fbpx
19.03.18

Marielle Presente – Não podemos nos esquecer e nem nos calar!

 

Na noite da última quarta-feira (14/03/2018), a vereadora Marielle Franco foi executada com vários tiros e o motorista que estava na linha de fogo também foi baleado e faleceu.
O que ela fez para que isso acontecesse? Foi dona de si e buscou, na vida política e pública, ajudar a quem mais precisava, em suas redes sociais, dias antes do assassinato ela falou sobre a matança que estava ocorrendo em favelas do RJ.

 

Quem a matou (ou mandou matar)? Não sabemos e talvez nunca seja esclarecido, mas a morte de Marielle trouxe para nós, brasileiros, o medo de “experimentar” a ditadura novamente em nosso país.

Este blog não é de cunho político e nem noticiário (até por eu não ser apta para tal), mas essa tragédia é algo que afeta a todos nós, independentemente de sermos ligados ou não a política e considero importantíssimo usar este espaço sólido (em tempos de stories, o registro aqui é “quase eterno”) para falar um pouquinho sobre isso.

Marielle morreu por ser uma mulher negra que ousou tentar defender os seus, ela morreu por não se calar em uma sociedade machista e racista e querer que o povo negro da favela fosse tratado como qualquer outra pessoa. Não é louco que uma pessoa perca a vida por ter dito que tinha jovens morrendo? Infelizmente, ela foi mais uma mulher brasileira executada devido a sua luta e ideais.

 

 

Nós mulheres (eu e a maioria das pessoas que leem o blog), precisamos nos fortalecer cada vez mais diante de situações como essas, é preciso que a gente se posicione e principalmente que a gente não se cale nunca mais.

Que a voz e a luta de Marielle ecoe em todas nós para que possamos (cada uma dentro da sua realidade), ser um pouquinho do que ela foi para tanta gente.

Que sejamos justas, guerreiras, empáticas e dispostas a construir um mundo melhor.  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *