fbpx
10.10.14

Outubro Rosa: É tempo de conscientização!

Mais uma vez eu venho aqui bater um papo com vocês sobre o Outubro Rosa, que é o um período anual de conscientização e campanhas sobre o câncer de mama.
Sei que pode parecer papo de médico xiita por emagrecimento, mas nós mulheres gordas, precisamos sim de ter cuidado dobrado, pois temos uma maior concentração de tecido adiposo e isso pode acabar “escondendo” por mais tempo algum nódulo que venha a aparecer. E é por isso, que deixo aqui mais uma vez as dicas para o autoexame, apalpem sempre e não deixem de visitar médicos regularmente. Para quem tem mais de 40 anos a mamografia anual é essencial.

autoexame outubro rosa

Quero aproveitar o tema e contar algo para vocês. *_*
Neste ano eu acompanhei uma experiência complicadíssima diretamente ligada ao Câncer de Mama, minha irmã mais velha recebeu um laudo de mamografia que indicava um nódulo possivelmente maligno, foi então pedido uma ressonância e para a surpresa e desespero neste exame o resultado foi de Bi-Rads5 o que corresponde a mais de 95% de possibilidade de ser maligno.
Foi uma correria, ela acabava de completar 40 anos e recebia esse diagnóstico assustador, ela operou rapidamente quando soube, retirou um ¼ da mama e ficou no aguardo do resultado da biópsia. Este exame demorou muitoooo mais que o devido para sair, mas por fim saiu e veio uma notícia que já nem esperávamos.
O nódulo dela era benigno, segundo foi explicado para nós, em exames de imagem o tipo de nódulo dela é o que mais se assemelha ao câncer e por isso os exames deixavam a entender que era, mas por sorte e a mão de Deus ela não tinha um câncer. Mas e se fosse? Se fosse ia tratar e ficar bem, como muitas!

Infelizmente a palavra Câncer ainda tem o dom de apavorar, e foi por isso, que eu quis contar essa experiência que acompanhei de perto para vocês, pois, quem sabe alguém venha a passar por isso. Se um dia te derem um exame que indica câncer, não se desespere antes da biopsia, mesmo se for continue sem se desesperar e corra atrás de fazer o seu tratamento da forma correta. As chances de cura são muitas e não compensa ficar mal emocionalmente, foca na Cura e vai seguindo o tratamento. <3

Este post faz parte de mais uma blogagem coletiva em prol da conscientização do tema nos links abaixo, vocês conferem outras blogueiras falando do tema também.

 

Mas aqui no blog o assunto ainda não acabou,  eu abri espaço para guest posts de quem viveu a experiência e semana que vem já vou trazer uma linda história de luta e superação para vocês.

Se Toquem! O seu toque, pode salvar a sua vida. <3

 

4 Comentários // Deixe o seu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *