Categoria: Gastroplastia

04.05.11

Malissa, 21 anos e já conhece bem os extremos do Transtorno Alimentar

Malissa Jones foi considerada a adolescente mais gorda da Grã-Bretanha, aos 17 anos se submeteu a uma cirurgia de estômago e reduziu 159 quilos se tornando uma gorda aceita na sociedade no quesito tamanho.
Já no fim de 2009 deu uma entrevista dizendo se arrepender por mais que pareça ingrato ela preferia ser obesa, o governo não arcaria  com as plásticas  e ela não tinha como ter esse dinheiro, declarava preferir o corpo grande e rigído do que o atual  totalmente flácido que ela acabava escondendo em roupas. [veja aqui]



Lendo assim é bem triste, só que infelizmente a saga de Malissa não terminou assim.

Hoje saiu uma nova matéria dela na mídia onde traz a triste notícia que ela desenvolveu anorexia e se encontra hoje com 50 quilos sendo 12 de peles.
Os motivos que levaram Malissa a isso podem ser diversos, mais sabemos bem que o acompanhamento psicológico no caso dela foi totalmente falho.
Eu lamento que em 2009 quando ela deu a declaração sobre a vergonha do seu atual corpo, não tenha conseguido que o governo a ajudasse, creio olhando daqui que ela deu o grito de socorro na matéria mais infelizmente não foi ouvida e hoje ela está novamente pedindo para viver, espero que algo seja feito e que daqui um tempo sejamos presenteados com a notícia que ela está bem e saudável.


Para Malissa fica o desejo de recuperação, ela só tem 21 anos e muita carga emocional baseada em seus transtornos alimentares.


Para todos que passam aqui fica a reflexão, a cirurgia não é o fim dos problemas, se essa garota tivesse encontrado na vida dela algum caminho mais lento para sair do risco de morte por ser obesa provavelmente estaria sendo mais feliz.
Mais ela não deve ter tido muito escolha e aos 17 anos as coisas podem parecer encantadoras.
Meninas e meninos de 40/50/90/110/150 ou 200 quilos que passam no meu blog, acredite a BELEZA  é sem TAMANHO, busquem estar saudáveis não se apeguem no que uma balança mostra sobre vocês e muito menos no que a mídia tenta te vender.

12.04.11

Não queira emagrecer em 1 ano o que vc levou décadas para engordar….

“Médicos não recomendam a Gastroplastia para menores de 18 anos.”

[frase do Bom Dia Brasil]
Saiu na mídia semana passada uma matéria que aponta adolescentes estão recorrendo a cirurgia e o maior motivador é o Bullying na semana passada.
Mais infelizmente isso só vai aumentar, os relatos de sucesso encantam muito mais que os escassos relatos de insucesso.
[para lembrar eu sou indicação médica para a cirurgia desde de 17 anos e já se passou 10, e não me considero prejudicada por ter passado os últimos anos Obesa]
Aproveito a pauta do Bom dia Brasil para dizer mais uma vez que a cirurgia não é sua última solução mesmo se você tiver feito dieta a sua vida toda se permita mais uma vez tente novamente pois o emagrecimento só vai depender de você.
A Ana do blog MundoGG ontem fez um post mostrando perfeitamente que todo mundo pode conseguir sim emagrecer basta realmente querer.
Não se iludam em emagrecer em um ano o que vc levou mais de 10 para engordar, sabemos que o imediatismo encanta mais convido vocês mais uma vez a enxergar a Beleza sem Tamanho que cada um de vocês possui e a cuidar de sua saúde do jeito mais tradicional e eficaz do mundo que é Reeducação Alimentar associada com Atividade Fisíca.
06.04.11

A tal da Gastroplastia … e sua Banalização em Ascenção

Estou eu aqui assistindo ao Bem Estar, [programa matinal da Globo que visa promover o bem estar acredito eu]  veio a pauta do dia  a Cirurgia do Alexandre.
Um moço alto jovem de 124 quilos e IMC 39, aparentemente boa saúde e que creditou a cirurgia sua única chance de emagrecer, até ai tudo bem caso conhecido e normal nos dias de hoje.
Mais o Bem Estar faz a chamada para a matéria assim:

Alexandre sai da Churrascaria direto para a Cirurgia… ualll quem assite pensa que é a coisa mais simples do planeta não é mesmo?
No decorrer na matéria ele cita jejum de 12 horas, o fim da matéria eu passei pensando em postar ou não sobre aqui no blog e parei de prestar atenção.

O que eu quero abordar aqui é a BANALIZAÇÃO da cirurgia, a TV vende como se a pessoa estivesse indo fazer um corte de cabelo.[se bem que eu cortaria o cabelo antes de ir na churrascaria #vaidadefemina haha]
Tenho amigos operados que admiro, tenho leitores operados e não sou contra a pessoa se operar por problemas de saúde e nem por problemas de autoestima pois isso abala sim a Saúde da pessoa.

Mais faço a vocês um convite antes de se iludirem com chamadas de programas assim, tente se amar de verdade e se for necessário opere mais não entre nessa por modismo e facilidade, para muita gente o final não é tão feliz quanto a mídia prega emqualquer pesquisa simples vocês podem conhecer pessoas que não alcançaram os objetivos com a mesma facilidade que pintamos os cabelos como teimam em mostrar.

16.02.11

ANVISA quer banir os Remédios de Emagrecer

O reinado dos remédios emagrecedores está por um fio. 
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) quer banir de vez a comercialização de todas as drogas usadas para emagrecer que atuam no sistema nervoso central: a sibutramina e os derivados de anfetamina (femproporex, dietilpropiona e mazindol). 
A única droga para o tratamento da obesidade que continuará liberada será o orlistate (Xenical), que atua diretamente no intestino, reduzindo em cerca de 30% a absorção de gordura.
Diante de estudos que apontam que o consumo de sibutramina aumenta o risco de problemas cardíacos, desde o ano passado a Anvisa impôs novas regras e endureceu os critérios de venda dessa droga. Ela deixou de ser vendida como medicamento comum e passou a integrar a categoria dos anorexígenos, drogas que exigem receita especial.
A proposta de proibir os emagrecedores foi anunciada a especialistas e entidades médicas da área na semana passada e será publicada hoje no site da agência, junto com um parecer explicando os motivos. 
Para médicos endocrinologistas que atuam no combate à obesidade, a medida é radical demais e vai deixar os pacientes sem opção de tratamento, já que o controle da fome e da saciedade ocorre no cérebro. “Quase metade da população brasileira tem sobrepeso. 
Muitos pacientes não conseguem perder peso com o tratamento clínico convencional, que inclui dieta e exercícios físicos. Como vamos controlar a obesidade desses pacientes sem mexer no cérebro?”, diz o endocrinologista Márcio Mancini, chefe do departamento de obesidade do Hospital das Clínicas (HC).
Texto retirado daqui.
E ai o que vocês pensam disso? 
Eu sou totalmente contra essa ação de BANIR, acredito que sim muita gente faz uso indevido sem medir as conseqüências, mais isso vai continuar acontecendo.[o Paraguai é ali e essa é só uma das opções]
Banir para que os usuários comecem a usar na ilegalidade [já existe um mercado negro disso na internet], vão fazer dos remédio serem comercializado como drogas.
A verdade que todo mundo sabe o bem e o mal que eles podem causar, eu tenho uma relação intensa e antiga com remédios, e  acho que proibir a comercialização não vai mudar nada, a não ser que ao invés de investir em médicos e ter uma opinião, orientação e uma certa obrigação de se manter na dieta, as pessoas vão aderir a compra na mão de qualquer um que tiver a fornecer.
Remédio é coisa séria e deve ser usado em casos de necessidade, sendo banidos vai acabar empurrar sei lá quantos milhões de pessoas para a cirurgia bariátrica, acho que deve ser esse o motivo  da proibição o Centrum é mais caro que os citados, e rende mais todo mundo dependente de polivitamínicos a vida toda do que usando esporadicamente os inibidores.
Antes que me questionem já informo meu primeiro remédio foi aos 10 anos já os tomei por diversas vezes sem real controle da situação e desde os 19 anos aprendi a usar eles de forma correta e tomo sempre que sinto necessidade, meu alvo nunca foi ser magra mais eu não penso em passar do limite que eu considero bom para o meu corpo e sim isso acarreta em passar alguns meses do ano com medicação.
Toda doença crônica é controlada com medicamentos[diabetes, hipertensão], a medicação no obeso não deve ter função emagrecedora e sim controladora da doença.

PS: Não estou estimulando vocês a usarem remédio quisera eu nunca ter tido contato com eles, pois embora não me façam nenhum mal sei de todos os riscos.

10.02.11

Incoerência : Fabiana Karla se opera para perder peso

A atriz Fabiana Karla conseguiu perder o titúlo de “Gorda Engraçada” arrasando no Teatro com a peça Gorda desde setembro de 2009 ficou em cartaz tempos em São Paulo e depois ainda visitou outras cidades passou 2010 quase todo sendo a GORDA.
Na época da divulgação ela sempre falou muito em aceitação em saúde 100% e que não operaria. [confiram aqui  uma das matérias da época]
Quando iniciei a divulgação do Love Your Body ela deu apoio no twitter e até enviamos uma blusa para ela, que eu tinha achado que ela não havia gostado até então.


Vi na mídia uma matéria (aqui) dela citando ter emagrecido 16 quilos e querer perder mais 10, mais para mim ela sempre foi um ícone de auto estima GG da mídia nem cogitei que ela havia se operado, conclui está de dieta afinal eu me amo GORDA, mas estou sempre no controle do meu corpo odeio perder as rédeas.


No último domingo uma amiga me perguntou se eu sabia se a Fabiana Karla tinha operado, eu surpresa respondi que não,  e ela me enviou esse link aqui
Na entrevista ela cita essa frase:

Achei essa foto por acaso, não se preocupem ela não passou fome

 “Minha vida é muito corrida, depois da cirurgia com certeza vou ter mais disposição, comer a vontade, e o principal, me sentir bem e com mais saúde. Também quero deixar bem claro que nunca assinei contrato para ser gorda”.


Sim Fabiana você não assinou contrato nenhum, e ninguém precisa ser Gordo se não tem vontade de ser, mas fiquei decepcionada com o seu posicionamento.
Então você pesquisou muito, já pensava nisso sempre?
E por que sempre se declarava feliz sem neuras, e foi ser a GORDA no teatro?
Ou você usava essas declarações irreais para conquistar fãs e assim fazer da peça um sucesso?


Na verdade não posso julgar ela, mas é inevitável não ficar decepcionada com a incoerência das palavras em relação as ações dela.
Acho bem “feio” ela agora estrelar a página do Doutor, pois ela deveria reconhecer que tem muita adolescente que se inspira nela e agora ficam com a certeza que só é feliz quem opera.


Só para constar sei que tenho vários leitores Gastroplastizados ou operados com  outras técnicas, eu sou contra em casos de estética sim e sempre serei,  isso ninguém vai me tirar que é a minha opinião, mai se você fez e é feliz isso que importa e eu te respeito.


E mais uma vez eu uso as palavras de Caetano aqui para concluir:

Cada um sabe a dor.
 E a delícia.
 De ser o que é