22.11.17

As fotos de mulheres plus size muitas vezes enganam!

É muito comum quando compartilho algumas fotos de mulheres plus size as pessoas questionarem o corpo “perfeito” das modelos, embora eu acredite que todo corpo é perfeito do jeitinho que é, eu entendo que os questionamentos se referem a alguns pontos como a pele sem marcas e partes dos corpos que aparentam estar reduzidas para criar uma silhueta que julgam mais bonita ou harmoniosa.

Percebemos que entre as  modelos plus size, é muito comum elas terem seus corpos modificados em programas de edição e infelizmente isso faz parte da profissão. Eu mesmo sem ser modelo já passei por algumas situações assim (em que os fotógrafos resolveram “atenuar” algo em meu corpo), eu sinceramente ODEIO quando isso acontece, sinto que estão me dizendo que meu corpo não é bom e por isso me mutilam (cortam pedaços dele) na hora da edição.
Já postei fotos minhas alteradas? Já sim, mas não foi por escolha minha os retoques e em alguns casos eu até briguei por terem alterado, mas em alguns momentos foi necessário postar. 

Embora o nosso foco seja as mulheres plus size, as edições irreais de imagens acontecem com todos os corpos, muitas fotos tem uma edição tão pesada que transformam as mulheres em algo bem próximo de uma boneca, inclusive o brilho do corpo lembra o plástico das bonecas.

As influenciadoras plus size Callie Thorpe e Diana Sirokai pediram a uma fotógrafa para editar uma imagem delas e o resultado foi este abaixo.

 

 

 

 

Elas quiseram mostrar como campanhas e revistas de moda podem distorcer os corpos das modelos.
“Nossa proposta é mostrar como as revistas e a mídia em geral leva à edição de imagens para um outro nível. Modelos e celebridades nem mesmo se parecem com elas mesmas”, criticou Diana e Callie em seus perfis no Instagram.
Em seguida, o texto diz: “Nós vivemos em um mundo tão falso, é hora de voltarmos à realidade. Seja quem você é e arrase!”, aconselhou a modelo.
“Não é à toa que as mulheres estão cada vez mais inseguras. Por anos elas foram submetidas a imagens alteradas pela mídia”, reforçou Callie na rede social. “Queremos mostrar às mulheres que é ok parecer ‘normal’ com celulite, estrias e barriguinha que não é tanquinho. Seja feliz com o que você é e na sua própria pele.”

Sempre tento dar destaque a fotos não modificadas por aqui, mas as imagens de mulheres editadas estão por todos os lados, criando assim uma impressão que o nosso corpo que é errado, mas é só ilusão mesmo e toda a “perfeição” foi criada em programas de edição. Nunca se esqueçam que todos os corpos são perfeitos, mesmo que a mídia siga espalhando como bonitas apenas as fotos ultra editadas.

 

1 comentário // Deixe o seu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *