Tag: plus size

24.11.11

Ashley Madison promove a Gordofobia!

A modelo GG Juicy Jackie dos EUA se surpreendeu em ver a sua foto em uma propaganda no “New York Metro”, infelizmente se tratou de uma surpresa totalmente negativa.
A propaganda em questão era do site Ashley Madison que foi criado em 2001, focado naqueles que já têm um relacionamento, e conta com 10 milhões de membros.

 

Ashley Madison

 

Como podem perceber usam uma mulher gorda e uma magra se vestindo de forma bem parecida, com a idéia de que não se deve ficar com a gorda.
Indicando aos homens que tem em sua casa uma mulher gorda, é um motivo para ser membro do site e buscas uma mulher magra para ser sua amante.
É triste ver essa associação em uma propaganda, pior ainda é saber que essa marmota foi feita sem a autorização do direito de imagem da modelo, tiveram a audácia de usar uma imagem ilegalmente de uma pessoa para denegrir seu próprio corpo e atacar diretamente todas as mulheres gordas [que não são poucas] que passam diariamente no “New York Metro”.
A modelo que é muito bem resolvida com seu corpo deu uma declaração onde mostrou toda a sua indignação.
“Fiquei arrasada que a minha imagem tenha sido usada para duas coisas contra as quais me posiciono veementemente: traição e vergonha do corpo.
Acho pavorosa a idéia de que haja um negócio baseado apenas na facilitação da infidelidade. Sugerir que o fato de a sua parceira não se enquadrar no conceito de corpo ideal é motivo para trair é repugnante”, lamentou a modelo.
Assim como a Juicy, acredito que a beleza não tem um só padrão ou tamanho, e que o que mantêm um casamento e um amor não se mede em medidas corporais. Acredito ainda que a traição seja falta de comprometimento consigo mesmo em assumir suas reais vontades.
Detestei a propaganda por si só, ela desmerece a minha imagem e a de grande parte da população mundial. 
Abominei que tenha sido usada a foto de uma mulher que trabalha com sua imagem, sem sua autorização e ainda para denegrir a mesma.
Espero confiante que os infratores paguem por isso, e espero ainda que os GORDOS e GORDAS que são cadastrados nesse site, tenham o discernimento em enxergar que além de ser um site que promove algo “errado” são também propagadores do preconceito contra os seus corpos e que não merecem o dinheiro e credibilidade de ninguém muito menos de quem convive com o preconceito em seu dia a dia por ser considerado assustador por conta de propagandas como essa.
 
Até quando vamos nos calar e aceitar essa Hipocrisia sobre os nossos corpos?
 
Quando se depararem com propagandas preconceituosas não se calem, vamos mostrar que não gostamos de ver um semelhante nosso ser usado para denegrir a nossa imagem corporal.