fbpx

Categoria: Aceitação

25.03.15

Paquerando a Gordinha – GorDivah No Ar

Coloca o fone e aumenta o volume, porque estava quase sem voz quando gravei este de madrugada.

Vocês concordam que é difícil para os fãs de gordinha nos paquerar? Alguns me disseram que as gordinhas não dão bola pra eles, que não acreditam que eles estejam interessados nelas. Outros desabafaram dizendo que ficam um tempão olhando pras gordinhas e elas não dão nenhum sinal para eles, que estão interessadas. Sabe, muitas moças às vezes me falam que as pessoas ficam olhando pra elas e elas acham que estão olhando de modo negativo, com preconceito. Mas vocês já pensaram que pode ser justo o contrário, que podem estar te olhando porque te acharam bonita,  curtiram seu estilo, adoraram seu jeito de andar, sorrir, colocar o cabelo atrás da orelha e se interessaram porque te acharam maravilhosa?

E vocês? Como reagem quando são paqueradas?

 

 

 

 

Beijos Queen Size,

Claudia GorDivah

17.03.15

Uma pessoa que gosto muito me chamou de obesa – GorDivah Responde

Hje fiquei muito triste, pois uma pessoa que gosto muito me chamou de obesa, eu não respondi nada, mas me magoei, sou gordinha e me sinto bem assim, só queria ser mais feliz, o que vc diria pra mim??

 faça sua pergunta

 

Eu sei que tudo depende da entonação e do contexto, mas, se você é gordinha e se sente bem assim, não tem porquê ficar chateada com “obesa”
Talvez a pessoa não tenha falado com a intenção de te machucar, talvez sim, não temos como saber isto, mas, acho que isso mostra que você precisa trabalhar mais essa questão interna. Se a pessoa tivesse te chamado de gordinha, você se sentiria diferente? Acho que você deve continuar desconstruindo a imagem negativa que você associa aos termos obeso ou gordo ou similares.
Me chamou atenção você dizer que queria ser mais feliz, meu anjo, felicidade não tem a ver com peso ou viver num mundo perfeito mas sim, com a maneira com que você lida com o que acontece com você e à sua volta.
Eu diria que estou à sua disposição para conversarmos mais no inbox  facebook.com/GorDivah e que precisamos turbinar seu amor próprio, levantar os escudos defletores e entender que pessoas rasas tem mente pequena e sempre vão tentar usar a aparência e coisas superficiais para atingir os outros e detonar a autoestima alheia.
A palavra gordo não deveria ferir tanto, mas infelizmente somos condicionadas desde pequenas a nos machucarmos com ela, peso é só o resultado da interação da gravidade em sua massa corporal, gorda, gordinha, fofinha, queen size, plus size, majestosa, obesa, são apenas palavras que não te definem e nem te desmerecem. Se referem apenas a uma característica física e você é muito muito muito mais que dígitos numa balança, medidas numa fita métrica ou opinião dos outros sobre seu porte físico.

 

 

 

Beijos Queen Size,

11.03.15

No divã com a Luiza – Sexualidade Plus Size

Hello babys

A pedidos a postagem de hoje vai falar sobre a sexualidade Plus Size.
Será que tem diferença?
Sexo é algo natural na vida das pessoas.
O sexo Plus Size do ponto de vista sexual não tem diferença. As sensações, os desejos mudam de pessoa para pessoa…mas sexo é sexo. Não importa o tamanho do seu corpo.

sexualidade Plus Size
Existem pesquisas por ai revelando que mulheres Plus são mais ousadas por que compensam a “falta” do corpo perfeito com a performance sexual. Eu sinceramente discordo. Ninguém tem que compensar nada. O sexo deve ser feito com tesão, desejo e vontade de ambos.
Tem homens que preferem mulheres mais carnudas,mais gordinhas para se relacionar…mas as vezes me surge a dúvida: é por que gostam ou por fetiche?
E uma boa enquete para os meninos que acessam o site.
Esses dias li sobre uma pesquisa realizada nos Estados Unidos que a vida sexual da mulher gordinha estava começando mais cedo, pois dessa forma a menina não se sentia menos desejada. Fiquei de certa forma preocupada, pois no Brasil existe essa estimativa. Meninas mais gordinhas mal esperam o corpo amadurecer e estão transando sem o minimo cuidado. Pessoal vamos começar a orientar melhor nossos adolescentes. Hoje em dia não dá mais para começar uma vida sexual de forma tao despreocupada assim.
Também é correto dizer que mulheres Plus são mais felizes sexualmente falando quando realmente aceitam seu corpo. Mas isso vale para os homens e para os magros. Se você aceitar o corpo que tem…sua vida sexual vai melhorar de forma espantosa.
Um dia me perguntaram se existem posições mais confortáveis. Babys, para o sexo ser bom não é necessário saber o Kama Sutra(na verdade ate mesmo a pessoa mais flexível não faz nem a metade…rssss), o sexo só é bom quando tem entrega…e uma intimidade legal. Até mesmo no sexo casual…se houver empatia, vai rolar um sexo gostoso.
Mas falando nas posições, invista naquelas em que os dois fiquem a vontade para fazer.
Sexo é ousar,é tentar fazer algo diferente…é experimentar. Se não der para fazer…volta para aquela posição já feita e que foi gostosa também.
A mulher gordinha é mais liberal?
Pesquisas e opiniões são bem dividas. Vai depender de cada uma.
E depois o peso não tem nada a ver com isso.
Claro, para aquelas que ainda tem uma certa timidez,talvez seja complicado lidar com algumas situações… Como luzes acesas…tirar a roupa. Mas essa questão vai sendo resolvida conforme a intimidade cresce.
Ousem,experimentem.
Não sintam vergonha da barriga…do quadril. Homem ama ver sua parceira desprovida de pudores. Homens de verdade adoram que a mulher seja ela mesma…e mais eles nem reparam nesses detalhes. Eles querem ter e dar prazer. Faça o mesmo. Desfrute…
Para os meninos Plus… É a mesma coisa. Não fiquem tímidos…mostre a sua parceira que um homem gordinho tem sua gostosura. Até por que tem coisa mais gostosa que deitar em um peito fofinho depois do prazer?
Gente, somos muito mais do que corpos grandes. Somos lindos,perfeitos…gostosos demais.
Não fiquem se apegando a detalhes assim…estão perdendo a chance de viver a vida de forma intensa.

Na proxima postagem creio que vou conseguir disponibilizar a entrevista concedida no dia 29.01 a rádio FMZ de Espírito Santo.

Novidade: agora eu tenho um Watsapp exclusivo para vocês falarem comigo de modo privado e em tempo real.
Adicionem o número 53 84835679 e aproveitem para tirar suas duvidas ou simplesmente bater um papo.

Aguardo vocês.

Dica do dia: seja livre, leve e solta… Nunca esqueça que você é poderosa!

Bezô da Luiza Levy

unnamed (1)

 

Luiza Levy
Profissão: Sexóloga Plus Size

Skype: luizalevysexologaplus
Email: luizaleysexologa@gmail.com

10.03.15

“A beleza está nos olhos de quem vê”

 

espelhoerosaIsso é uma verdade, mas infelizmente não podemos esquecer que muitas vezes nossa cabeça acaba sendo programada para só aceitar um tipo de beleza. De tanto ver mulheres magras, altas, de pele branca, levemente bronzeada, olhos claros, cabelos lisos e loiros, feições finas, seios grandes, quadris estreitos e barriga reta, sempre sendo tidas como as mais belas, as mocinhas nos filmes, as princesas dos desenhos, as bonecas que compramos (na minha infância lembro de não existir boneca negra, minha mãe penou para achar uma pois minha irmã insistia que queria negra) em toda capa de revista estava lá, uma modelo padronizada, apresentadora infantil? Padronizada!
Como crescer aceitando que o que foge aquele padrão é belo?
O mundo parece querer nos provar que isso é o certo, e que se algo parece ser bonito e foge aquele padrão, é chamado de beleza exótica, não pode ser simplesmente belo.
Quantas gordinhas não ouvem: – Como você tem um rosto bonito! (como se a frase ficasse no ar, sem o complemento: – pena que está neste corpo)
A sociedade não permite que sejamos bonitas por inteiro, mas sabem qual o maior problema? Muitas de nós não nos permitimos também.
A verdade é que a maioria dos seres humanos, de fato, jamais se enquadraram em um padrão tão definido, tão bem delimitado de beleza. Não falo isso pelas gordinhas, falo pelo todo. Pois é inatingível, não é viável e muito menos saudável.
Me chateia muito quando vejo que hoje todas as mulheres usam cabelo liso, não tem espaço para diversidade, é a escravidão da chapinha.
Me pergunto o motivo disso, e infelizmente só existe uma resposta: fomos ensinados a sermos infelizes.
Aprendemos que temos que ser feliz acima de tudo! E logo começa, para ser feliz você precisa: ser bonita, ganhar dinheiro, espelhocasar, ser uma profissional de sucesso, ter filhos, ser boa esposa, ser boa mãe, continuar bonita, ter roupas que estão na moda, ter casa própria, ter faculdade, ter pós graduação, falar outras línguas, conhecer outros países ….
De fato, se repararmos tudo leva ao consumo, e um consumo desenfreado, pois sempre precisamos de mais alguma coisa, nunca somos bons o bastante.
O grande lance e nos depararmos com nosso espelho e refletirmos, não apenas nossa aparência, mas todos os velhos conceitos, todas essas coisas que foram enfurnadas em nossa cabeça sem que tenhamos nem se quer tempo de decidir se queríamos ter escutado, refletir os valores que recebemos, as coisas que a mídia nos passou, nossos ideais infantis e concluirmos que crescemos.
Sim, nós crescemos e estamos livres para redesenhar da nossa maneira, passando uma borracha em tudo, o que para você de fato importa? O que de fato é bonito? O que você tem de bonito? O que você acha que precisa melhorar? O que de fato te faz sorrir? O que de fato te faz feliz?
E assim teremos pessoas lindas, pessoas autenticas, que se amam e que resistem as duras criticas do mundo.


Cleide é uma terapeuta louca por animais, que adora se maquiar, embora tenha preguiça

É uma hippie chique que ama tanto o mato como a moda.

Noiva nos preparativos do “grande dia”.

29.01.15

Gordinha se destaca em um concurso de beleza tradicional!

Existem milhares de concursos de beleza tradicionais pelo Brasil afora, nestes concursos não existe categoria plus size e sim uma disputa de beleza focada naqueles estereótipos que a TV nos impõe o tempo todo. Mas algumas gordinhas estão participando sem medo de concursos assim, desde sempre ouvi boatos que o Sul do Brasil era um país a parte e que lá as coisas são mais evoluídas, ao menos nesse quesito posso afirmar que sim. A Val divou como concorrente a Rainha da festa da Uva em 2013, agora uma adolescente ganhou repercussão nacional ao participar de um seletiva para o Garota Verão 2015.

Gordinha se destaca
Embora o exemplo seja muito positivo e ela tenha divado no nível máximo, o fato da mãe dela ter forçado a participação da menina me deixou incomodada, por sorte ela teve uma experiência super legal, mas poderia ser algo que afetasse totalmente sua autoestima também.
Vanessa é linda de verdade e corajosa, pois mesmo sem ser um desejo seu, mesmo tendo sido uma imposição de sua mãe, ela foi lá e arrasou!
Espero de <3 que o exemplo da Vanessa seja seguido apenas por vontade própria, mães não podem impor suas filhas a participarem de concursos de beleza, isso não é saudável para a autoestima de uma adolescente.

Mães emponderem suas filhas, nunca deixem de dizer o quanto são lindas e perfeitas, é isso que vai torná-las pessoas confiantes de verdade, se um dia elas desejarem participar de um concurso de beleza, que vocês as apoiem, mas nunca as obriguem.
Para a Vanessa e todas vocês que acompanham o blog,  quero dizer que vocês são lindas,  não precisam ganhar concurso nenhum para ter um certificado da sua beleza, vocês o conseguem olhando no espelho com mais amor próprio. *___*