Categoria: Bullying

07.04.12

Bullying e o Massacre de Realengo

Hoje venho aqui além de falar mais um pouco sobre Bullying, venho também prestar homenagem aos familiares que perderam seus entes queridos no Massacre de Realengo.

Talvez muitos de vocês nem se lembrem, mas hoje faz 1 ano que ocorreu o massacre em uma escola municipal, e isso no nosso País…

Relembrando um pouco, no dia 07 de abril de 2011, na parte da manhã, um ex-aluno da Escola Municipal Tasso da Silveira entro na escola e atirou de forma indiscriminadamente contra crianças e adolescentes que se encontravam nas salas de aula, 20 alunos foram feridos e 12 mortos (10 meninas e 2 meninos). As crianças perplexas com a situação fugiram enquanto o assassino Wellington Menezes de Oliveira, recarregava suas armas. Nas proximidades da escola os alunos encontraram o sargento da PM Márcio Alexandre Alves, que no momento fazia blitz de praxe, tão logo o sargento se dirigiu à escola e ouviu som de tiros, encontrou o assassino saindo da sala onde havia baleado fatalmente 8 crianças, e então efetuou dois disparos de fuzil, um deles atingiu o abdômen de Wellington, ao cair na escada que o levaria para o andar superior da escola, Wellington disparou contra própria cabeça, concretizado o suicídio.

Gente isto ocorreu a 1 ano, e deveria no mínimo servir de aprendizado para nós… e o que encontramos hoje são pessoas que ainda acham que Bullying é brincadeira, que não tem problema nenhum, que faz parte do crescimento da pessoa… Oi? Como assim? haha

É lamentável ver que o Brasil ainda não a conscientização necessária para acabar com o fenômeno Bullying Escolar, e que infelizmente ainda perderemos muitas crianças inocentes por culpa daqueles que não foram capazes de educarem seus filhos.

Junto a este post faço um apelo, a todos que querem acabar com o Bullying, que ensinem aos seus filhos, sobrinhos, amigos, netos, primos, tios, vizinhos, a todos a forma correta de lidar com essa situação.

Deixo aqui também os meus sentimentos aos familiares das vítimas, e que se depender de mim esse caso não será esquecido e lutarei para que outras crianças não passem pelo mesmo.

Vítimas – Conforme a lista divulgada pela polícia do Rio de Janeiro, as doze vítimas fatais foram: Ana Carolina Pacheco da Silva, 13 anos; Bianca Rocha Tavares, 13 anos; Géssica Guedes Pereira, 14 anos; Igor Moraes, 12 anos; Karine Chagas de Oliveira, 14 anos; Larissa dos Santos Atanásio, 13 anos; Laryssa Silva Martins, 13 anos; Luiza Paula da Silveira Machado, 14 anos; Mariana Rocha de Souza, 12 anos; Milena dos Santos Nascimento, 14 anos; Rafael Pereira da Silva, 14 anos; Samira Pires Ribeiro, 13 anos.

 

Post escrito por Lara Fonseca, que também pode atender como minha irmã.

A Lara tem 23 anos, graduanda em Pedagogia e Matemática, pesquisadora sobre Bullying.

Acompanha o movimento plus mas bem de longe.

04.04.12

Vídeos da Julie e a visão deturpada do Bullying

Gente, quem aqui ainda não conhece a fofissima da Julie? Então acho que todo mundo né… a Julie é uma fofa com suas dicas de maquiagens para ficarmos mais lindas haha

Hoje vi um vídeo dela novo, postado  dia 02/04, o tema é até muito interessante e realmente esperei que a fala dela seria diferente no vídeo. O que acontece é que como sabemos a Julie é apenas uma criança e está sendo moldada pela sua mãe para fazer tais vídeos, até ai tudo bem, ela é fofa mesmo, muito engraçadinha… porém esse novo vídeo deixou o lado engraçadinha e passou para um assunto muito sério que foi trato de forma errada.

Como podem ver no vídeo abaixo.


No vídeo Julie fala sobre Bullying, e ela diz que não adianta contar para mamãe, papai e professoras, e que chamam ela de gordinha, mas ela é gordinha e pode emagrecer, e os meninos que são feios e burros, esses precisam nascer de novo.

Como assim fofa, você falando isso está praticando Bullying sabia? Não é porque alguém nos ofende que também devemos ofende-lo, essa não é a forma certa de sanarmos o problema, o texto provavelmente foi elaborado por um adulto, se não foi, houve a autorização de um adulto para colocá-lo na rede né. E é com isto que fico atônita… como assim um adulto, nos dias de hoje, expõe uma criança dessa forma? Não sei quem é o responsável por isso, mas a pessoa que fez… deveria ensinar a Julie que a solução do Bullying não é ofender o outro, e sim avisar a mãe, pai, professora, coordenação da escola. E ainda lembro que se todas essas atitudes não resolverem nada, os pais devem procurar soluções legais para o problema. Pois a criança que sofre de Bullying hoje pode vir a desenvolver um transtorno psiquico daqui a alguns anos, e agindo dessa forma, insultando as outras pessoas, ela só mantém viva cultura do Bullying.

Julie, você é linda, fofa, engraçada e não precisa emagrecer para seus amiguinhos te aceitarem, muito menos ofende-los, todos somos lindos, porém de formas diferentes.

