fbpx
06.11.16

Show de Preconceitos no Teleton

Ontem a internet ficou um alvoroço após a apresentação do Ballet Plus Size, o motivo da agitação é que o que era para ser muito legal, virou um show de preconceitos no Teleton, o que não faz nenhum sentido, por ser um programa que busca ajuda para inclusão social. Eu tive acesso a pequenos trechos em vídeos pela internet afora e até coloquei um deles no Instagram.

Mas não vi tudo #aindabem,  por isso convidei a Drika Lucena para contar melhor o que aconteceu e ela relata abaixo.

 

“Daí um grupo de gordas lindas é convidado para dançar no Teleton e imagino como tenham ficado felizes em ajudar uma causa tão séria e que de fato muda vidas. Ser uma atração convidada para motivar a doação é uma grande responsabilidade e ao mesmo tempo uma grande honra.

Pela AACD passam milhares de pessoas de todos os tipos, com muita ou pouca limitação, sem pernas, sem braços, cadeirantes, com paralisia parcial ou total, pessoas de todas as cores e classes sociais.

No palco as gordas lindas e radiantes entram e começa o show do comunicador que resolveu prestar um desserviço aos telespectadores enquanto vomitava preconceito e piadas tão imbecis quanto ele. Será que elas tinham que passar por isso? Há quem defenda e justifique as pérolas do senhor por sua idade ou pela fama de sincero.

As meninas ouviram junto a milhares de telespectadores insinuações de que não arrumam namorado, que a cama não aguenta que comem demais, fez questão de saber o peso de cada uma e ainda disse a uma delas que apesar de negra era bonita.

A filha do dono do baú “arrumou” dizendo que elas eram super bonitas e gostosas, porque elas não eram “aquelas obesas”. Pois é, e ainda teve mais. Uma das moças diz que estavam ali para mostrar que toda mulher deveria se amar independente de como ela fosse. Então ele arremata com um… “ahhh tá, aí fica desse tamanho?”.

Eu só peço a reflexão… Como ficaram as milhares de pessoas gordas que estão com depressão, pânico, que são infelizes e vivem isoladas por isso? O que sentiu a menina que sofre por não conseguir emagrecer e é cobrada o tempo todo dentro e fora de casa? O que passou pela cabeça daqueles que ainda não conseguem ver felicidade em ser como são e que se entopem de remédios para emagrecer e quando não conseguem se odeiam ainda mais por isso? Como mudar mentalidades se um cara endeusado fala tudo isso e muitos riem e concordam com ele? Muito triste que uma cena assim seja tratada como algo normal.

Foi lamentável um convite tão lindo se transformar numa piada onde um lado só acha graça. As meninas estavam lindas e a elas vai todo meu respeito, carinho e admiração. Ao Sr. Abravanel vai o troféu Teletonto pelo festival de abobrinha, pela ignorância e pela falta de respeito. Tá jogando dinheiro, mas ainda não rasga né? Tá gagá, só que não.”

show-de-preconceitos-no-teleton

 

Quando busquei imagem para o post, encontrei essa e fiquei chocada, além de tudo que ele disse ele ainda se sentiu no direito de apertar a bunda da menina. É muito ridículo e sigo lamentando que ninguém tenha o mandado parar.

Nada justifica esse tipo de atitude, mas elas servem para nos mostrar que ainda temo muito que lutar, para que um dia toda e qualquer pessoa seja punida por esbravejar preconceitos.

Vocês assistiram? O que acharam?

 

 

8 Comentários // Deixe o seu!

  • Francisco Luremberg says:

    Eu adooooooro gordinhas e a idade de Silvio Santos ja lhe permite brincar um pouco evamos ser sinceros hojem dia tudo e ofensa
    Ha quem goste de gordinhas como eu e tambem ha quem não goste.
    Vamos respeitar.

  • Vanessa Pires says:

    Eu me senti mal assistindo, foi um show de gordofobia e racismo. Nada justifica mesmo a atitude do Silvio e da Patricia.

  • Fiquei muito decepcionada, pois me inspiro no Silvio quanto á humildade e simplicidade. Não esperava isso dele e sei que ele não fez por maldade, mas isso só reforça que gordo é motivo de piada, que vale menos que outras pessoas, que tem que aceitar qualquer tipo de relacionamento e dar graças a Deus… Fiquei muito triste MESMO ao saber que isso aconteceu. Espero que o Silvio veja a repercussão negativa de tudo isso e aprenda. Eu já fui MUITO gordofóbica porque fui criada achando que eu não valia nada pois era gorda. Que minha vida só ia começar quando eu emagrecesse…. que eu nunca seria feliz no meu corpo. Felizmente há pouco descobri que eu valho tanto quanto qualquer pessoa, que preciso me respeitar e me amar do jeito que eu sou. O auto amor muda tudo.

  • Elenice de Fátima Rodrigues campos says:

    Eu não gostei achei uma falta de respeito Silvio ficou colocando defeitos como se uma pessoa gordinha fosse feito.sou gordinha e senti humilhada imagine elas.

  • Adriana says:

    Deixa este Silvio se atravessar na minha vida q ele vai ter uma liçãozinha de como respeitar os coleguinhas… Não é p q tem idade q oS baba ovos tem q aplaudir e aceitar falta de educação e preconceito… O dia q alguém der uma boa lição nele terá muito mais mídia q um simples cachê… Vamos se respeitar povooooo!!!

  • Foi chato sim errado sim a maneira que agiu , não por ser gordinha se falasse da mesma forma com magras , baixas , altas não mudaria o fato de ele ter cido preconceituoso
    Vá a merda se ele é assim respeito é bom e todo mundo gosta .
    Se colocar no lugar das moças o constrangimento é notável .
    Todos tão focados falando que as gordinhas fica na defenciva e blá blá blá
    O fato é foi preconceituoso sim olhando de cima a baixo .

  • João Regallo says:

    Eu sou Português, moro em Portugal e (apesar de termos emissões desta rede de televisão pelas minhas banda) dou graças a Deus porque nunca vi nenhum programa desta…”criatura”!
    Se dizem que tudo se passou num ambiente de bom-humor, de descontracção, e de brincadeira amigável, e que o “apresentador” tem nível suficiente para aceitar uma boa piada feita às suas custas, eu lamento que nenhuma das lindíssimas convidadas do programa tenha querido responder-lhe na mesma moeda; fazendo perguntas/comentários deste estilo ao “apresentador”: “Tu até és bonitinho, apesar de seres palitinho, né? Quantos neurónios é que tu tens? É…imbecil é fogo, né, meu bem?! Estás solteiro ou casado? Casado, com essa cara?! Coitada da tua esposa…posso apertar o teu pescoço em vez de tu apertares a minha bunda?” Se ele “brinca” com todas as pessoas, eu sugiro que as pessoas também “brinquem” com ele e decidam todas mudar de canal e/ou apagar o seu televisor de cada vez que o programa da “criatura” começar. Pode ser que, na medida que o bolso dele for ficando menos gordinho, ele aprenda mais humildade, e a ser mais bem-educado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *