16.02.11

ANVISA quer banir os Remédios de Emagrecer

O reinado dos remédios emagrecedores está por um fio. 
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) quer banir de vez a comercialização de todas as drogas usadas para emagrecer que atuam no sistema nervoso central: a sibutramina e os derivados de anfetamina (femproporex, dietilpropiona e mazindol). 
A única droga para o tratamento da obesidade que continuará liberada será o orlistate (Xenical), que atua diretamente no intestino, reduzindo em cerca de 30% a absorção de gordura.
Diante de estudos que apontam que o consumo de sibutramina aumenta o risco de problemas cardíacos, desde o ano passado a Anvisa impôs novas regras e endureceu os critérios de venda dessa droga. Ela deixou de ser vendida como medicamento comum e passou a integrar a categoria dos anorexígenos, drogas que exigem receita especial.
A proposta de proibir os emagrecedores foi anunciada a especialistas e entidades médicas da área na semana passada e será publicada hoje no site da agência, junto com um parecer explicando os motivos. 
Para médicos endocrinologistas que atuam no combate à obesidade, a medida é radical demais e vai deixar os pacientes sem opção de tratamento, já que o controle da fome e da saciedade ocorre no cérebro. “Quase metade da população brasileira tem sobrepeso. 
Muitos pacientes não conseguem perder peso com o tratamento clínico convencional, que inclui dieta e exercícios físicos. Como vamos controlar a obesidade desses pacientes sem mexer no cérebro?”, diz o endocrinologista Márcio Mancini, chefe do departamento de obesidade do Hospital das Clínicas (HC).
Texto retirado daqui.
E ai o que vocês pensam disso? 
Eu sou totalmente contra essa ação de BANIR, acredito que sim muita gente faz uso indevido sem medir as conseqüências, mais isso vai continuar acontecendo.[o Paraguai é ali e essa é só uma das opções]
Banir para que os usuários comecem a usar na ilegalidade [já existe um mercado negro disso na internet], vão fazer dos remédio serem comercializado como drogas.
A verdade que todo mundo sabe o bem e o mal que eles podem causar, eu tenho uma relação intensa e antiga com remédios, e  acho que proibir a comercialização não vai mudar nada, a não ser que ao invés de investir em médicos e ter uma opinião, orientação e uma certa obrigação de se manter na dieta, as pessoas vão aderir a compra na mão de qualquer um que tiver a fornecer.
Remédio é coisa séria e deve ser usado em casos de necessidade, sendo banidos vai acabar empurrar sei lá quantos milhões de pessoas para a cirurgia bariátrica, acho que deve ser esse o motivo  da proibição o Centrum é mais caro que os citados, e rende mais todo mundo dependente de polivitamínicos a vida toda do que usando esporadicamente os inibidores.
Antes que me questionem já informo meu primeiro remédio foi aos 10 anos já os tomei por diversas vezes sem real controle da situação e desde os 19 anos aprendi a usar eles de forma correta e tomo sempre que sinto necessidade, meu alvo nunca foi ser magra mais eu não penso em passar do limite que eu considero bom para o meu corpo e sim isso acarreta em passar alguns meses do ano com medicação.
Toda doença crônica é controlada com medicamentos[diabetes, hipertensão], a medicação no obeso não deve ter função emagrecedora e sim controladora da doença.

PS: Não estou estimulando vocês a usarem remédio quisera eu nunca ter tido contato com eles, pois embora não me façam nenhum mal sei de todos os riscos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *