16.08.17

Emagrecimento não deveria ser a maior vitória de ninguém.

No programa Masterchef de ontem, aconteceu uma situação deprimente (do meu ponto de vista), mas infelizmente muito comum de se ver. Levaram os 3 vencedores das edições passadas para o programa, no palco do maior programa de culinária da TV brasileira (assista aqui), cada um deles tiveram um tempinho para contar como está sendo a carreira após terem vencido. Enquanto uma participante contou todas as conquistas e cursos que realizou, outra participante declarou ter perdido 39 kgs e que agora tem uma empresa de quentinha low carb.

Conseguem perceber o quanto isso é absurdo? A mulher foi vencedora de um programa que abre mil portas, mas ela, juntamente com nossa sociedade doente, considera como grande vitória o emagrecimento, diminuindo toda a sua competência e colocando em evidência seu corpo magro.
Izabel sofreu muita pressão sobre seu corpo enquanto esteva no programa, várias ofensas gratuitas aconteceram nas redes sociais e é fácil de entender a decisão dela em emagrecer, afinal emagrecimento é pessoal e não tem o que se questionar, mas o que eu considero tóxico é ver uma mulher jovem, com uma carreira brilhante pela frente se resumindo apenas ao emagrecimento.
Toda essa fixação das pessoas por emagrecimento é fruto da Gordofobia que tenta a todo custo culpar e inviabilizar os corpos gordos.
Corpos são mutáveis, engordam e emagrecem várias vezes durante a vida, então, se apegar a um emagrecimento como grande vitória da vida é, no mínimo, algo muito vazio.

Que em um futuro próximo as pessoas parem de supervalorizar o emagrecimento, e se permitam demonstrar competentes em qualquer função, independente do corpo que esteja.

4 Comentários // Deixe o seu!

  • Acho que independente da sociedade. Essa escolha partiu da mesma. E hoje, sua empresa onde ela vende produtos low carb sao produtos que garantem qualidade de vida aos que comem e facilitam no emagrecimento saudável de pessoas com determinadas patologias . Ela está promovendo a saúde. O emagrecimento de fato é algo chocante aos que veem, porém só quem sofre com o sobrepeso ou obesidade sabe como é. Então acho meio desnecessário vocês promoverem o emagrecimento como uma cobrança da sociedade e estar com sobrepeso ou obesos seja algo que garante sua qualidade vida e saúde, sendo que esse tipo de atitude sobretudo tem que partir da própria pessoa, que na maioria das vezes procura qualidade de vida no emagrecimento.

  • Gostaria de deixar uma opinião sobre emagrecimento e ser gordo. Emagrecer pode ser sim uma grande vitória quando se leva em consideração que foi estabelecida uma meta e esta alcançada. A izabel é uma grande vitoriosa por isso, pois além de ter batido uma meta pessoal, agora com ctz tem mais saúde, uma vez que gordura está sim relacionada à doenças. Uma pessoa gorda não tem como ser 100% saudável, tendo em vista que gordura significa no mínimo inflamação que leva a diversos problemas de saúde. Então, Parabéns Izabel pela sua conquista pessoal e pelo seu novo negócio, que cresça bastante e vc possa ser reconhecida!

  • Marcia says:

    Não concordo com vc. O emagrecimento eh uma vitória de vida sim porque só quem eh gordo sabe o quanto ser gordo causa sofrimento não só por uma questão de preconceito mas de saúde tb. A sociedade eh doente e preconceituosa mas a gordura tb pode seR considerada doença e deve ser combatida. A partir dessa vitória contra a obesidade muitas situacoes podem mudar e gerar outras 1000 vitórias mais porque a gordura paralisa.

  • Ana Luísa says:

    Caracas!!! Quanto mimimi! Deixa a moça fazer o que quer pra ser feliz… quando fizeram essa reportagem, em momento algum foi mostrado o que ela pensa sobre isso tudo! E se o emagrecimento foi mais importante que a vitória no Master Chef pra ela, o que isso tira de valor da sua vitória no reality? Deixem as pessoas viver sua vidas de acordo com as escolhas que elas acreditarem serem as melhores pra elas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *