Tag: feminismo

01.12.16

Toda Beleza Importa

Na minha vida e no blog eu sempre deixei claro que acredito nas mais variadas formas de beleza e que cada um deve reconhecer a sua, mas eu sei muito bem (infelizmente), que para a mídia em geral só existe um “padrão de beleza”. Foi por ter essa certeza de que toda beleza importa, quando vi a Thais (blog GrandEstima) postando um ensaio que questionava exatamente isso eu quis logo trazer para o blog.

Saibam mais sobre o ensaio: “Não existe beleza que não pode ser representada. Esse é um dos lemas do projeto DUO: A minha beleza importa! Com o objetivo de valorizar o afro empreendedor e diferentes belezas, a ideia principal foi pegar duas mulheres que não são modelos e não estão habituadas a viver nesse ambiente de câmera e poses, e transformá-las para que mostrassem ao mundo que é possível sim ficar bonita com as roupas que estão sempre expostas em manequins, e que não existe regras para se vestir confortável e arrasar!!!!!”

Confiram abaixo as fotos desse ensaio lindo e cheio de representatividade.

duo-a-minha-beleza-importa-6

duo-a-minha-beleza-importa-2 duo-a-minha-beleza-importa-3 duo-a-minha-beleza-importa-4 duo-a-minha-beleza-importa-5

 

duo-a-minha-beleza-importa-10

duo-a-minha-beleza-importa-7 duo-a-minha-beleza-importa-8 duo-a-minha-beleza-importa-9
duo-a-minha-beleza-importa-1

 

Créditos:

FOTOGRAFIA: MelIssa Santos

ACESSÓRIOS: AfrotiK Acessórios

ROUPAS: Magnólia’s

MODELOS: Danusa Pio e Thais Ulrichsen

A mulher negra e a mulher gorda são sempre preteridaa em publicidades, não aceitam que algo que saia do “padrão” esteja em um local que é destinado para pessoas bonitas. Graças a toda essa nossa luta e empoderamento feminino cada vez maior, hoje uma grande parcela das mulheres já sabem que toda beleza importa, inclusive a nossa própria beleza.

Eu amei as fotos e as meninas são maravilhosas, mas quero que vocês aproveitem esse post para nos contar: Sua Beleza Importa? *_*

05.09.16

Vantagens de Namorar uma pessoa Gorda!

É muito comum nos depararmos com listinhas que enumeram vantagens de namorar uma pessoa gorda, essas listas, normalmente, vem com a palavra“gordinhas”, mas existe também algumas versões para os meninos gordos.
Outro dia, houve uma discussão sobre o tema no Facebook do Blog, onde muitas pessoas defendiam as listas com vantagens e não aceitaram quando apontamos que isso é Gordofobia.
Baseado nisso, eu convido vocês para refletirem sobre os sentimentos pelos quais são feitos os relacionamentos/namoros. Pensando rapidinho, com base nos meus relacionamentos, eu lembrei destes:
– Admiração;
– Amizade;
– Carinho;
– Cumplicidade;
– Desejo.

Todos esses fatores listados podem ser vivenciados e sentidos por pessoas de todos os corpos, ser gorda ou magra não muda em nada o que se pode sentir e viver em um relacionamento.

Vantagens de Namorar uma pessoa Gorda

Após nos lembrarmos que pessoas de todos os corpos são capazes de ter sentimentos de afeto, cai a ficha (anos 90 essa expressão) de que a verdade é que não existe vantagem nenhuma em namorar pessoas gordas, que pode ser bom ou ruim como com qualquer outra pessoa.
Concluo ainda que quem precisa de vantagens para isso, talvez seja melhor não namorar, já que em geral, as pessoas se apegam a estas listas de vantagens para justificar para a sociedade o fato de namorar alguém fora do padrão.
Pensem bem, não precisamos de vantagens ou justificativas para alguém estar conosco.
E vocês, o que pensam sobre o assunto? Contem-me tudo aqui nos comentários.

