Tag: gordofobia

03.07.15

Representatividade Gorda em alta <3

Desde o dia que fiz um post (aqui) sobre representatividade gorda no meio plus size, muita coisa aconteceu e o assunto está mais em evidência que nunca. Além do post aqui do blog ter rodado muito, a Keka Demétrio levou o tema também para sua coluna no Tempo de Mulher (aqui) e de lá foi republicado pelo Msn.com e muitaaa gente passou a conhecer a maior incoerência do mundo plus size e sua negativa de representação de mulheres maiores.

Foi assim, que debate  sobre o tamanho das modelos ganhou novas forças, tenho visto donas de lojas declarando estar dispostas a ter modelos maiores em suas marcas e isso é lindo de ver. *_*
As mulheres gordas que consomem moda plus size merecem se sentir representadas, estou ansiosa para ver e listar marcas que vão apostar em modelos de manequins superiores ao tamanho 50.
Mas enquanto isso não acontece, hoje tem mais fotos dignas que a Kelly Hato do I Believe fez de mim, para quem ainda não se enxerga em nenhuma marca poder se enxergar ao menos aqui no blog. <3

Representatividade Gorda  (1)

Representatividade Gorda  (12)

11109508_10153425248018979_5312630817739342427_n

 

Os looks são da Lollaboo e foi uma experiência divertida usar peças que não são comuns no meu dia a dia, é um exercício bem legal se ver linda em looks que nunca imaginou usar. Eu aconselho a todas vocês, a também experimentarem looks e ir testando novas opções para o seu armário sem se prender ás opiniões de outras pessoas.
Eu amei as fotos e estava economizando para postar aos poucos haha, mas como agora eu mudei os cabelos essas fotos ficaram “velhas” e já estou me programando de encontrar a Kelly no próximo I Believe e fazer muitas outras com meu novo visual.  <3

Quero começar a mostrar lojas que usam mulheres gordas como modelos, então aceito indicações para que eu possa conhecer novas marcas.

Ah, não deixem de me contar o que acharam dos looks que usei. *-*

23.06.15

Não precisamos JUSTIFICAR nossos corpos!

Ontem já iniciei essa discussão no facebook, mas é aqui no blog que quero tentar motivar vocês a pararem hoje mesmo de se justificarem.
É muito comum vermos nas redes sociais e na vida real também, mulheres gordinhas justificando seus corpos, ressaltando que apesar de gordas elas possuem qualidades e coisas do tipo.

JUSTIFICAR nossos corpos

Acontece que esse comportamento não faz sentido, somos mulheres iguais às outras e não precisamos usar justificativas por existir.
Ser Linda, Gostosa e Feliz não tem nenhuma relação com peso.
As pessoas preconceituosas são cruéis e ao justificarmos, acabamos dando mais munição para que nos ataquem. Afinal se a gente precisa avisar que é gostosa, fica parecendo que nem nós acreditamos de verdade no que estamos dizendo.
O hit do momento é as #hastags, que fazem relação a ser gordo saudável e não sedentário, existem variações dessas tags e eu nem conseguiria listar todas, mas as gordinhas têm usado sem pena e ainda complementam usando #gordice para qualquer coisa comem.
Como vamos ter igualdade se afirmamos que somos gordas, mas somos saudáveis, nessa frase quem afirma isso “assume” que não é algo normal/comum que gordas sejam saudáveis.

JUSTIFICAR nossos corpos

Amem-se mais e justifiquem-se menos!
Sei que muitas vezes pareça válido justificar, até para cortar assunto. Só que ao fazer isso nós acabamos dando liberdade maior para as pessoas julgarem nossos corpos e também os corpos de outras pessoas gordas.

Mesmo que o mundo diga o contrário é preciso sempre acreditar que não tem nada de errado com seu corpo, sendo saudável ou não. Vamos ser felizes e mantermos nossa autoestima legal, e não nos dedicarmos a  viver dando satisfação para uma sociedade preconceituosa.

15.06.15

Não faz sentido alimentar a Gordofobia!

Na noite de ontem minha timeline estava repleta de ódio, muita gente tentando se defender de uma acusação, mas agredindo de forma desenfreada o opressor. Vou resumir o caso, pois a moça já teve ibope demais e me nego a dar print em qualquer coisa sobre isso. Uma menina desconhecida com um perfil já com algumas polemica, resolveu atacar os concursos de Miss Plus Size e destilar toda sua gordofobia com comentários cruéis sobre pessoas gordas e bem absurdos. Em contrapartida muitas pessoas do nicho plus size, resolveram bater de volta, bateram pesado e sem argumentos, foi um show de horrores.
Para não dizer que não falei nada sobre isso, falei sim com um grupo de amigas GORDAS e Ativistas o quanto aquilo tudo me parecia desnecessário.
Muitas pessoas pediram meu posicionamento, eu poderia ter feito o mesmo no face, mas sei que o alcance do blog é maior e é por isso que trago para cá esse assunto.

Meu posicionamento como mulher Gorda e acostumada com as tretas virtuais é:
Eu não alimento Haters desconhecidos! A imagem abaixo reflete exatamente a realidade.

alimentar a Gordofobia

Pois eles não valem a minha energia e não faz sentido algum eu “brigar” com alguém que está ali apenas carente de atenção, mostrar a minha verdade não faria a menina mudar de idéia, muito menos postar uma foto minha nos comentários dela.
Quando o ataque é diretamente feito ao meu blog, quando se trata de uma situação em que vejo alguém com conhecimento mínimo de gordofobia e ainda a pratica e principalmente quando vem da mídia. Aí sim eu vou lá e tenho explicar.

Seria humanamente impossível eu brigar com todo mundo que fala que gordo é doente, feio e bobo.

Ao invés de ir lá xingar ela, ou achar defeitos nela para atacar, eu preferi passar a noite de domingo ajudando uma mulher a se reconhecer linda, mesmo que o mundo a diga o contrário, é esse meu foco principal, e eu não perderei nunca a chance de ajudar alguém que venha me pedir ajuda.
O que a moça disse foi péssimo? Foi sim não tenho dúvidas.
Luto por um mundo onde ninguém ofenda aos Gordos sim, mas luto por um mundo onde gordos também não se sintam no direito de ofender os outros, apenas por serem oprimidos.
Propagar o ódio é mais fácil eu não tenho dúvidas, mesmo assim, eu prefiro propagar coisas boas e um pouco de amor e autoestima de verdade para vocês. <3
Não vamos alimentar pessoas assim… Deixe-os sem resposta e eles desistem.

11.06.15

A Gordofobia e os Médicos – Uma triste Realidade

Quem é gordo provavelmente já passou por alguma situação de preconceito em consultórios médicos, constantemente vejo relatos de pessoas que foram no médico por qualquer motivo banal e foram obrigadas a ouvir que precisavam emagrecer pela sua saúde. Infelizmente a Gordofobia e os Médicos possuem uma relação muito íntima.
No início da semana uma mulher Gorda que vou tratar como Mana, veio me relatar um episódio em que ela foi muito mal tratada no médico e vou reproduzir o que ela me contou.

Gordofobia e os Médicos
“Fui há umas duas semanas no ginecologista, e o Doutor me olhou torto, me tratou super mal, disse que não tinha estrutura para atender alguém do meu peso, pois. a cadeira ginecológica dele só suportava até 100 kg. De cara ele já acabou com a minha autoestima.
Eu falei com ele que estava em processo de bariátrica, que o peso foi em consequência da minha rotina de trabalho ( tenho uma rotina agitada com dois empregos, chegando em casa normalmente depois das 22h e por consequência como em horário errado e vou dormir tarde e etc.) .
Mas nada adiantou, ele parecia estar vendo um monstro, não importava ali o que falasse. Insisti e contei a ele que estava com um sangramento e que minha menstruação costumava ser irregular, justamente por conta do peso, passava muito tempo sem menstruar e quando vinha passava longos períodos menstruada, mas queria checar se estava tudo bem, era mesmo uma prevenção da minha parte um cuidado com meu corpo e minha saúde.
Porém, ele não se conteve em recusar me atender.
Ele enumero uma série de doenças que poderiam estar ocasionando o sangramento, como câncer de útero, mioma, endometriose etc..
Sai da consulta arrasada e preocupada, acabei indo em um pronto-socorro, onde consegui que fosse feto todos os exames e eu pude saber que estava tudo bem, que meu sangramento era apenas hormonal.
Como estou no processo para a bariátrica, tenho visitado muitos médicos e nunca fui tratada assim antes, mesmo com peso elevado eu sou ativa e não estou paralisada em uma cama, mesmo se eu estivesse ele poderia ter me tratado daquela forma.
Infelizmente este imbecil se sentiu no de dizer todas essas coisas para mim… Eu tenho certeza que não sou a única gorda a passar por isso, deve estar cheio de médico bruto tratando outras mulheres como nós, como se fossem um saco de lixo, com asco mesmo, pois foi isso que percebi nele.”

Mana é de Manaus tem 27 anos e uma carreira de sucesso, uma autoestima legal (acompanha o blog desde o início) e vive com um sorrisão nas fotos, mas isso não a impede de vivenciar a Gordofobia dos Médicos. Médicos que tinham como dever amparar pacientes! Optam por humilhar e generalizar como doente, todo e qualquer gordo que os procura. Infelizmente ele não é o único.

Por comportamentos assim como o deste Doutor, muitas pessoas gordas acabam por evitar médicos ao máximo, afinal ninguém curte ser humilhado, só que evitar não é a melhor solução.
Assim, como qualquer pessoa devemos fazer exames periódicos e manter a saúde em dia, sei que é difícil, mas o melhor nesses casos é tentar responder aos médicos e não voltar para casa “entalada” com o preconceito dele.
Não se culpem por serem gordos, os culpem por não saberem lidar com a diversidade e preferirem generalizar doenças, ao invés de investigar a causa real.
Sei que a Mana, não foi a única a passar por isso e os comentários estão abertos para vocês contarem seus “causos”. Quem sabe um dia a classe médica tenha vergonha de atitudes como essa, e comecem a nos respeitar como merecemos.

10.06.15

Um Gostoso Com Uma Gorda?! Sim! E daí?!

Vou logo avisando, se não gosta de ver corpo de gordinha nua, nem acabe de ler o post, pois este será ilustrado com casais de caras “dentro dos padrões da sociedade”com gordinhas.

Vou colocar aqui  relatos de situações que aconteceram com gordinhas e depois vocês me digam o que acharam.

Este casal da foto abaixo se casou ano passado após manterem um relacionamento à distância.

1) A Esposa Gordinha

 1.1)Um casal apaixonado e feliz, ele magrinho e ela gordinha,modelo plus size, linda e talentosa. Reencontraram os amigos do esposo dela da época de solteiro, ela estava ao lado dele quando isso aconteceu, mas mesmo assim, ela parecia invisível aos olhos dos amigos do marido dela… pois mesmo ela estando ali, as outras ficaram perguntando ué cadê sua esposa. Ela então lançou um olhar fulminante e sério e nada falou.
 1.2)Outra situação aconteceu também com o mesmo casal, as colegas dela viram no face que ela era casada  com um cara bonito e falaram para ela se cuidar pois poderia perdê-lo….Ao passo ela respondeu que ele é quem deveria se cuidar pois ela é um partidaço…

2) A Colega  de Trabalho Gordinha

 Depois de uma festa de trabalho o gostosão do escritório começa a demonstrar interesse pela gordinha da empresa. E aí então isso vira a fofoca mais quente. Rolam apostas, especulações se ele já ficou com ela, se está ficando e elas começam a cair em cima do cara, principalmente quando ele está interagindo com ela. Lançam olhares fulminantes para a gordinha linda na esperança de intimidá-la mas como nossa amiga é confiante e bem resolvida, acha graça de toda a situação e deixa a história correr. O cara diante da pressão, amarela e deixa de investir na gordinha. Ela logo em seguida engata um rolo com outro e o bonitão arrependido tenta enfim algo com ela, ele a agarra e tasca um super beijo, mas, aí já era tarde demais…ela já estava com outro!

3) A Gordinha No Bloco

A gordinha lá no bloco curtindo com a galera e do nada um cara super gostoso se aproxima e começa a conversar com ela…gente é impressionante, sabe. Acho que é emitido um sinal, porque quando as colegas avistam  a cena, chegam juntinho no ouvido da gordinha e soltam:  – Amiga, quem é o gostosão, me apresenta!…aí a gordinha como não estava de olho nele, apresentou os dois e seguiu com o bloco…mas e se ela estivesse interessada nele? O pior é que a mulherada nem cogita a possibilidade de um gostosão querer ficar com uma gordinha. É incrível, ainda que no Carnaval todo mundo fique meio tarado e louco, em festas acontece o mesmo!! É um gato colar numa gordinha que a mulherada se sente no OBRIGAÇÃO de ir lá “socorrer” o gato! E os machos de plantão ficam tentando tirar o cara de perto da gordinha também, como se o cara fosse morrer de peste negra instantaneamente só por estar com uma gordinha! Ah, por favor né!!!! Só para matar de inveja as mulheres que pensam assim, escolhi fotos de casais que acho super fofos para colocar aqui neste post! E esfregar na cara dos machões de plantão, que Homem de verdade, se gosta, gosta e pronto, nada mais, nem ninguém importa!!

Reprodução: Tumblr Dankiidoll

Cara, eu não aguento mais ver isso acontecer! As mulheres e homens fúteis são podres mesmo! Eu não sei o que passa na cabeça dessas mulheres, realmente não sei. Talvez  tenham um ataque de inveja e se achem melhores do que nós gordinhas, por causa do nosso  peso e então surtam psicoticamente e tentam começar uma disputa, sei lá….Fica mais feio ainda em ambiente de trabalho cara, muito feio você chegar e dar em cima de um cara que já está conversando com outra mulher num evento do trabalho. Independente de estar rolando algo ou não, é extremamente deselegante!

 Uma coisa é você não querer ser gorda, agora outra bem diferente é você não aceitar ou respeitar quem goste de gorda!! Sim, existem admiradores de gordinha que nos idolatram!! Você daria em cima de alguém se o cara estivesse com uma cadeirante, anã ou qualquer outra mulher diferente dos padrões ditados pela sociedade? Claro que não!! Mas parece que mulher gorda é a bola da vez, a válvula de escape para todas as suas frustrações de mulher mal amada e mal resolvida. Você vive falando que quer ser respeitada, mas não se valoriza e despreza outras mulheres que são diferentes de você! Quanta hipocrisia para um corpo e mente tão pequenos!!!
Reprodução: Tumblr
Quero fazer um apelo às nossas leitoras gordinhas, não permitam que mulher alguma as intimide não. Elas não são mais bonitas ou melhores que você por serem mais leves não! E se o cara desistir de você porque não aguentou a pressão, melhor ainda! Grandes mulheres não precisam de homens frouxos, covardes e fracos! Não! Nós merecemos homens de valor, não estou incluindo aqui os tarados que só nos querem entre 4 paredes não hein!!! Estou falando de Homens de verdade que nos assumem e amam mesmo cada dobrinha do nosso corpo robusto. Cavalheiros de sentimento nobre que nos respeitam, valorizam e não contam as calorias das nossas refeições! Não merecemos meninos ou moleques! Muito menos, implicância de  menininhas mimadas!! Se valorize, corrija sua postura, estufe o peito, jogue o cabelo e não se deixe abater.
Reprodução: Tumblr
Eu já chorei muito por causa de menininhas desse tipo e moleques, mas hoje não choro mais. Aprendi a lidar com isso e hoje me amo, admiro e tenho confiança em mim mesma. Meu peso tem 3 dígitos sim, mas eu sou muito mais do que registra a balança. Eu sou uma Mulher de verdade, de muita carne e osso, inteligente, bem resolvida, completamente apaixonada por mim mesma e não caio em joguinhos infantis de menininhas ou molequinhos. Não preciso disputar a atenção de um cara com ninguém, se ele me quiser, bem, se quiser outra…Vai com Deus! Só não fica me perturbando por favor!! Me deixa em paz!
g
É assim que tem que ser com quem te ama de verdade…dane-se o resto do mundo!
Não permitam que essas pessoas consigam abater vocês lindas. Não caiam nessa! Vocês são lindas redondinhas mesmo e quele cara que realmente valer à pena vai te respeitar, amar, ser honesto e leal, desejar você exatamente do jeitinho que você é. Não deixem que situações como as relatadas acima abatam sua autoestima. A beleza está nos olhos de quem vê, que tal começar a usar o colírio da descontaminação da ditadura da magreza, para enfim você enxergar como você é linda? Mude a maneira de olhar para si mesma e seu próprio corpo. Chega de ficar adiando a felicidade e perder oportunidades de ser feliz de verdade! Chega de sofrer à toa viu? Que o mundo exploda!!!!  Bora viver!!!!