Tag: feminismo

19.07.16

Os seios mais lindos do mundo

Vocês também já sonharam (ou sonham) com seios fartos, simétricos, firmes e que preencham qualquer  decote?

É acho que isso acontece ou já aconteceu com todas as mulheres do mundo, em uma pesquisa no google em imagens sobre “os seios mais lindos do mundo” eu encontrei vários nudes e alguns decotes com seios lindos como esse da foto.

Os seios mais lindos do mundo

Vocês já perceberam que tirando casos em que se coloca próteses de silicone, nenhum seio é exatamente igual ao outro?  Já notaram também que eles não são firmes para sempre? Notaram ainda que nem todos são volumosos?

Todos esses conceitos que definem os “seios lindos” é idealização da mídia, que muitas de nós ainda se agarra como sinônimo de perfeição, mas na verdade todos os seios são lindos do jeitinho que são. <3

 

Os seios mais lindos do mundo +

Quando se é gorda, parece existir uma cobrança ainda maior quanto aos seios serem fartos, mas muitas gordas (inclusive eu) não tem peitões e não tem nenhum problema nisso, precisamos nos curtir enchendo ou não o decote, sendo caídos ou não, tendo ou não simetria.

Sabem quais são os seios mais lindos do mundo?

O SEU! Ou melhor o NOSSO!

Nossos seios são lindos só por serem seios, mesmo “imperfeitos” para os padrões da mídia, eles são capazes de muitas coisas, desde provocar orgasmos até a amamentação.Como ousamos  julgar como negativo algo tão útil assim? É não dá mesmo haha.

Seja seus seios como forem, saibam que eles são perfeitos do jeitinho que são.

Sabe aquela amiga que ainda não gosta dos próprios seios? Mostra esse post para ela, vamos juntas empoderar e mostrar a mais mulheres que elas são lindas e perfeitas do jeitinho que são. *_*

E vocês curtem seus seios?

Lembrem-se sempre que eles são os seios mais lindos do mundo. <3

27.06.16

Saiba como denunciar casos de Estupro!

Uma em cada Cinco mulheres no Brasil serão estupradas ao longo da vida! Este percentual é grande demais para deixarmos esse assunto apenas em locais focado nele.
Como o Beleza sem Tamanho é um blog focado totalmente em mulheres, quando tive acesso a este material fiz questão de compartilhar com vocês.
Eu espero muito que ninguém precise passar por isso, mas se passarem que saibam como denunciar casos de estupro.
Assistam ao vídeo agora mesmo.
(Embora ela cite a cidade de Curitiba, as dicas servem para todas as cidades)

como denunciar casos de Estupro

Enquanto tem muita mulher sofrendo violência sexual, tem muita mulher também disposta a ajudar no acolhimento das vítimas. Para facilitar o acesso de quem pode ajudar e quem precisa de ajuda foi criado um site que funciona como Mapa do Acolhimento. Para mais informações é só acessarem:

http://www.mapadoacolhimento.nossascidades.org/

Após fazer os primeiros procedimentos que prezam pela saúde da vítima, chega o momento de denunciar e muitas vezes a pessoa não consegue fazer isso imediatamente.

Imagino o quanto é difícil para quem sofre esse momento, mas é muito importante que os estupradores sejam punidos, para saber mais sobre denúncias acessem esse link (aqui) e confiram que em alguns casos a denúncia pode ser feita muitos anos depois do ocorrido.

Vamos juntas espalhar essas informações?

Conto com a ajuda de vocês para que o máximo de mulheres possível possa saber exatamente o que fazer caso venha a precisar.  Mas espero de <3 que a cada dia menos mulheres precisem dessas dicas, e que os estupradores entendam enfim que nenhum corpo deve ser tocado sem permissão.

23.06.16

Teve Muito Empoderamento Gordo no Pop Plus <3

No último final de semana a cidade de São Paulo recebeu mais uma edição do Pop Plus, o evento que teve início em 2012 como um bazar plus size com uma meia dúzia de marcas especializadas em tamanhos maiores, hoje se transformou em um espaço de troca maravilhoso que vai muito além das compras/vendas e leve empoderamento para o público gordo das mais diversas formas.  O evento contou com diversas atrações, todas elas foram realizadas por pessoas gordas que realizaram brilhantemente ações que muitos dizem que gordos são incapazes. Olhem um resumo nessa foto do que rolou no palco do Pop Plus. *_*

Empoderamento Gordo no Pop Plus

Teve também exposição de fotos do Projeto Cada Uma (falei dele aqui) juntamente com os lambes da Rack – @HistoriadeFogo.
projeto cada uma e @historiadefogo (2)projeto cada uma e @historiadefogo

O lambes da Rack foram um S U C E S S O e eu fiquei em êxtase com toda a repercussão, não só pelo blog também ser um pedacinho deles, mas por saber que eles são feitos com muito amor e tem alcançado muitas pessoas. <3

Fiz até um compilado das fotos de mulheres maravilhosas com eles.

 

Olhem como a Rack estava radiante <3

O Vestido Girl Power da Gudamagoo (aqui) ficou lindo nela e super combina com toda a proposta.

Somos mesmo todas #GirlPower.

Gudamagoo - Mulher Bonita

Para deixar o evento ainda mais completo, teve a DIVA Fluvia Lacerda em uma roda de conversa com algumas blogueiras plus size. De acordo com o que me contaram o papo foi muito bom e todo mundo amou estar ali pertinho dela que é a modelo plus size brasileira de maior destaque aqui e no mundo.

Fluvia no Pop Plus

Eu acredito muito que o empoderamento também acontece com exemplos, e no Pop Plus o que não faltou foi exemplos fantásticos de pessoas gordas que fazem tudo o que desejam com maestria.

Para quem como eu não pode estar no evento, eu os convido a conferirem todos os vídeos e fotos que foram postadas no Facebook do Pop Plus (aqui), posso garantir que será um tempinho bem gasto e que vocês na certa vão adorar ver cada um dos conteúdos.

Agora é aquele momento que quero saber o que vocês acharam do Pop Plus?

A pergunta vale para quem esteve presente, para quem acompanhou pelas redes sociais e também para quem está conhecendo agora.

Contem-me tudo aqui nos comentários. *__*
Ah! Antes que eu me esqueça, a próxima edição acontece no mês de Setembro e eu acho que ninguém deveria perder.      

 

31.05.16

“Por Todas Elas” – Unidas para o fim da violência contra a mulher!

Nos últimos dias a internet ficou um alvoroço devido ao caso trágico da menina carioca que foi estuprada, filmada e exposta nas redes sociais. Infelizmente muitas pessoa decidiram culpar a vítima e fechar os olhos para a Cultura do Estupro, em meio ao #mimimi de pessoas que se sentem “donos da verdade” e decidiram julgar essa adolescente, surgiu um grande movimento de mulheres dispostas a lutar para casos como esses não aconteçam mais.

Para trazer um pouco de esperança de dias melhores, nasceu o movimento “Por Todas Elas” que se transformou rapidamente em um ATO que está sendo realizado em diversas cidades do Brasil. <3

 

por todas elas

Nós mulheres estamos cansadas de viver com medo, cansadas de levarmos culpas que não são nossas, e mais cansada ainda de ver outras mulheres serem julgadas o tempo todo.

Nós podemos ser o que quisermos, queremos ser respeitas em todos os lugares e que as pessoas entendam que a nossa vontade precisa ser ouvida.

Para aumentar essa voz os atos acontecem amanhã em várias cidades, busquem os eventos no Facebook (aqui) participem das mobilizações que vão acontecer em várias cidades.

E não se esqueçam no dia a dia vamos juntas apoiar e empoderar outras mulheres. <3

28.05.16

Autoaceitação: um caminho de dor, descoberta e amor

Olá meninas! Tudo bem? Sabe quando dá aquele estalo e você não quer mais ser só o que os outros te impõem? Pois é, comigo foi assim: um belo dia acordei e fiz o que eu sempre fiz de melhor, questionar. Mas desta vez questionei a mim mesma, me perguntei porque eu ainda estava ali naquela posição de coitada, ainda à espera de ouvir um “você é gordinha, mas tem um rosto lindo” e tomar isso como elogio.
A partir de então levantei, bati a poeira e fui à luta. Fácil? Claro que não! No início era bem difícil e ainda hoje, momento que já estou de bem com meu corpo, é bem complicado lidar com certas situações, eu costumo dizer que é uma luta diária, mas o importante é começar. Iniciei procurando, principalmente na internet, pessoas que pensavam como eu, mulheres que também estavam cansadas desse bendito padrão de beleza e resolveram colocar a boca no trombone, e o melhor de tudo é que eu encontrei.
Assim como todas as meninas gordas que vão procurar apoio na internet, de cara eu já tive contato com o Plus Size, conheci blogs, modelos, agências de modelos e isso foi me ajudando a começar meu processo de aceitação e por um tempo foi muito construtivo, até encontrar o próximo obstáculo que é perceber que o mundo Plus Size não é tão cor de rosa como a gente pensa. Descobri que em grande parte dele existe um padrão, sim isso mesmo, tem padrão pra ser gorda, onde se passar do manequim 50 já não tem representatividade, muitas marcas de roupa que se dizem quebradoras de padrão só fabricam roupas até tamanho 50/52 e campanhas publicitárias com modelos com manequim 46, no máximo 48.

genize (2)
Parecia que eu tinha voltado á estaca zero, foi então que conheci a luta antigordofobia, entrei em grupos, fóruns, pesquisei sobre, busquei textos, artigos científicos, conheci pessoas incríveis e voltei a me encontrar em um ambiente onde de fato há diversidade, me fez e faz muito bem. É muito bom saber que você não está sozinha e que existem outras pessoas que passam pelos mesmos dilemas que você, que faz os mesmos questionamentos que você e que está na mesma luta, é um sentimento de acolhimento lindo que recomendo muito. <3
Pode ser que o caminho da minha ‘busca pela felicidade’ tenha sido um tanto comprido, talvez você escolha outro trajeto, ou já chegou lá com menos reviravolta que eu, o importante mesmo é chegar, é se olhar no espelho com amor e ver uma mulher linda, digna, respeitada e dona de um corpo maravilhoso que traz histórias que só você sabe contar!
Ahhh… antes que eu me esqueça, meu nome é Genize (pode chamar de Gê), tenho 25 anos, mulher negra e gorda e que se acha maravilhosa. Essa é a primeira de muitas vezes que nos veremos aqui na casinha da Kalli, então te espero nos próximos dias para papearmos mais um pouquinho, ok?
Beijos, até logo! 😉

 

genize