26.08.16

A Pele em Flor – Empoderamento através da Fotografia

Conheci recentemente o projeto A Pele em Flor que é focado no Empoderamento através da Fotografia. Eu particularmente adoro projetos fotográficos que exaltem a beleza feminina sejam elas como forem, mas sei que quando as fotos incluem nudez de um corpo gordo as fotografias ainda causam muito desconforto em algumas pessoas.
A nudez feminina ainda é muito discriminada e vista como algo vulgar, mas ela é também libertadora para quem se identifica e consegue se enxergar, e é por isso que eu sempre vou dar espaço aqui no blog para projetos lindos como este.

{a pele em flor}

“Toda mulher tem uma história assim com uma forma, uma cor, toda mulher tem direito de mostrar-se como quiser.       Celebremos a real beleza… A mulher em poesia.”

Empoderamento através da FotografiaEmpoderamento em Fotos a pele em flor (7)

“Não nada melhor do que entender seu corpo e ama-lo. Ele pode não ser minuciosamente o que você sempre desejou, mas é o que vai te acompanhar pela vida toda. Nos altos e baixos.
Já dizia o poeta “A vida só se dá pra quem se deu. Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu.” Permita-se.”

Thaís Mayume C. Higa

Empoderamento através da FotografiaEmpoderamento através da Fotografiaa pele em flor (8)

 

“Esse ensaio me fez enxergar além do que os olhos veem, descobri um sentimento de poder, e sim, eu posso tudo o que eu quiser.
Sou livre dos padrões que impõem como únicos, sou livre de conceitos pré estabelecidos, sou livre de amarras…
É acima de tudo ser livre, me sentir livre, dona de mim.
Sou toda minha…
Me aceito e me amo mais a cada dia.”

(Carol, 34 anos, mãe de 3 filhos, estudante de pedagogia, amante das pessoas e da vida…..e o mais importante de tudo, livre)

Não são lindas as fotos? Fiquei encantada, mas acessando o tumblr (aqui), vocês vão encontrar outros ensaios também maravilhosos e mais fotos destas lindonas que postei aqui.

Vocês gostam de ensaios desse estilo? Fariam foto assim?

Contem-me o que acharam destas fotos aqui nos comentários.

05.08.16

Sua Família não é dona do seu Corpo!

Infelizmente a grande maioria das pessoas gordas enfrentaram e enfrentam episódios de gordofobia dentro de casa, isso acontece em graus diferentes e muitas vezes com o respaldo de só estarem pensando na saúde, mas a realidade é mesmo a gordofobia e a pressão estética. A sociedade em que vivemos acredita que só magros são bonitos e até quem nos ama tende a querer nos encaixar nos padrões de beleza, é comum ter sempre alguém da família que acredita que pode palpitar e se meter como se fosse dona do seu corpo.

dona do seu corpo

Ninguém é dono do corpo de outra pessoa, não importa o grau de parentesco, ninguém tem direito de controlar o corpo alheio. Quem faz isso só mostra o quanto é preconceituoso e sem noção.

Hoje me deparei com uma notícia que um avó comentou na foto da sua neta no Facebook:
“Você ficaria linda se emagrecesse”
Um print do caso viralizou, e avó ainda ficou brava, dá para acreditar? Segundo a matéria que li aqui e transcrevo uma parte: “Ela ficou bem brava. Eu não acho que minha avó é ruim ou malvada, mesmo. Ela sempre foi assim, fala umas coisas sem pensar, tem o gênio difícil. Mas eu e minha família não gostaríamos que ela fosse de outro jeito”, disse a jovem em entrevista ao jornal britânico The Sun. “Eu não sou muito boa com essas coisas de redes sociais. Eu deveria ter feito esse comentário com uma mensagem privada para a minha neta, de modo que só ela pudesse ver. Fico feliz que ela não tenha levado a mal. Ela é linda”, emendou a avó, que se considera uma pessoa “brutalmente honesta”.

A Gordofobia é tão naturalizada, que quem está errado ainda se sente com mais direitos que o ofendido, além disso a pessoa ofendida muitas vezes se sente mal (se culpa por ser gorda) e ainda pede desculpas aos agressores da família.
Para quem passa por situações como essas, deixo alguns pontos que vocês não podem se esquecer:

 

Foca nessa imagem e se liberte também. <3

• Ninguém da sua família pode ter poder em relação ao seu corpo, isso inclui que não podem te obrigar a fazer dietas, contar as calorias do que você come ou te empurrar para academia. Quem faz isso não quer o seu bem estar físico nem emocional.
• Quem te ama muitas vezes se preocupa sim com seu corpo gordo, não exatamente com a saúde, é comum que o conceito de beleza dessas pessoas seja magro e ela acredita mesmo que você só será feliz se for magro. Quando isso acontece é preciso deixar claro que o problema da pessoa com o nosso corpo, é reflexo de conceitos dela e ela que se vire para descontruir, pois nós não vamos deixar de viver enquanto eles dizem sofrer por sermos gordos.
• Mesmo que suas contas sejam pagas por sua família, não aceite ter seu corpo julgado o tempo todo, se imponha mais e enfrente os julgamentos.
• Emagrecer é uma decisão pessoal, faça isso se for a SUA vontade, não o desejo de alguém que convive com você.
• NUNCA permita que controlem seu corpo, libertem-se e enfrentem os preconceitos que vivencia.
• Busque ajuda, se a pressão familiar em relação ao seu corpo tiver sendo muito para suportar sozinha, não hesite em buscar ajuda psicológica.

Não se esqueçam nunca: Cada pessoa é ÚNICA e cada uma deve amar seu corpo do jeitinho que ele é, amá-lo é também preservar-se de conviver com pessoas tóxicas. 

Vocês já passaram por situações em que pessoas da família se consideravam donas do seu corpo?

Conte-me aqui nos comentários, vamos mostrar umas às outras, que infelizmente isso é comum demais e que felizmente é possível passar por cima desses comentários e seguir a nossa vida.

27.07.16

Ativista propaga gordofobia na internet!

Quando uma pessoa que é oprimida pela sociedade escolhe oprimir milhares de pessoas, é uma coisa muito triste de se ver, ontem eu tive acesso a uma publicação feita por uma moça trans que é modelo e ativista, com isso tem muitas pessoas em seu perfil do Facebook. Alguns amigos (conhecidos/ admiradores) dela a alertaram sobre a gordofobia propagada e ela seguiu achando cool a sua piadinha.

Melhor do que tentar resumir e não ser clara, eu tive um trabalhão para printar tudo e esconder nomes e fotos (deixei o primeiro nome dela). Vejam abaixo o que a Ariel pensa sobre ser magra e sobre não ser.

ativista propaga gordofobia na internet (1)ativista propaga gordofobia na internet (3)ativista propaga gordofobia na internet (2)

Ninguém tem direito de ser gordofóbico, mas quando isso vem de uma pessoa que sofre tanto também com as pressões sociais e recentemente foi modelo para uma marca em uma campanha que dizia exatamente que todo corpo deveria ser respeitado, o preconceito se torna ainda mais chocante.

Ariel escolheu ser preconceituosa, no primeiro comentário que ela recebeu mostrando que ela estava dando um baita close errado, ela podia ter apagado e pedido desculpas. Mas não, ela decidiu ser ainda mais cruel e se declara mesmo gordofóbica em um dos comentários.

Mulheres trans são pessoas que enfrentam preconceitos diariamente, assim como mulheres gordas. De acordo com as declarações ao menos para a Ariel, a mulher gorda é uma sub classificação e não tem o direito nem de mandar em si mesma, isso é nó mínimo triste de ler.
Já a marca que ela estampa relatou quando questionamos, não poder interferir na posição da modelo em suas redes sociais, mas eu espero sim que a marca se posicione a respeito, nós gordas merecemos isso.

Eu não entendo por qual motivo as pessoas já esclarecidas como a Ariel, tem dificuldade em desconstruir a gordofobia e negam empatia as gordas.

Quando as gordas serão ouvidas e as pessoas vão parar de caçoar de nossas dores? A Helena falou também sobre isso aqui.

gordofobia

Todas nós precisamos estar juntas, uma lutando ao lado da outra, uma defendendo a outra. Não podemos acordar um dia de mal com a vida e escolher atacar as coleguinhas que são diferentes de nós, vamos nos UNIR e nos fortalecer.
Convido a Ariel e todas que pensem como ela, que repensem seus conceitos.
Nem nós gordas, nem ela trans, devemos ser motivos de piadianhas.
Somos muito mais que isso, somos resistência e luta por direitos, nessa sociedade que não nos aceita.