 

Post escrito por Lara Fonseca, que também pode atender como minha irmã.

A Lara tem 23 anos, graduanda em Pedagogia e Matemática, pesquisadora sobre Bullying.

Acompanha o movimento plus mas bem de longe.


02.04.12

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Comemoramos hoje o dia de Conscientização do Autismo.

Por isso vamos falar um pouquinho dessa disfunção, para que todos conheçam, respeitem, entendam e assim tenha consciência do que se trata.

“O autismo é uma disfunção global do desenvolvimento. É uma alteração que afeta a capacidade de comunicação do indivíduo, de socialização (estabelecer relacionamentos) e de comportamento (responder apropriadamente ao ambiente — segundo as normas que regulam essas respostas). Esta desordem faz parte de um grupo de síndromes chamado transtorno global do desenvolvimento (TGD), também conhecido como transtorno invasivo do desenvolvimento (TID), do inglês pervasive developmental disorder (PDD). Entretanto, neste contexto, a tradução correta de “pervasive” é “abrangente” ou “global”, e não “penetrante” ou “invasivo”. Mais recentemente cunhou-se o termo Transtorno do Espectro Autista (TEA) para englobar o Autismo, a Síndrome de Asperger e o Transtorno Global do Desenvolvimento Sem Outra Especificação.

Algumas crianças , apesar de autistas, apresentam inteligência e fala intactas, outras apresentam sérios problemas no desenvolvimento da linguagem. Alguns parecem fechados e distantes, outros presos a rígidos e restritos padrões de comportamento. Os diversos modos de manifestação do autismo também são designados de espectro autista, indicando uma gama de possibilidades dos sintomas do autismo. Atualmente já há a possibilidade de detectar a síndrome antes dos dois anos de idade em muitos casos.

Certos adultos com autismo são capazes de ter sucesso na carreira profissional. Porém, os problemas de comunicação e socialização causam, frequentemente, dificuldades em muitas áreas da vida. Adultos com autismo continuarão a precisar de encorajamento e apoio moral na sua luta para uma vida independente. Pais de autistas devem procurar programas para jovens adultos autistas bem antes dos seus filhos terminarem a escola. “

Vocês conhecem alguém com Autismo? Lidam bem com a situação? Com as experiências somadas podemos construir um mundo melhor e sem preconceitos.

Essa conscientização pode e deve ser feita diariamente, quanto mais conhecermos sobre a disfunção mais saberemos lidar com os portadores de Autismo.

Uma dica para quem se interessar pelo tema é ver o filme “Meu filho, meu mundo”.

18.01.12

“Tenho preconceito com quem tem preconceito”

Analice foi a primeira emilinada do BBB12.

Em sua passagem curta foi possível obeservar  a beleza na diversidade .A fofa não é somente gordinha, ela é uma mulher diferente da grande maioria.

Em entrevista  ao sair do programa, ela deu uma lição de autoestima e respeito ao próximo. (clique aqui para ler)

Mas um detalhe está deixando as gordinhas enlouquecidas, de onde são os vestidos da Analice? #Todasqueremsaber 

 

Se alguem ler esse post e souber mais detalhes sobre os modelitos dela, não deixem de nos contar.

Saiu a Analice prematuramente, e ficou a bela Mayara Medeiros outra representante fora dos padrões. Sobre ela  eu volto para falar depois.

 

 

 

27.09.11

Qual a graça do Gordo?

A trupe do Pânico está atrás de Zeca Camargo, para tentar tirar as medidas do apresentador.
Enquanto não conseguem, tiveram a brilhante idéia de ENGORDAR alguém para que chegue ao peso do Zeca e eles possam saber a medida.
Foi feita uma pesquisa para escolher entre Rodrigo Scarpa e Sabrina Sato, colocando #sabanhasato e #vesgorducho no Twitter e vendo qual os internautas iam escolher.
Com a ajuda de internautas [idiotas por sinal], entrou no treding topics o #vesgorducho. Agora, para ter o mesmo peso do Zeca, o comediante Rodrigo Scarpa tem a meta de engordar mais de 15 quilos em um mês.
É chocante assistir a mídia brasileira mais uma vez debochando de quem está fora do peso padrão. Além do deboche, agora vão pagar para alguém engordar para dar maior proporção à piada com o gordo do Zeca.[que eu nem acho que devia ser taxado de gordo]
Diferente de novelas e filmes, onde atrizes engordam para garantir um trabalho, ou até mesmo o caso das BBWS que fazem disso o seu trabalho, esse rapaz vai engordar com o único objetivo de debochar de outra pessoa.
Me ajudem a esclarecer alguma questões que habitaram minha mente desde que li sobre isso aqui.

  Debochar da cintura alheia, vale o sacrifício de engordar mais de 15 quilos, colocando a sua própria saúde em risco?
  Os telespectadores curtem tanto assim uma piadinha de Gordo?
  Só eu noto a diferença de altura e biótipo entre Zeca e Rodrigo?
  Quem teve essa ideia brilhante, não percebe o quanto ela é ridícula, preconceituosa e propagadora do bullying?

Acho que precisamos nos unir e colocar um #LipofobiaéCrime no TT, para ver se a mídia entende que ela não está agradando ninguém assim.