Tag: feminismo

05.08.16

Sua Família não é dona do seu Corpo!

Infelizmente a grande maioria das pessoas gordas enfrentaram e enfrentam episódios de gordofobia dentro de casa, isso acontece em graus diferentes e muitas vezes com o respaldo de só estarem pensando na saúde, mas a realidade é mesmo a gordofobia e a pressão estética. A sociedade em que vivemos acredita que só magros são bonitos e até quem nos ama tende a querer nos encaixar nos padrões de beleza, é comum ter sempre alguém da família que acredita que pode palpitar e se meter como se fosse dona do seu corpo.

dona do seu corpo

Ninguém é dono do corpo de outra pessoa, não importa o grau de parentesco, ninguém tem direito de controlar o corpo alheio. Quem faz isso só mostra o quanto é preconceituoso e sem noção.

Hoje me deparei com uma notícia que um avó comentou na foto da sua neta no Facebook:
“Você ficaria linda se emagrecesse”
Um print do caso viralizou, e avó ainda ficou brava, dá para acreditar? Segundo a matéria que li aqui e transcrevo uma parte: “Ela ficou bem brava. Eu não acho que minha avó é ruim ou malvada, mesmo. Ela sempre foi assim, fala umas coisas sem pensar, tem o gênio difícil. Mas eu e minha família não gostaríamos que ela fosse de outro jeito”, disse a jovem em entrevista ao jornal britânico The Sun. “Eu não sou muito boa com essas coisas de redes sociais. Eu deveria ter feito esse comentário com uma mensagem privada para a minha neta, de modo que só ela pudesse ver. Fico feliz que ela não tenha levado a mal. Ela é linda”, emendou a avó, que se considera uma pessoa “brutalmente honesta”.

A Gordofobia é tão naturalizada, que quem está errado ainda se sente com mais direitos que o ofendido, além disso a pessoa ofendida muitas vezes se sente mal (se culpa por ser gorda) e ainda pede desculpas aos agressores da família.
Para quem passa por situações como essas, deixo alguns pontos que vocês não podem se esquecer:

 

Foca nessa imagem e se liberte também. <3

• Ninguém da sua família pode ter poder em relação ao seu corpo, isso inclui que não podem te obrigar a fazer dietas, contar as calorias do que você come ou te empurrar para academia. Quem faz isso não quer o seu bem estar físico nem emocional.
• Quem te ama muitas vezes se preocupa sim com seu corpo gordo, não exatamente com a saúde, é comum que o conceito de beleza dessas pessoas seja magro e ela acredita mesmo que você só será feliz se for magro. Quando isso acontece é preciso deixar claro que o problema da pessoa com o nosso corpo, é reflexo de conceitos dela e ela que se vire para descontruir, pois nós não vamos deixar de viver enquanto eles dizem sofrer por sermos gordos.
• Mesmo que suas contas sejam pagas por sua família, não aceite ter seu corpo julgado o tempo todo, se imponha mais e enfrente os julgamentos.
• Emagrecer é uma decisão pessoal, faça isso se for a SUA vontade, não o desejo de alguém que convive com você.
• NUNCA permita que controlem seu corpo, libertem-se e enfrentem os preconceitos que vivencia.
• Busque ajuda, se a pressão familiar em relação ao seu corpo tiver sendo muito para suportar sozinha, não hesite em buscar ajuda psicológica.

Não se esqueçam nunca: Cada pessoa é ÚNICA e cada uma deve amar seu corpo do jeitinho que ele é, amá-lo é também preservar-se de conviver com pessoas tóxicas. 

Vocês já passaram por situações em que pessoas da família se consideravam donas do seu corpo?

Conte-me aqui nos comentários, vamos mostrar umas às outras, que infelizmente isso é comum demais e que felizmente é possível passar por cima desses comentários e seguir a nossa vida.

27.07.16

Ativista propaga gordofobia na internet!

Quando uma pessoa que é oprimida pela sociedade escolhe oprimir milhares de pessoas, é uma coisa muito triste de se ver, ontem eu tive acesso a uma publicação feita por uma moça trans que é modelo e ativista, com isso tem muitas pessoas em seu perfil do Facebook. Alguns amigos (conhecidos/ admiradores) dela a alertaram sobre a gordofobia propagada e ela seguiu achando cool a sua piadinha.

Melhor do que tentar resumir e não ser clara, eu tive um trabalhão para printar tudo e esconder nomes e fotos (deixei o primeiro nome dela). Vejam abaixo o que a Ariel pensa sobre ser magra e sobre não ser.

ativista propaga gordofobia na internet (1)ativista propaga gordofobia na internet (3)ativista propaga gordofobia na internet (2)

Ninguém tem direito de ser gordofóbico, mas quando isso vem de uma pessoa que sofre tanto também com as pressões sociais e recentemente foi modelo para uma marca em uma campanha que dizia exatamente que todo corpo deveria ser respeitado, o preconceito se torna ainda mais chocante.

Ariel escolheu ser preconceituosa, no primeiro comentário que ela recebeu mostrando que ela estava dando um baita close errado, ela podia ter apagado e pedido desculpas. Mas não, ela decidiu ser ainda mais cruel e se declara mesmo gordofóbica em um dos comentários.

Mulheres trans são pessoas que enfrentam preconceitos diariamente, assim como mulheres gordas. De acordo com as declarações ao menos para a Ariel, a mulher gorda é uma sub classificação e não tem o direito nem de mandar em si mesma, isso é nó mínimo triste de ler.
Já a marca que ela estampa relatou quando questionamos, não poder interferir na posição da modelo em suas redes sociais, mas eu espero sim que a marca se posicione a respeito, nós gordas merecemos isso.

Eu não entendo por qual motivo as pessoas já esclarecidas como a Ariel, tem dificuldade em desconstruir a gordofobia e negam empatia as gordas.

Quando as gordas serão ouvidas e as pessoas vão parar de caçoar de nossas dores? A Helena falou também sobre isso aqui.

gordofobia

Todas nós precisamos estar juntas, uma lutando ao lado da outra, uma defendendo a outra. Não podemos acordar um dia de mal com a vida e escolher atacar as coleguinhas que são diferentes de nós, vamos nos UNIR e nos fortalecer.
Convido a Ariel e todas que pensem como ela, que repensem seus conceitos.
Nem nós gordas, nem ela trans, devemos ser motivos de piadianhas.
Somos muito mais que isso, somos resistência e luta por direitos, nessa sociedade que não nos aceita.

19.07.16

Os seios mais lindos do mundo

Vocês também já sonharam (ou sonham) com seios fartos, simétricos, firmes e que preencham qualquer  decote?

É acho que isso acontece ou já aconteceu com todas as mulheres do mundo, em uma pesquisa no google em imagens sobre “os seios mais lindos do mundo” eu encontrei vários nudes e alguns decotes com seios lindos como esse da foto.

Os seios mais lindos do mundo

Vocês já perceberam que tirando casos em que se coloca próteses de silicone, nenhum seio é exatamente igual ao outro?  Já notaram também que eles não são firmes para sempre? Notaram ainda que nem todos são volumosos?

Todos esses conceitos que definem os “seios lindos” é idealização da mídia, que muitas de nós ainda se agarra como sinônimo de perfeição, mas na verdade todos os seios são lindos do jeitinho que são. <3

 

Os seios mais lindos do mundo +

Quando se é gorda, parece existir uma cobrança ainda maior quanto aos seios serem fartos, mas muitas gordas (inclusive eu) não tem peitões e não tem nenhum problema nisso, precisamos nos curtir enchendo ou não o decote, sendo caídos ou não, tendo ou não simetria.

Sabem quais são os seios mais lindos do mundo?

O SEU! Ou melhor o NOSSO!

Nossos seios são lindos só por serem seios, mesmo “imperfeitos” para os padrões da mídia, eles são capazes de muitas coisas, desde provocar orgasmos até a amamentação.Como ousamos  julgar como negativo algo tão útil assim? É não dá mesmo haha.

Seja seus seios como forem, saibam que eles são perfeitos do jeitinho que são.

Sabe aquela amiga que ainda não gosta dos próprios seios? Mostra esse post para ela, vamos juntas empoderar e mostrar a mais mulheres que elas são lindas e perfeitas do jeitinho que são. *_*

E vocês curtem seus seios?

Lembrem-se sempre que eles são os seios mais lindos do mundo. <3

27.06.16

Saiba como denunciar casos de Estupro!

Uma em cada Cinco mulheres no Brasil serão estupradas ao longo da vida! Este percentual é grande demais para deixarmos esse assunto apenas em locais focado nele.
Como o Beleza sem Tamanho é um blog focado totalmente em mulheres, quando tive acesso a este material fiz questão de compartilhar com vocês.
Eu espero muito que ninguém precise passar por isso, mas se passarem que saibam como denunciar casos de estupro.
Assistam ao vídeo agora mesmo.
(Embora ela cite a cidade de Curitiba, as dicas servem para todas as cidades)

como denunciar casos de Estupro

Enquanto tem muita mulher sofrendo violência sexual, tem muita mulher também disposta a ajudar no acolhimento das vítimas. Para facilitar o acesso de quem pode ajudar e quem precisa de ajuda foi criado um site que funciona como Mapa do Acolhimento. Para mais informações é só acessarem:

http://www.mapadoacolhimento.nossascidades.org/

Após fazer os primeiros procedimentos que prezam pela saúde da vítima, chega o momento de denunciar e muitas vezes a pessoa não consegue fazer isso imediatamente.

Imagino o quanto é difícil para quem sofre esse momento, mas é muito importante que os estupradores sejam punidos, para saber mais sobre denúncias acessem esse link (aqui) e confiram que em alguns casos a denúncia pode ser feita muitos anos depois do ocorrido.

Vamos juntas espalhar essas informações?

Conto com a ajuda de vocês para que o máximo de mulheres possível possa saber exatamente o que fazer caso venha a precisar.  Mas espero de <3 que a cada dia menos mulheres precisem dessas dicas, e que os estupradores entendam enfim que nenhum corpo deve ser tocado sem permissão.

23.06.16

Teve Muito Empoderamento Gordo no Pop Plus <3

No último final de semana a cidade de São Paulo recebeu mais uma edição do Pop Plus, o evento que teve início em 2012 como um bazar plus size com uma meia dúzia de marcas especializadas em tamanhos maiores, hoje se transformou em um espaço de troca maravilhoso que vai muito além das compras/vendas e leve empoderamento para o público gordo das mais diversas formas.  O evento contou com diversas atrações, todas elas foram realizadas por pessoas gordas que realizaram brilhantemente ações que muitos dizem que gordos são incapazes. Olhem um resumo nessa foto do que rolou no palco do Pop Plus. *_*

Empoderamento Gordo no Pop Plus

Teve também exposição de fotos do Projeto Cada Uma (falei dele aqui) juntamente com os lambes da Rack – @HistoriadeFogo.
projeto cada uma e @historiadefogo (2)projeto cada uma e @historiadefogo

O lambes da Rack foram um S U C E S S O e eu fiquei em êxtase com toda a repercussão, não só pelo blog também ser um pedacinho deles, mas por saber que eles são feitos com muito amor e tem alcançado muitas pessoas. <3

Fiz até um compilado das fotos de mulheres maravilhosas com eles.

 

Olhem como a Rack estava radiante <3

O Vestido Girl Power da Gudamagoo (aqui) ficou lindo nela e super combina com toda a proposta.

Somos mesmo todas #GirlPower.

Gudamagoo - Mulher Bonita

Para deixar o evento ainda mais completo, teve a DIVA Fluvia Lacerda em uma roda de conversa com algumas blogueiras plus size. De acordo com o que me contaram o papo foi muito bom e todo mundo amou estar ali pertinho dela que é a modelo plus size brasileira de maior destaque aqui e no mundo.

Fluvia no Pop Plus

Eu acredito muito que o empoderamento também acontece com exemplos, e no Pop Plus o que não faltou foi exemplos fantásticos de pessoas gordas que fazem tudo o que desejam com maestria.

Para quem como eu não pode estar no evento, eu os convido a conferirem todos os vídeos e fotos que foram postadas no Facebook do Pop Plus (aqui), posso garantir que será um tempinho bem gasto e que vocês na certa vão adorar ver cada um dos conteúdos.

Agora é aquele momento que quero saber o que vocês acharam do Pop Plus?

A pergunta vale para quem esteve presente, para quem acompanhou pelas redes sociais e também para quem está conhecendo agora.

Contem-me tudo aqui nos comentários. *__*
Ah! Antes que eu me esqueça, a próxima edição acontece no mês de Setembro e eu acho que ninguém deveria perder.