fbpx

Categoria: Sem categoria

25.05.16

Lançamento – Calças Levi’s Plus Size

Aconteceu um lançamento babado em São Paulo no último dia 14, a marca mais famosa do mundo de Jeans trouxe para o Brasil algumas peças plus size. Agora mulheres gordas brasileiras também vão poder usar as calças Levi’s plus size e os gordos também.  <3

A blogueira Ju Romano foi responsável por convidar a mulherada para o lançamento, reuniu no dia do  evento um time de mulheres lindas, que usam tamanhos plus size e atuam no mercado de alguma forma. Infelizmente eu moro longe de SP e não pude estar presente.

Mesmo sem ainda ter tido a oportunidade de vestir uma calça Levi’s, quero compartilhar com vocês um pouquinho do que vi e o que eu achei sobre o lançamento.

Levi's

Todas as meninas que vestiram mencionaram que as peças estão com a numeração grande, o que é ótimo por um lado e péssimo por outro. De acordo com a assessoria da marca as peças femininas vestem até o tamanho 52, só que algumas meninas que estavam no evento vestem normalmente 54/56 e serviram lindamente nas calças. <3

É muito bom ter uma numeração que atenda até o 56, mas para quem compra a distância como eu isso dá uma complicadinha, já as peças masculinas vieram do 52 ao 70. Torço para que a feminina também amplie sua grade, existem muitas gordas que vestem mais do que o tamanho 52 ou 56 que seja, e precisam também de boas opções para se vestirem.

Selecionei algumas fotos das meninas que estavam presente no lançamento e já estão usando as calças que ganharam, nelas é possível ver que realmente veste bem em corpos diferentes.

Só pra mostrar minha calça @levisbrasil da coleção plus size. ??#ladiesinlevis #liveinlevis #liveinlevisbr

Uma foto publicada por Curvilíneos (@curvilineos) em

Todo mundo sabe o quanto eu amo jeans e devem imaginar o quanto eu estou louca para experimentar a peça. Espero matar essa curiosidade loguinho, assim que eu puder vou investir em uma e conto para vocês sobre a minha experiência pessoal.

As peças estão à venda no site da Best Size (aqui) e em algumas lojas multimarcas em vários Estados do Brasil, saiba quais são clicando aqui.

Vocês já estavam sabendo? Já experimentaram?

Contem-me o que acharam aqui nos comentários. *_*

14.10.15

Felicidade não se mede em balança!

Ontem a minha irmã magra (é, tenho uma) me gritou para ver o HORROR o que estava passando na TV, fui ao quarto dela e me deparei com o Além do Peso. Ela chocada me contava o que o cara disse para uma das meninas: “Bailarina com 160kgs! Vc é uma piada”.

A Bailarina em questão é a Thais Carla… Sobre ela saber dançar, ou ser uma piada, eu peço que vocês apertem o play deste vídeo.

Ao assistir eu vejo um show de segurança, competência e habilidade para dançar, nem de longe uma piada.

Mas pelo que pude ver (aqui) a Record considera válido humilhar  os participantes do programa Além do Peso, acreditam que com esse choque (humilhação) eles vão manter o foco em emagrecer para mudarem suas vidas.
E quem precisa emagrecer para mudar a própria vida? Ninguém!

se amando
Muita gente acredita que a felicidade está em perder 10/15/50 kgs, se vocês analisarem as hastags de fotos de mulheres (seja gorda, ou magra) é comum ver associações a perda de peso, comemorações por perder 3kg e desespero por engordar 1kg.

Ninguém é proibido de emagrecer, cada um sabe  bem a dor e a delícia de ser quem é,  mas estou na torcida de uma Lei (contém ironia) que impeça as pessoas a julgarem a felicidade e a saúde alheia, pelos números de uma balança.

FELICIDADE NÃO SE MEDE EM BALANÇA
A sociedade tenta nos fazer acreditar que no fim de um emagrecimento a vida vai mudar totalmente, só que isso é utopia.

A insatisfação corporal de cada pessoa, se transforma em lucros para indústrias de emagrecimento e beleza, é preciso que se desconstrua essa idéia de que perder peso é garantia de uma vida perfeita. Afinal, felicidade não se mede em balança!

A vida é muito curta para vivermos em função de peso, todo mundo tem direito de emagrecer se essa for a sua vontade, mas não façam isso por mais ninguém, que não seja vocês mesmos.

12.08.15

Ronda Rousey e a aceitação corporal!

Hoje eu tive conhecimento que Ronda Rousey tem um trabalho focado em ajudar mulheres que sofrem com problemas relacionados a própria imagem.  Sou totalmente leiga na questão do esporte, mas sei que Ronda é sucesso e faz brilhantemente o trabalho no qual se especializou.
Mas eu jamais imaginaria que a moça que além de saber bater em suas oponentes e ser sexy symbol para os carinhas fãs de UFC, era também uma mulher engajada na luta para que mais pessoas lidem bem com a própria imagem.

Ronda Rousey e a aceitação corporal
Se até hoje eu não tinha tido curiosidade de saber mais sobre ela, hoje eu tive e posso dizer que estou encantada de ver que ela está aproveitando sua fama para ajudar no empoderamento de outras mulheres.

A Campanha intituladaDNB (Do Nothing Bitch, em inglês) ou “mulher que não faz nada”, tradução livre para o português, veio de sua mãe. “A minha mãe não me criou para ser esse tipo de mulher que está sempre acomodada”, disse Rousey.
“Acho divertido quando as pessoas dizem que meu corpo parece masculino. Só porque ele foi desenvolvido para um fim diferente da maioria das mulheres, não significa que ele é masculino. Isso é estúpido! Não há um único músculo do meu corpo que não foi desenvolvido para um propósito”, explica.
O dinheiro arrecadado com a vendas camisas será doado com as vendas será revertido para o Didi Hirsch Mental Health Services Centre, nos Estados Unidos, uma instituição que ajuda mulheres com problemas de relação com o corpo e saúde mental.

ronda dont be aRonda defende que mulheres fora do padrão também são bonitas, mesmo ela tendo um corpo OPOSTO ao meu, vejo que ela também busca e contribui por uma sociedade que respeita a beleza em suas diferentes formas. <3

 

 

beda

17.04.15

[Maternidade] Amamentação: Benefícios para os bebês e mamães

O leite materno é o melhor alimento para o bebê nós todas sempre ouvimos falar, mas porque ele é o melhor? Bom ele é rico em anticorpos que protegem o bebê do risco de infecções; em proteínas que auxiliam no crescimento e em glucídios, ômega 3 e minerais que contribuem para o desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso; com todos esses benefícios, o bebê tem um maior desenvolvimento intelectual e menos chances de desenvolver infecções e doenças como o a obesidade infantil.
Além de todas essas vantagens para o bebê, existe a vantagem de conseguir eliminar de forma mais rápida todos aqueles quilinhos extras que ganhamos durante a gestação.
Como durante toda a gravidez, durante a amamentação, o metabolismo da mãe se adapta a fim de que a dieta seja o suficiente para a mãe e para o filho. Ou seja, não é uma questão de matemática: inútil de comer muito, porém é extremamente importante comer melhor. Esta facilidade em perder peso depois da gravidez é ainda mais favorizada se retomar uma atividade física regular, como caminhada ou natação.
Amamentação: Benefícios para os bebês e mamães
Muitas mamães pensam que se fizeram alguma dieta radical, como já fizeram em outras épocas de suas vidas perderam todo o peso logo, mas essa é uma atitude totalmente errada, pois com a restrição de calorias, ocorrerá a redução na produção do leite, e isso causará efeito negativo sobre a amamentação, e sobre o desenvolvimento do bebê.
Logo, devemos optar por uma dieta saudável e equilibrada, comendo o que for preciso, e controlar os excessos. Segundo especialistas, nessa fase é ideal que se perca no máximo 2kg por mês, algumas dicas para eliminar o peso são:
• Não procure perder mais de 2kg por mês.
• Espere de dois a três meses após o parto para que o organismo tenha se recuperado da gravidez.
• Evite as dietas malucas.
• Procure a ajuda de um nutricionista.
• Pratique uma atividade física pelo menos duas vezes por semana.

A Júlia tem 50 dias, e desde então estou amamentando, sobre o peso durante toda a gestação engordei 3kg, e já eliminei 11kg, ou seja, já perdi o que ganhei na gestação e um pouco mais.
Além de estar fazendo super bem para Júlia está me ajudando a perder alguns quilinhos extras.
E vocês meninas, o que me contam sobre amamentação, já passaram por experiência? Como foi? Me contem 🙂

LaraJúliaLara 27 anos, professora e pesquisadora sobre Bullying.

Acompanha o movimento plus size mas bem de longe, adora make e apaixonada por produtos de cuidado para os cabelos, além de morrer de orgulho de enfim não roer mais as unhas.

Mamãe da Júlia.

http://instagram.com/depoisdababy

24.03.15

Uma falsa ruiva de verdade

capa1 copy

Foto: Elias Sansão

Bom dia gatinhas!

A querida Débora Antunes pediu que eu contasse um pouco sobre a cor do meu cabelo, então estou aqui para contar para vocês sobre minha ruivice!

E só para esclarecer o certo é ruivice mesmo, eu pesquisei =P

Condição ou estado de quem é ruivo:

A ruivice da atriz assegurou-lhe o papel.

(F.: ruivo + ice.)

Mas vamos ao que interessa! Eu não fui sempre assim, ruiva, infelizmente.Mas eu me amo mais assim, digo que minha alma é ruiva, ela deve ter vindo ruiva em várias encarnações, por isso o meu cabelo sempre fica avermelhado.

Quando eu era pequena meu cabelo era dourado, conforme fui crescendo ele ficou entre um dourado e um avermelhado, que minha irmã gentilmente apelidou de “cor de burro quando foge”.

304043_196249790448795_1760837239_n

1 ano

311510_196249103782197_1490585304_n

18 anos

Meu cabelo teve “cor de burro quando foge” até meus 22 anos, quando minha mãe finalmente “deixou” eu pintar, e de lá pra cá já se passaram 11 anos e inúmeros tons de vermelho.

300315_196249523782155_1145876868_n

(22 anos) Tentativa de um ruivo natural inspirado na Nicole Kidman, está escuro na foto, mas não tenho uma melhor.

Minha primeira inspiração foi a Nicole Kidman em Moulin Rouge, fiquei louca com o cabelo dela e tentei copiar o tom para minha formatura. Depois passei pela enorme gama dos vermelhos aos laranjas, passando por breves loiros, por motivos que já nem lembro, até que por fim, motivada unica e exclusivamente pela preguiça, fui voltando ao tom natural.

tons de vermelho

Todos os tons de ruivo.

Cansada de pintar eu fui deixando desbotar e pintando de caramelo até atingir o tom da raiz e não precisar mais pintar. Mas aí comecei a sentir muita falta de ser ruiva, e dentro de mim ficou uma luta da ruivice contra a preguiça.

saindo do vermelho

Voltando ao tom natural.

Até que atingi a fórmula mágica que uso hoje! Meio tubo de tinta 7/4 e água oxigenada volume 13, também meio potinho. Quando comecei usava a 6/4, mas achei que estava clareando muito e mudei. Eu uso só meio pq o cabelo já está no tom certo e eu tenho pouco cabelo.

tinta

A “fórmula mágica”!

Essa cor para mim funciona muito bem, ela não me deixa com raiz, posso passar quantos meses quiser sem pintar. Claro que o ruivo vai saindo conforme vou lavando, não sei quanto tempo leva para sair todo, depende do tempo e de quantas vezes uso shampoo anti resíduos. Em geral gosto mais do tom que fica depois de lavar a cabeça umas duas vezes, fica bem natural. Durante um mês, sem o uso do anti resíduos, o cabelo permanece com um ruivo natural.

ruivo

Ruivo com 6/4. O cabelo está recém pintado em todas as fotos.

Cheguei passar um ano sem pintar, depois já fiquei uns 6 meses, eu pinto quando tenho vontade e isso funcionou bem para mim.

10308069_772944369445998_6536642134576898627_n

O tom ideal. Para mim esse foi o tom mais perfeito, é com 7/4 depois de já ter lavado a cabeça cerca de duas vezes. O gatinho na foto é o meu noivo <3

Sei que nem todas vão atingir o mesmo tom com essa forma, mas nesse caso a única forma que conheço é descolorir e colorir com a tinta 7/4 ou 6/4. A duração é outra, o pigmento fixa melhor. Funciona muito bem!


Cleide é uma terapeuta louca por animais, que adora se maquiar, embora tenha preguiça

É uma hippie chique que ama tanto o mato como a moda.

Noiva nos preparativos do “grande dia”.