Categoria: plus Size

22.05.11

Make para Castings de Modelos Plus Size

Olá Pessoal!

Conversando com algumas leitoras do Beleza Sem Tamanho, descobri que muitas de nossas leitoras têm o sonho de se inserir no mundo fashion plus size, atuando como modelos.

Aproveitando que o Fashion Weekend Plus Size está com as inscrições abertas para o casting da edição Primavera-verão 2012 até o dia 08/06/2011, com seleção no dia 11/06/2011 (Informações AQUI), resolvi deixar algumas dicas legais de cuidados com a pele e maquiagem para quem vai participar deste ou de outros castings e não tem como ter um profissional à disposição para fazer a produção.

Se você tem a intenção de ser modelo, os cuidados com a pele devem ser  prioridade na sua vida.

Higienizar, tonificar e hidratar, com produtos indicados ao seu tipo de pele, pela manhã e a noite, deve fazer parte da sua rotina diária.

Usar filtro solar não é um hábito seu? Então trate de mudar de hábito já!

O uso do filtro solar é indispensável para proteger a sua pele e prevenir o surgimento de manchas e sinais de envelhecimento precoce. O ideal é o FPS 30.

Caso esteja com muitos cravinhos e já tenha algum tempo que você fez a sua última limpeza de pele, de 15 a 10 dias antes da seleção, procure uma esteticista de sua confiança e faça uma limpeza de pele, para remover os cravinhos, células mortas e deixar sua pele com um aspecto mais viçoso e saudável.

Se você estiver ruim de grana e não tiver como procurar uma profissional esteticista no momento, você pode 1 ou 2 dias antes, fazer em casa uma esfoliação, de preferência com um produto de qualidade, para auxiliar na remoção das células mortas e pequenos cravos.

Na véspera da seleção procure dormir cedo e ter uma noite de sono tranquila.

No dia da seleção, siga a sua rotina de cuidados diários com a pele e aplique uma máscara facial para dar aquele up.

Se a sua pele for mista ou oleosa, o ideal é que você use uma máscara com propriedades adstringentes, pois ajudará a controlar a oleosidade e consequentemente a make durará mais tempo.

Se a sua pele for normal ou seca, use uma máscara facial de descanso, com propriedades hidratantes ou ainda uma máscara de efeito lift.

Na hora da make, invista no nude, sem medo de errar!

A maquiagem nude é chamada maquiagem de embelezamento, que realça a sua beleza sem ficar óbvia demais.

É muito importante que você dê toda a atenção a cobertura da pele, para que você consiga cobrir possíveis marquinhas e imperfeições, de forma bonita e natural.

Na hora do corretivo tome cuidado para não escolher uma cor clara demais e acabar ficando com aquele efeito de panda invertido, que fica péssimo nas fotos! O ideal é que o corretivo seja 1 tom mais claro que a pele. Leia mais sobre corretivos AQUI.

Para escolher a cor de base certa, faça o teste na lateral do rosto ou na testa. A base ideal é aquela que desaparece na sua pele.

Na hora de aplicar a base, vá aplicando aos poucos, de preferência com o auxílio de um pincel, pois a esponja absorve mais produto e corre-se o risco de exagerar na dose.

Uma dica para não errar na quantidade de base é usar uma plaquinha de metal ou um cd para espalhar a base. Coloque na plaquinha 1 gota da base e com o pincel “estique-a” na plaquinha, como mostrado nas fotos. Na hora de aplicar vá pegando pequenas quantidades da base, iniciando pela parte onde a base está mais fina e vai aplicando. Conforme a necessidade vá pegando mais.

Se a sua base é do tipo de cobertura média ou alta, você pode aplicá-la usando um pincel do tipo duo-fiber, como o da foto, que irá dar um acabamento mais leve e natural. Este tipo de pincel é muito utilizado em maquiagem de alta definição para televisão.

Uma dica muito interessante da maquiadora e fotógrafa Paola Gavazzi do site Truques de Maquiagem é aplicar a base de cobertura alta, com o pincel de contorno (aquele pincel grande chanfrado) umidecido com água termal (na falta pode borrifar soro fisiológico no pincel). Deposita a base e espalha. Se tiver dúvidas vale à pena conferir o vídeo tutorial da Paola AQUI.

Escolha um pó  facial translúcido bem fininho para fazer o acabamento e tirar o brilho da pele.

Na make dos olhos, vale à pena usar um lápis nude ou branco na linha d’água, caso seus olhos sejam pequenos para dar a impressão de olhos maiores. Lápis marrom ou preto esfumado na raiz dos cílios, para dar um efeito bem natural. Curvex e máscara de cílios para destacar o olhar.

Sombras discretas em cores próximas ao seu tom de pele. Você pode usar uma cor mais clara na pálpebra móvel, outra um tom mais escuro para marcar o côncavo e iluminar com um branquinho opaco. Tons de rosa claro, bege e marrom são boas opções, dependendo da sua cor de pele.

Blush suave e esfumado para dar um arzinho de saúde, batom e gloss em cores discretas.

Lembre-se que a seleção para um casting vai avaliar a sua beleza natural, desenvoltura e fotogenia, então exagerar na make, ao invés de impressionar pode contar pontos contra você!

Tenham uma ótima semana e desejo BOA SORTE para a todas meninas que forem participar do casting do FWPS!

Beijinhos

Mônica Silva
http://divasbeautyblog.blogspot.com
http://belezareveladamk.blogspot.com
http://belezareveladacurso.blogspot.com

16.05.11

Mês das noivas e das dicas também

Quando chega o mês de maio, além de eu pensar no meu aniversário (hehehe), eu penso logo no mês das noivas!!! Cada uma mais linda do que a outra, já perdi a conta de quantos casamentos fui e quase peguei o buquê!
Mas, fora isso, começam os preparativos para o grande dia!!! Afinal, tudo tem que sair perfeito, não tem que dar NADA errado.
Confesso que eu sou uma grande fã de casamentos… embora eu nem tenha namorado, noivos e afins, AMO ajudar em casamentos. 
Estou até pensando em fazer um curso de cerimonista (já fui cerimonista de paixão em dois casamentos, que tal eu começar a ganhar com isso? :p)
Andei pensando por meses em falar sobre esse assunto. Porém, o mês é propício para isso!
Visitei o ExpoNoivas daqui do Rio de Janeiro, que aconteceu no Rio Centro em Jacarepaguá! Cheguei às 15hs e só sai de lá às 22h40min e mesmo assim, não tinha visto tudo. (Só para ter noção!)
Me “travesti” de noiva. Porque é um tal de “noivinha pra lá”, “noivinha para cá”, é um verdadeiro shopping das noivas… e qual mulher não AMA shopping?
Então, nesses alguns meses e experiências de pesquisas, pude constatar o seguinte:
– A festa não é só da Noiva! As grandes estrelas são os dois: Noivo e Noiva. É muito importante que o seu noivo participe de todas as suas escolhas. (Exceto o vestido e a decoração da Igreja, que geralmente fica a cargo da noiva mesmo, mas de resto… abusem dele também! Deixa ele sentir toda tensão junto contigo!!!!). Conheço histórias de que o noivo só soube das coisas que aconteceram no casamento NA HORA!!
– Padrinhos e Madrinhas não são escolhidos conforme a disponibilidade monetária e sim do grau de afinidade do casal. Seus padrinhos não são obrigados a dar uma geladeira ou um ar condicionado ou qualquer outro objeto.
– Vale tudo! Chá de panela, chá de lingerie, chá-bar… cada um da sua maneira e seu jeito.
– Se você casar na Igreja saiba de todas as regras que são impostas ali. Inclusive em relação ao horário. Algumas Igrejas fazem casamentos um atrás do outro e outras que cobram multa por atraso, por excesso de decoração e afins. Portanto, certifiquem-se! É super deselegante chegar 1 hora atrasada na Igreja, já passou do tempo, aliás!
– Evitem chamar crianças muito pequenas para pajem ou daminha, a não ser que seja seu filho, sobrinho (a) ou qualquer outra criança que tenha intimidade e que não dê, principalmente escândalo na hora e se recuse a entrar devido a quantidade de pessoas. O ideal é escolher crianças entre a idade de 5 a 10 anos que não dão umas surtadas ou fazem pirraça!
– Além disso, alguns itens que você pode economizar são nas rodadas de descontos que tem no Orkut. Porém, cuidado! Certifique-se sobre a empresa que está fornecendo aquele produto, entre em contato com antigos clientes, pois, como já disse acima, não quer que NADA dê errado.
– A melhor parte do casamento são as degustações. Você pode experimentar a vontade, desde que seja com coerência.
– Madrinhas e convidadas: Na cerimônia religiosa, EVITEM decote, deixem o decote para a festa. Usem uma echarpe.
– Fotografia e filmagem: NADA DE AMADORES para fotografar e filmar! É um investimento para a vida inteira e eu tenho certeza que é um investimento válido.
Depois de algumas dicas, vamos ao que interessa: O VESTIDO DA NOIVA.
“Nozes”, a grande maioria plus size, quer entrar deslumbrante na Igreja, não?

Antes de falar sobre esse tema, eu já tinha pedido autorização a uma amiga minha, Bianca Vicente, que casou em 02/10/2010. (vide foto dela abaixo). Foi um casamento lindíssimo, cheio de peculiaridades!!!


Uma das grandes dificuldades é encontrar alguma loja que tenha vestido “plus size” para aluguel disponível. Confesso que essa foi a minha MAIOR dificuldade de encontrar porque a maioria dos stands expostos na expo tinha apenas até o tamanho 42 quiçá 44! Mas não desistam. Geralmente, as lojas costumam fazer o desenho para você. Até agora, eu só vi o Edson Eddel (www.edsoneddelnoivas.com.br) a trabalhar nesse seguimento mas a loja fica em Curitiba – PR! =/
Se alguém tiver alguma dúvida, podem deixar recadinhos aqui ou então me mandem um e-mail. Ficarei grata em responder: carolferreirarj@gmail.com
27.01.10

Como ser gorda

Minhas filhas, vocês que estão aí morrendo de lipoescultura, enchendo a cara de sibutramina, fazendo carta pra “Ana e Mia”, recusando a sobremesa, fedendo a vômito, estragando a patela nas horas de exercício, dando dinheiro pras piranhas dos shakes, pras revistas de dieta, minhas amigas. Vejam bem. É difícil não conseguir entrar numa calça 38. Ou 40. Ou 44. Quando é 46, é dramático. Mas vem cá. E daí?

Quando “as amigas” dão conselhos ou te olham de cima a baixo, simpáticas, jurando que te adoram, dá pra sentir isso mesmo? Quando gente que “está bem pra caramba” solta aquele olhar de reprovação, gente. Olha a cara de merda desse povo.

Quando seus namorados, maridos, ex-s, quando esses homens maravilhosos dizem que você está com banha sobrando, quando eles reprovam seus gostos e suas formas, antes de sair correndo com vontade de chorar e de não comer nada nunca mais, já parou pra examinar a figura? Os modos, a barriga se pronunciando rotunda e irreversível, os cabelos caindo, a pele manchada, as roupas que pelamordedeus –se você não desse um toque, o cara sairia na rua parecendo uma versão humana do fim do mundo. Desastre após desastre, pelanca após pelanca, o churrasco e a cerveja se garantem ali, naquelas figuras, e são proibidos a nós, as gorda, LES GORDE.

Quando as lojas expõem nas araras montanhas de roupas de tamanho 36 e 38, quando juram que aquelas modelagens de rato que vendem correspondem ao padrão, quando mal dá pra entrar numa bata fabricada sob a simpática etiqueta “TAMANHOS ESPECIAIS PARA BALOFAS DE ESTILO”, por que continuamos olhando? Por que compramos essas porcarias e insistimos em caber nessas capas de botijão de gás? Por que estamos pagando pra sermos humilhadas? Pra resistir à tentação de passar no Burger King depois? Que seja. Mas não resistimos. Vamos pras radicalices, pras cirurgias, sibutraminas, aceitamos a morte como forma de emagrecimento rápida, aceitamos a diarreia do Xenical em troca de onion rings. Olhamos as modelos esquálidas e achamos que é assim mesmo, “que é assim mesmo”, e que o mundo não foi feito pra nós. Somos admoestadas por endocrinologistas obesos, por cardiologistas fumantes, por companheiros que preferem o fedor do vômito à flacidez da banha. E, olha, se preferem, que bom. Mas não somos obrigadas a concordar.

Revistas femininas, pautadas por dietas, roupas impossíveis, “como ter orgasmos”, “como casar” e bolo de chocolate de caneca, não mereciam mais a nossa atenção –nem o nosso dinheiro. É fácil até pros ginecologistas de programa de auditório entender que a anorgasmia deve ter uma relação bem próxima com o desconforto físico. Não tem como alguém sentir prazer num corpo do qual sente vergonha. Vender receitas de bolo de chocolate e coquetel de camarão entremeadas por anúncios de shakes emagrecedores e matérias sobre lipossucção é quase tão escroto quanto apontarem sua barriga por trás de uma temível bola de basquete recoberta de pêlos. Você já viu essa imagem. Você sabe.

Vamos tentar comer salada e fazer caminhadas, mas de forma menos infeliz e forçada? Vamos largar esse monte de lixo que nos empurram dia a dia? Vamos abandonar a “obrigação” de cuidar de TUDO sozinhas, a “obrigação” de dar conta de TUDO + a “obrigação” de nos sentirmos mal e nos odiarmos porque, bem, é isso aí, o peso está sobrando? Vamos começar a estranhar quando gente com quem não temos nem queremos ter a menor intimidade nos fala de dietas e receitas de vida? Vamos tentar gostar disso que carregamos com tanto custo –ou perdê-lo sem nos perdermos no meio do caminho. Vamos tentar achar quem realmente goste de nós, em vez de estetas de última hora incapazes de uma boa consulta ao espelho? Vamos mandar à merda as “consultoras de moda” que dividem as roupas entre “pra quem está magra” e “saco de lixo espacial pra esconder gordas”? Vamos admirar aquelas corajosas que saem à rua exibindo uma torrente de gordura saltando das minirroupas que outras pessoas determinam como “roupa do verão –para magras”? Vamos ter um pouco de liberdade? Vamos mandar essa gente louca tomar no cu? Vamos parar com a mania de sermos zumbis, vagando e vomitando à espera dos nossos “iguais”? Vamos, por favor?

Precisamos de um monte de terapia coletiva. Vamos conseguir.

E a mensagem emocionante do final.

Encontrei esse texto no http://brazilianwax.wordpress.com/ e adorei.

26.10.09

Essa sou Eu!

Muitas pessoas que passam por aqui já me conhecem, mas outras ainda não, então vou me apresentar: me chamo Kallina, mas vocês podem e devem me chamar de Kalli, ok?


 

Sou essa da foto apesar de minha especialidade e entendimento de causa seja o mundo FAT/ Plus Size, eu tenho enorme admiração a outros tipos de “Diferenças” e é isso que pretendo trazer para vocês aqui no Beleza sem Tamanho. Tenho 20 e poucos anos, moro no interior de Minas Gerais e sempre fui atuante em fóruns de debates sobre a beleza gorda e preconceitos envolvidos.

Espero com sinceridade conseguir estar somando com o blog.

Por enquanto é só beijossss a todos que passarem por aqui,  nunca se esqueçam você é BELA e BELO por mais que o mundo e a sociedade não enxerguem, tenham convicção que cada um de vocês possuem uma BELEZA SEM TAMANHO.

20.10.09

Agredida por ser Gorda

agradida por ser gorda

  A inglesa Marsha Coupe, de 53 anos, estava viajando tranquilamente na cadeira de um trem que ia de Londres para sua casa, em Kent, cidade no sudeste da Inglaterra, quando uma mulher com cerca de 40 anos sentou-se ao dela e começou a ofendê-la.
 “Sua baleia! Você deveria ter comprado dois assentos em vez de um!”, berrou a agressora.
Marsha, que pesa 98 quilos e estava ocupando dois bancos, não reagiu.
Mesmo assim, a agressora começou a bater em Marsha, dando golpes e, até mesmo, mordidas.
“Fiquei com umas quarenta marcas pelo corpo”, contabilizou a vítima.
Outras pessoas no trem tentaram impedir a briga, mas não conseguiram conter a passageira enfurecida.
A agressora sumiu na parada de trem e ainda não foi localizada.
Fonte : BlogZapeando
O que pensar sobre isso ? Eu estou ainda fazendo meus cálculos, pois se a agressora se irritou com o tamanho de Marsha, eu na certa apanharia bem mais. Espero que ela tenha que pagar por essa atitude totalmente descompensada que ela teve, não faz sentido algum que uma pessoa seja agredida por ser gorda.
Torço também para que Marsha consiga superar as dores o trauma que este fatídico dia devem ter deixados.