada ao público adolescente, fase essa de descobertas e aceitação do Eu, venha tratar com tanto descaso e falta de respeito um assunto tão sério.
A cena em questão era uma DR entre o casal Joana e Giovanne, protagonizado pelos atores Aline Dias e Ricardo Vianna. O conflito se dava por Giovanne estar com ciúmes da namorada pelo fato dela ter feito um ensaio para uma campanha onde estaria de biquíni. No desenrolar da cena, Joana convida o namorado para comer um churros e o mesmo, por ser atleta, alega que seu técnico não se agradaria com a ideia dele comer doce e fritura e a mesma promete que será um segredo dos dois.
Até ai tudo bem. A bizarrice da cena se dá nesse momento: Giovanne diz que só vai comer se a namorada prometer que ficará bem gorda, para que nenhum homem mexesse com ela, ao que a mesma responde da forma mais insensível possível:
“- Ah não, pra você largar de mim?“


O namorado até tenta consertar dizendo que a amaria do mesmo jeito, mas nesse momento a bala já atingiu seu alvo, a adolescente gorda que está assistindo em casa. A arte é uma das formas mais genuínas de se levar as pessoas à reflexão. A arte salva, cura depressão e é inadmissível que ela seja usada para oprimir, para desclassificar uma pessoa. Eu passei o resto da tarde e noite martelando isso na minha cabeça, fiquei pensando como esse diálogo chegou até aquela adolescente que luta diariamente, luta para que seja vista como uma pessoa normal, que luta para se sentir bem quista entre seus amigos, para que não vire chacota na escola e em casa por ter um corpo gordo. Fiquei pensando em como esse diálogo deve ter doido, como deve ter sido humilhante ouvir de seus ídolos que, um corpo gordo é recusado pela sociedade, que homem não gosta de gorda.
Sabemos que a adolescência é uma das fases mais difíceis na vida de um ser humano, é a fase de aceitação e isso pode gerar traumas, algumas vezes irreversíveis. Eu, como gorda e atriz, me senti no dever de expor o meu descontentamento perante essa situação. Espero que essa bala não tenha atingido ninguém, mas caso tenha, saibam que esse diálogo apresentado ontem em MALHAÇÃO foi um equívoco, ter um corpo gordo não a faz inferior a nenhuma outra mulher.
Espero pelo dia em que ligaremos a TV e nos deparemos com uma protagonista gorda, mas uma gorda feliz, por que as que se têm nos apresentado é uma gorda que só é feliz quando emagrece e vira a top da história. Existe gorda feliz, não sei por que ocultam isso. Chega de colocar gorda na posição de chacota e inferioridade. Na própria MALHAÇÃO, a personagem de Aline Dias é a protagonista Negra, honesta e que conquista seus sonhos através de seu esforço, e tenho certeza que muitas adolescentes negras se espelham nela. Chegou a vez da gorda ser representada com respeito e sem ser desmerecida em cena. As nossas adolescentes gordas precisam se enxergar na posição de protagonista de suas vidas.
Espero de coração que os próximos temas sejam abordados com mais cautela, porque, se esse diálogo foi uma tentativa de fazer a mulher gorda se sentir bem, vocês falharam.
Cordialmente,

 

*Texto escrito por uma telespectadora, que ao assistir  a cena, se assustou com a Gordofobia explícita em um programa voltado para adolescentes.